Pare de pensar como empregado Resumo - Keith Cameron Smith

Aprenda a aprender de casa! Para você usar o tempo a seu favor! REDUZIMOS A ASSINATURA EM 30%!

Oferta por tempo limitado!

3711 leituras ·  4.7 avaliação média ·  845 avaliações

Pare de pensar como empregado

Pare de pensar como empregado Resumo
Carreira & Negócios

Este microbook é uma resenha crítica da obra: The Top 10 Distinctions Between Entrepreneurs and Employees

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 978,85,8240,198,9

Também disponível em audiobook

Resumo

Empreendedores passam mais tempo estudando do que se divertindo

A melhor educação que os empreendedores podem receber vem da experiência de vida e da troca de conhecimentos com outros empreendedores. A experiência é a melhor escola para os empreendedores, fornece um bom currículo e é diferente de qualquer sistema escolar tradicional, que nunca poderá ser tão abrangente.

A experiência ensina as pessoas a se educar continuamente, ter uma perspectiva positiva ao fracassar, encontrar soluções, conhecer um pouco de tudo, elogiar e corrigir os outros, dizer “a responsabilidade é minha”, construir sua riqueza, olhar para o futuro e se sentir confiantes para assumir riscos.

Sua vida começará a melhorar no dia em que perceber que sua educação é sua responsabilidade. Atualmente, pode ser que outras pessoas ainda digam o que você deve aprender. Escolha livremente, a partir de agora no que investirá seu tempo.

Se permitirmos que outras pessoas escolham por nós e suas preferências não estiverem alinhadas com nossos desejos, então sentiremos uma falta de propósito e sentido na vida.

Se você estudou no sistema de ensino tradicional, aprendeu a fechar seu livro quando era hora de fazer uma prova. É algo estranho, considerando que, no mundo real da experiência, a vida é um exame de livro aberto.

Você poderá encontrar todas as respostas de que precisa para ser bem-sucedido se nunca parar de se educar. O sucesso não tem a ver apenas com o que e quem você conhece; também está ligado àquilo que escolhe aprender.

E isso vai levá-lo a quem você tem de conhecer e às oportunidades que encontra. Nunca se divirta mais do que se educa. Aprenda sobre si mesmo e depois sobre os interesses das pessoas com quem está trabalhando ou quer trabalhar.

Uma das principais necessidades de aprendizado está relacionada à capacidade de perceber as diferentes personalidades das pessoas. Quando conseguir identificar a personalidade de alguém, será capaz de falar a linguagem dela e entenderá suas necessidades.

Quando conseguir falar a linguagem das pessoas e entender suas necessidades, se tornará um líder. Empreendedores entendem a própria personalidade e a dos outros. Você sabe o que os faz se mover? Empreendedores bem-sucedidos conhecem seus pontos fortes e fracos.

As pessoas que não conhecem essas características sempre precisarão que alguém diga o que devem fazer. No entanto, as que desenvolvem essa autocompreensão e aprendem a compreender e a se conectar com os outros podem ser bem-sucedidas como empreendedoras.

Uma das habilidades dos grandes empreendedores é a capacidade de fazer networking ou construir relacionamentos. É verdade que fazer networking parece ser mais fácil para algumas pessoas do que para outras, mas, independentemente da personalidade, qualquer um pode aprender a construir bons relacionamentos.

Outro assunto importante na educação de um empreendedor é a liderança. Empreendedorismo e liderança andam de mãos dadas, pois liderança é influência. Empreendedores bem-sucedidos são os que aprenderam a influenciar os outros. Empreendedores fracassados são os que ainda não aprenderam a liderar.

Empreendedores possuem uma perspectiva positiva do fracasso

Nosso sistema de ensino tradicional treina as crianças para fechar os livros e não pedir ajuda na hora da prova. Dá notas que vão da aprovação à reprovação e treina as crianças a acreditar que o fracasso é ruim. Na verdade, o fracasso é só um feedback.

É o meio pelo qual aprendemos e crescemos. Mostra que ponto precisamos corrigir. Para a maior parte das pessoas, no entanto, o fracasso não é correção, apenas rejeição.

Portanto, nunca leve o fracasso para o lado pessoal. Todos fracassamos muitas vezes e vamos voltar a fracassar. É parte da vida. O fracasso é a oportunidade para recomeçar de uma forma nova e melhor. Grandes empreendedores acreditam que o fracasso é inevitável e educativo.

Empreendedores devem assumir a responsabilidade por seus fracassos. Eles não podem culpar, reclamar e justificar se quiserem aprender com o fracasso e usá-lo para ficar melhores, mais fortes e mais sábios.

Empreendedores devem procurar e encontrar as respostas de que precisam. Não faz bem ficar bravo e culpar os outros por um fracasso depois que ele aconteceu. É preciso, dessa forma, aprender a se distanciar da culpa.

Empregados podem culpar, reclamar e desistir quando as coisas se tornam difíceis. Empreendedores devem permanecer fortes e escolher ser mais fortes diante dos fracassos da vida. Esses fracassos podem não ser fáceis, mas, quando você descobrir como aceitá-los e aprender com eles, vai se tornar mais seguro e confiante.

Lembre-se sempre: o fracasso não é seu inimigo. O fracasso é seu amigo. É um dos muitos professores da vida e, quando você começa a vê-lo como algo positivo, também vai começar a ver os benefícios que ele oferece.

Você não vai – na verdade, não pode – ver os benefícios do fracasso enquanto percebê-lo como algo negativo. Acredite que é algo bom e vai aprender com ele e crescer.

Empreendedores encontram soluções

Empregados tendem a resolver problemas. Quando surge um empecilho que não faça parte de seu treinamento, eles não acreditam que seja responsabilidade deles consertá-lo. Os solucionadores de problemas miram no curto prazo. Eles não pensam em como tentar eliminar problemas de modo que não voltem a ocorrer.

Empreendedores, em contrapartida, sabem que, quando surge um problema, é responsabilidade deles encontrar uma solução, assim não precisam perder tempo e dinheiro com ele no futuro.

Empreendedores bem-sucedidos sempre procuram resolver um problema de maneira permanente ou encontrar uma solução no longo prazo.

Entretanto, encontrar soluções é mais difícil do que resolver problemas, porque exige que se continue procurando uma solução até encontrá-la. Uma das principais diferenças entre quem resolve problemas e quem encontra soluções é o tempo que cada um dedica a encontrar uma solução.

Um funcionário com a mentalidade de resolver problemas só vai procurar uma solução provisória e depois passar a responsabilidade para outra pessoa. Então, essa outra pessoa precisa parar o que está fazendo e dedicar atenção ao problema a fim de “tentar” resolvê-lo.

Se ela também tem a mentalidade de resolver problemas, “tentará” fazer a mesma coisa e, se não conseguir rapidamente, repassará para outra pessoa.

As diferenças entre a mentalidade de encontrar soluções e a mentalidade de resolver problemas podem ser aplicadas a duas áreas principais: problemas pessoais e problemas profissionais.

Problemas pessoais

Seus hábitos criam sua vida. Seus problemas pessoais e seus sucessos estão diretamente relacionados com seus hábitos diários. Padrões conscientes e inconscientes de pensamento e ação são responsáveis pelos resultados que você cria.

Se sempre tem problemas pessoais, então não olhe para os outros – olhe para seus próprios hábitos, especialmente os diários. Para você, a disciplina diária pode ser o sistema para administrar sua vida pessoal de forma tranquila.

Se sua vida pessoal está uma tormenta e não uma bonança, então a disciplina diária vai ajudá-lo a criar hábitos positivos que acalmarão a tempestade ou encontrarão soluções, para que você possa desfrutar sua jornada.

Problemas profissionais

A maioria dos problemas profissionais é resultado de falha de sistema, não de fracasso pessoal. Uma pequena empresa, um consultório particular, uma franquia, uma grande corporação ou qualquer outra organização devem desenvolver sistemas se quiserem reduzir os problemas e serem mais produtivos.

Aqueles que encontram soluções trabalham para desenvolver sistemas que produzem resultados consistentes.

Desenvolver disciplinas e criar sistemas não é fácil, mas, depois que estiverem funcionando, os prêmios e os benefícios terão valido o esforço. Empreendedores bem-sucedidos estão dispostos a dar duro agora para ter uma vida mais fácil depois.

Colaboradores sem sucesso fazem o que é mais fácil agora e têm dificuldades mais tarde. Desenvolver uma mentalidade de encontrar soluções pode ser difícil no começo, porém seus resultados de longo prazo deixarão um sorriso em seu rosto.

Empreendedores sabem pouco sobre muitas coisas

É preciso um esforço consciente para aprender as muitas facetas de administrar uma empresa – como empreendedor, sempre há algo que parece exigir sua atenção. É preciso tempo para aprender as muitas coisas necessárias, a fim de saber como se tornar um empreendedor bem-sucedido.

Precisar saber tanto pode ser sufocante se você deixar, mas, se se concentrar no quadro geral e aprender a delegar as tarefas menores, vai experimentar mais sucesso e menos estresse.

Se algo sai errado para um funcionário, ele tende a pensar que é o fim do mundo. Não é. Nunca é. A vida e a empresa sempre continuam. Se decidir aprender mais sobre o quadro geral, isso vai ajudá-lo a manter as coisas em perspectiva.

Normalmente nada é tão sério como parece. Não importa o desafio, provavelmente não é o fim do mundo. Empreendedores entendem que as coisas dão errado e não se preocupam muito quando isso acontece. Eles calmamente resolvem os problemas e continuam avançando com o quadro geral em mente.

Para aprender um pouco sobre muitas coisas, basta continuar expandindo a mente. Se continuar aprendendo novas coisas sob facetas diferentes de seu negócio, ganhará uma visão mais clara do quadro geral. A clareza ajuda a manter uma perspectiva; assim, quando um problema ou um fracasso ocorrem, você estará pronto.

Quanto menos conhecimento tiver, maiores os problemas parecerão e mais difícil será encontrar uma solução. Conhecer um pouco de tudo nos permite olhar os vários problemas e dizer: “não é tão grande assim. Isso é o que vamos fazer”.

Porém, quando seu conhecimento está limitado a uma ou duas coisas importantes, você geralmente diz: “o que vamos fazer com este problema?” As pessoas que não aumentam o próprio conhecimento de modo consistente sempre terão baixos limites para o sucesso que podem alcançar.

Empreendedores dão e recebem bem elogios e reprimendas

Aceitar e usar a correção exige uma virtude muito simples: humildade. A humildade fornece a capacidade de aprender e crescer. É a disposição de considerar o que outra pessoa está falando.

Empreendedores e colaboradores arrogantes perdem o poder e o potencial por não estarem dispostos a considerar o ponto de vista de outra pessoa. Há muita força na humildade, e aprender a considerar visões diferentes da sua permite aproveitar esse poder.

Muitas pessoas acreditam que praticando a humildade os outros se aproveitarão delas. O oposto é verdade: humildade é força, não fraqueza. Arrogância é fraqueza e leva a muitos fracassos. A arte da humildade extrai o melhor dos outros e cria um mosaico de ideias que podem levar a grandes sucessos.

Um dos maiores benefícios da humildade é que ajuda a desenvolver a capacidade de ouvir sem interromper. Quando você aprende a simplesmente ouvir sem interrupção, vai além da comunicação com as pessoas a fim de se conectar com elas. É sábio tentar se conectar com alguém antes de corrigi-lo.

E, quando for corrigir uma pessoa, mostre algum respeito apenas ouvindo, para entender a perspectiva dela.

Da próxima vez que tiver de fazer uma correção, certifique-se de incluir alguns elogios sinceros e realmente se conectar com a pessoa. Quando receber uma correção, pratique um pouco de humildade e faça o melhor para respeitar sinceramente o outro.

Empreendedores dizem: “a culpa é minha”.

O caminho para se tornar um grande empreendedor começa por aprender a assumir a responsabilidade por sua vida pessoal. Quando você aprende a fazer isso, também se torna apto a assumir a responsabilidade por uma empresa.

Assumir a responsabilidade significa trabalhar para melhorar as coisas e agir de modo consistente em direção a seus objetivos. “A culpa é minha” significa reconhecer as coisas como são e agir para melhorá-las.

É necessário mais energia para ficar sentado e culpar, reclamar e justificar do que para agir, mesmo quando exige grandes ações. Você pode pensar que grandes ações o deixariam cansado, mas, na realidade, quando você age em direção a um objetivo, isso o energiza.

Também é importante perceber que todas as áreas da vida estão conectadas e, assim, o que acontece em uma área afeta as outras.

Você notou que, quando se exercita, se sente melhor mental e emocionalmente? Que, quando está para baixo emocionalmente, isso afeta a maneira como se sente fisicamente? Notou que, quando foca sua energia mental em seus objetivos ou reflete sobre algo ao qual é grato, isso o faz se sentir melhor?

Assumir a responsabilidade pelo gerenciamento de sua energia é uma das coisas mais importantes que pode fazer.

Trata-se de se recusar a entrar no jogo da culpa. Significa que se recusa a reclamar e justificar. Ao se concentrar em seus objetivos e agir de forma consistente em direção a eles, está dizendo essencialmente: “a culpa é minha, meus sucessos e meus fracassos são minha responsabilidade”.

Quando desistir de reclamar, culpar e justificar, concentrando-se em ações consistentes, ficará espantado com quanto pode conseguir realizar.

Empreendedores criam riqueza

O tempo flui constantemente por nossa vida. É impossível criar mais ou reaproveitar o que já foi usado. Mesmo assim, muitas pessoas não entendem que o tempo é o bem mais valioso que possuem. É insubstituível.

Não acumulamos coisas que não valorizamos. E se você dissesse a sua esposa que ela não é importante para você? E se dissesse o mesmo a seus filhos e amigos? Será que continuariam com você? Claro que não. Bom, o mesmo é verdade com seu dinheiro.

Se você disser “dinheiro não é importante para mim”, ele não vai ficar por perto. A partir de agora, nunca diga que o dinheiro não é importante. É uma das mentiras mais destrutivas que as pessoas dizem a si mesmas.

Como o dinheiro é importante, deveríamos valorizá-lo e aprender a fazer com que cresça. Porém, ganhar dinheiro e fazê-lo crescer são conceitos bem diferentes; ganhar dinheiro tem muito pouco em comum com construir riqueza.

Você pode ganhar muito dinheiro, depois gastá-lo e voltar a ficar pobre. No entanto, pode ganhar uma quantia menor, aprender a guardar e investir, para construir riqueza. Você pode ganhar um milhão de dólares por ano, mas isso não vai deixá-lo mais rico se estiver gastando dois milhões.

Ganhar dinheiro é uma mentalidade comum; construir riqueza é uma mentalidade incomum. Por que a maioria das pessoas não é rica em termos financeiros? Porque o propósito delas está em ganhar dinheiro, não em construir riqueza.

Não se engane. Se vai aprender a construir riqueza, terá de experimentar fracassos e perdas. Você pode ganhar dinheiro e pode perder dinheiro – é parte do processo. Aceite, abrace, aprenda e fique focado em construir riqueza.

Empreendedores voam com as águias

As pessoas com quem você passa o tempo influenciam suas decisões e afetam sua energia. Como elevadores, elas podem levá-lo para cima ou para baixo. O perigoso é que muitos não se perguntam como seus relacionamentos afetam a própria vida.

E, como não se fazem essa pergunta, não veem que seus resultados estão associados a seus relacionamentos.

Você pode não ver um efeito imediato das pessoas com quem se relaciona, mas com o tempo elas influenciam de forma absoluta sua vida pelo lado positivo ou negativo. As pessoas com quem você se relaciona podem ajudar ou atrapalhar.

Pense bem em seus relacionamentos. Quando apaga a luz à noite, tudo parece escuro e não é possível ver nada. Depois de uns poucos minutos, começa a perceber alguns vultos. “Ah, é o guarda-roupa. Acho que aquilo são meus sapatos no chão. Consigo ver o contorno de minha cadeira.”

Passam mais uns minutos e parece que alguém acendeu uma luz em algum lugar, porque agora dá para ver bem o guarda-roupa, os sapatos e a cadeira.

O que aconteceu? Ninguém acendeu uma luz no quarto; seus olhos apenas se ajustaram à escuridão. E, assim como seus olhos, você se ajusta ao ambiente das pessoas a seu redor. Algumas trazem luz a sua vida e o ajudam a ver, enquanto outras trazem escuridão e o deixam cego.

Muitas de suas circunstâncias são um reflexo das expectativas das pessoas que você deixa influenciar sua vida. Quando prefere investir seu tempo com pessoas sábias que estão tendo sucesso e encontrando significado na própria vida, você aprende a fazer o mesmo com a sua.

Empreendedores olham para o futuro

Poucas pessoas entendem o poder da visão, e é por isso que a maior parte delas continua como empregado, não como empreendedor. Raramente coisas valiosas acontecem sem visão.

Um bom casamento, boa saúde e liberdade financeira são apenas alguns exemplos de coisas que não acontecem sem uma visão do futuro. A visão faz as coisas acontecerem. Todos os grandes empreendedores visualizam o que querem. Visão é força. É o que atrai sabedoria.

Isso guia sua vida, e ações diárias em direção a sua visão são a forma mais certa e rápida para realizar o que deseja. Você deve criar uma visão do futuro que deseja se quiser experimentar sucesso e realização.

Empreendedores fazem as coisas acontecer porque têm visão do futuro. Colaboradores apenas veem as coisas acontecerem porque passam muito tempo no passado.

Apesar de ser importante valorizar a retrospectiva, não deixe que ela limite sua previsão – esse é um erro que muitos funcionários cometem. Olhar para o passado pode ajudar a planejar o futuro, porém planejar o futuro e agir sobre esse plano é a parte mais importante.

Se quiser se tornar mais produtivo, planeje seu trabalho e trabalhe seu plano. Não passe muito tempo olhando para o passado – é uma forma certeira de perder muito de seu presente.

Empreendedores se arriscam por fé

O que você acredita sobre si mesmo revela-se em seu desempenho. Você tem fé em si mesmo? Se olhar para seus resultados e pensar que não são bons o suficiente, é necessário olhar mais fundo para descobrir os motivos.

Os resultados que conseguir são simplesmente um reflexo do que está ou não está fazendo. E as coisas que está ou não está fazendo são simplesmente os resultados de quem você acha que é.

Se considera que seus resultados não são tão bons, pode ter uma crença subconsciente sobre si mesmo que diz: “não sou bom o suficiente”. E, se olhar um pouco mais fundo do que isso, pode encontrar uma crença que diz simplesmente: “não sou suficiente”.

Você é suficiente? Claro que é! Empreendedores acreditam em si mesmos. Se você não acredita em si mesmo, nunca encontrará oportunidades, nunca assumirá os riscos necessários e nunca conseguirá o sucesso significativo que deseja.

Você deve acreditar em si mesmo e eliminar toda a dúvida. A falta de autoconfiança é a razão pela qual muitos colaboradores continuam na inércia.

Sem fé em si mesmo você sempre vai precisar que outra pessoa diga o que deve fazer ou vai esperar a permissão dos outros para saber o que pode fazer.

Notas finais

Todos tivemos momentos difíceis que nos deixaram mais fortes. Todos já passamos por bloqueios no caminho pelos quais, agora, devemos agradecer. A gratidão alimenta a fé.

Quanto mais você cultiva a gratidão pelas experiências de sua vida, mais aumenta a fé. Comemore sendo grato por suas experiências – não só as boas, mas as difíceis também. Foi nesse momento que você mais cresceu.

Todo dia você pode decidir ter fé ou ter medo. Escolha a fé. Quanto mais escolher a fé, mais forte vai se tornar e menos poder seus medos terão sobre você. Continue a pressionar. Sua fé é seu bem mais precioso. Alimente-a e encontre a liberdade.

Esse é um dos princípios mais fortes de todos os empreendedores de sucesso. Sendo assim, é crucial que você o incorpore à sua vida diária.

Dica do 12’:Gostou do microbook? Então, continue seu aprimoramento: leia “The Thank You Economy” e entenda por que ter um bom serviço de atendimento aos clientes já não é mais diferencial e não passa de obrigação para as empresas nos dias de hoje.

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário:

Quem escreveu o livro?

Keith Cameron Smith (nascido em 1971) é um empresário americano, autor de auto-ajuda e finanças e pale... (Leia mais)