×
44% OFF

Não deixe suas metas para 2022

Assine 12min Premium por apenas R$0,46/dia e aprenda mais em menos tempo!

1865 leituras ·  0 avaliação média ·  0 avaliações

Soft skills

Soft skills Resumo
Desenvolvimento Pessoal

Este microbook é uma resenha crítica da obra: 

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 978-65-8693-990-3

Editora: Literare Books International

Também disponível em audiobook

Resumo

Reinvenção

A primeira soft skill é trazida pela autora, que aprendeu a se reinventar ao longo da própria jornada para seguir em frente e ser cada vez mais protagonista da própria vida. Afinal, você faz as suas escolhas e suas escolhas fazem você, mesmo que ainda não tenha parado para pensar nisso. 

Reinvenção significa olhar para frente e fazer mudanças necessárias para se transformar por completo. E é fundamental decidir por este caminho, buscando um novo significado para a existência. Muitas vezes, nos sentimos caóticos, mas precisamos fazer pausas para um reencontro interno com o propósito de vida.

É comum acontecer uma desconexão da própria essência, nos fazendo viver condicionados a esquecer de utilizar o conjunto de potencialidades que nos permitem ver a felicidade no “ser”, não no “ter” ou no “parecer”. A busca por poder, status e ganhos desproporcionais não pode tomar conta de nossa vida, pois nos desconectam por completo. 

Você precisa lidar bem com as próprias emoções para compreender os sentimentos alheios e desenvolver uma nova inteligência, que valoriza não apenas habilidades técnicas, mas também a capacidade de lidar com os saberes emocional, lúdico, relacional, espiritual e de adaptabilidade. Assim, é possível conquistar sabedoria nas relações humanas e se notabilizar não só pelo conhecimento intelectual. 

Reinventar-se significa avançar, dar o próximo passo, seja na trilha existente ou em uma nova a ser criada com o passar dos dias. E Lucedile Antunes sabe do assunto: afinal, foram, pelo menos, três vezes em que precisou se reconstruir por circunstâncias de sua vida profissional. 

Adaptabilidade

Em tempos cada vez mais digitais, disrupções frequentes modificam por completo cenários conhecidos há muitos anos. As mudanças são feitas de maneira acelerada e as chances de ficar para trás aumentam para quem não se atenta às grandes transformações.

Adaptabilidade é uma skill essencial para o sucesso profissional, sobrevivência e felicidade na vida particular. Muitas vezes, nos vemos obrigados a reaprender costumes para não ficar para trás. Sem essa habilidade, nos tornamos obsoletos e o mercado de trabalho nos enxerga como descartáveis.

Quanto mais somos adaptáveis a novos cenários, bons ou ruins, ganhamos ainda mais protagonismo em nossa própria trajetória. Mudanças de cidade, de áreas, de empresas e até mesmo a parentalidade nos obrigam a repensar hábitos, sem nos dar chance de acomodação. É preciso andar para frente, sempre prestando atenção a tendências, alterações e novos caminhos possíveis. 

O desafio de sair da zona de conforto precisa ser encarado com olhar otimista e corajoso, para que a ousadia na tomada de decisões nos permita agirmos como verdadeiros agentes transformadores. 

No século XXI, tudo muda de forma cada vez mais acelerada. Adaptabilidade é fundamental para o sucesso, sobrevivência e felicidade. Não se acomode. 

Coragem

Há momentos em que tudo parece dar errado e não sabemos mais de que forma é possível conseguir se animar para seguir em frente. Ficamos paralisados, não acreditamos na possibilidade de construir um novo caminho e acreditamos ter chegado ao fim da trajetória. Nessas horas, somente a coragem nos ajuda a sair do lugar. 

Podemos defini-la como uma força extraordinária que vem do interior, uma competência que permite o reconhecimento das próprias limitações, superadas com o empenho de seguir adiante. Só assim é possível avançar. 

Sem coragem, é impossível crescer e avançar na vida, assumindo o resultado de cada ação, opinião, atitude e comportamento, sem medo de arcar com as consequências de cada passo dado. 

Você precisa de coragem para deixar de responsabilizar o mundo por seus problemas, assumir as responsabilidades e as imperfeições humanas que carrega, viver com suas crenças, honrar a própria história e tirar lições de erros e acertos, aceitando os fatos como eles são, sem mentiras ou máscaras. 

Quantos profissionais já ficaram estagnados na carreira por falta de coragem? Você certamente já conheceu um desse tipo. E, se ainda tem medo de seguir em frente em seu caminho, respire fundo e passe por cima dos receios. Com coragem, os resultados são mera questão de tempo.

Atitude positiva

Já passamos da metade deste microbook e chegou a hora de olhar um pouco para nossos antepassados. Desde o tempo das cavernas, a humanidade aprendeu a se concentrar no lado negativo das coisas. 

Isso porque a sobrevivência exige atenção aos perigos e ameaças do ambiente ao redor. Só assim são tomadas as atitudes necessárias para responder ao perigo e preservar a vida, garantindo a manutenção da espécie. Essa herança de gerações é intitulada reação de estresse, um processo psicofísico composto de reações mentais, emocionais e físicas que proporcionam as condições para lutar ou fugir de um cenário ameaçador. É uma reação humana automática.

No mundo corporativo, essa atitude é extensamente repetida, com quadros de ansiedade, insônia, hipertensão ou estresse causados por ameaças internas, como os medos de errar no cumprimento de metas, ter baixo desempenho, autocrítica acima do razoável, competição exacerbada e baixa autoestima. 

É hora de mudar de atitude e encarar a vida profissional não como uma ameaça, mas como a oportunidade na qual você pode desenvolver o que há de melhor em suas habilidades. Dessa forma, você altera o pensamento e evita que o estresse tome conta de seu comportamento. O tempo das cavernas passou, não é apenas uma luta pela sobrevivência em cada novo dia de expediente. 

Olhando o trabalho de forma positiva, tudo muda para melhor e você se sente mais confortável para a superação de desafios e cumprimento de metas. 

Resiliência

A palavra resiliência é derivada do termo em latim resiliens, que significa “pular de volta à posição”. Na física, indica a qualidade de um material em voltar para seu estado original depois de ter sido tensionado. 

Na psicologia, trata-se da aptidão de uma pessoa lidar com problemas, adaptar-se às mudanças, superar obstáculos, resistir à adversidade, pressão ou a algum tipo de evento traumático sem entrar em surto psicológico, emocional ou físico, porque consegue descobrir soluções estratégicas para enfrentar e superar momentos difíceis.

Essa soft skill é a chave para abrir uma gama infinita de possibilidades, permitindo encontrar um ou vários caminhos, guiando você como uma bússola ao mostrar para onde ir quando tudo parece perdido. Em uma sociedade tão estressante e cheia de reviravoltas quanto a de nossos tempos, nada é mais importante que a capacidade de voltar ao estado original de determinação, força e consciência de nosso próprio talento para não ficar derrubado em meio às derrotas. 

Quase sempre, quando pensamos em ser resilientes, nos remetemos ao modo e à competência de nos adaptar às mudanças difíceis, tais como separação, falecimento de uma pessoa querida, desemprego, traumas, estado de pobreza, desempenho acadêmico e, na maioria das vezes, processos que envolvem pressão. 

Uma pessoa resiliente passa por essas situações e emoções sem causar impactos na capacidade funcional e psicológica, lidando bem com eventos estressantes.

Criatividade

Quantas vezes você ouviu falar em “novo normal” quando o assunto é o mundo pós-pandemia? A covid-19 afundou crenças, reconstruiu conceitos e fez muitos modelos de sociedade e de interpretação do mercado de trabalho irem por água abaixo.

Nesse tempo dedicado ao combate a uma doença desconhecida, nada é mais importante do que construir o novo, transformar a realidade, estabelecer outras relações e uma nova existência já no presente. 

Mais do que nunca, o vírus nos instigou a buscar soluções antes impensáveis para nos adaptarmos ao distanciamento social sem paralisar por completo as atividades cotidianas. Nosso potencial coletivo nos obrigou a suspender julgamentos, combinar vários campos do conhecimento e adotar práticas conjuntas para passarmos por tudo isso.

Sem a criatividade humana, seria impossível superar esse momento de crise sem precedentes para toda a humanidade. E, em sua vida profissional, não é diferente. Quando nos sentimos acuados, sem respostas para problemas de alta complexidade, nem o mais habilidoso dos profissionais sobrevive se não for criativo o suficiente para colocar em prática as demais soft skills.

É da mente humana que saem as outras habilidades componentes dessa nova maneira de enxergar o mundo profissional e pessoal. Pense muito, busque soluções inéditas. Os criativos têm espaço em todos os segmentos. 

E as soft skills são indispensáveis no mundo cada vez mais digital, disruptivo e desafiador. O novo normal exige novas habilidades, muito além das puramente técnicas.

Notas finais 

Foi-se o tempo em que apenas as habilidades técnicas eram valorizadas pelas empresas. Ao longo deste microbook, ficou claro o quanto as características comportamentais vão ganhar cada vez mais espaço para a retenção de talentos em companhias de todos os tamanhos e segmentos. Em tempos tão digitais e de hiperconexão, já não é mais possível se prender apenas em hard skills para conseguir sucesso profissional. Para não no passado, reveja suas qualificações. Dar atenção apenas ao que está escrito nos certificados é uma forma retrógrada de enxergar o mundo corporativo. 

Dica do 12min

Gostou do microbook? Então, com certeza, você vai curtir ainda mais a obra completa: lá você encontrará detalhadamente ainda mais informações sobre as 33 soft skills mais requisitadas no mercado de trabalho. Você encontra à venda aqui.

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

Quem escreveu o livro?

Lucedile, mãe da Julia e do Raphael, Founder da L. Antunes Consultoria & Coaching, Palestrante, Coach e Consultora em gestão empresarial, apaixonada por pessoas, pioneira na utilização de ferramentas que mapeiam com precisão a essência do comportamento humano, elevando projetos e pessoas a outros patamares de maturidade. Ajudo empresas a acelerarem seus resultados com processos eficientes e t... (Leia mais)