Ikigai Resumo - Sebastian Marshall

Aprenda a aprender de casa! Para você usar o tempo a seu favor! REDUZIMOS A ASSINATURA EM 30%!

Oferta por tempo limitado!

3833 leituras ·  4.5 avaliação média ·  1121 avaliações

Ikigai

Ikigai Resumo
Desenvolvimento Pessoal

Este microbook é uma resenha crítica da obra: 

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: B006M9T8NI

Também disponível em audiobook

Resumo

"Ikigai", o livro que carrega como título um termo da cultura japonesa, procura trazer consigo também um certo quê da cultura asiática. Ikigai significa a "Razão de ser de cada indivíduo". Não existe uma tradução exata para qualquer outra língua, mas podemos encontrar esse sentimento no empreendedorismo, na arte de ser único, de ser disruptivo e ter ideias próprias. Essa motivação é o Ikigai, e você pode aprender mais neste livro.

É interessado em empreendedorismo? O presente livro pode te ajudar a entender mais sobre como ser mais produtivo e mais lucrativo neste universo do empreender. Ideal para ser lido ou ouvido em momentos de concentração e estudo.

Este livro é de autoria do icônico Sebastian Marshall, que estudou sobre a cultura japonesa o poder que a negociação, a disciplina consigo mesmo e a arte de criar sua própria filosofia de vida. Neste presente livro ele compartilha grande parte de seu conhecimento e convida para uma discussão a respeito do empreendedorismo. Aprenda com ele nos próximos 12 minutos.

Continue a leitura aqui, no 12min!

A questão de um milhão de dólares

Horas em uma estação de trem, três cafés e muitas pessoas sendo observadas.

Marshall passou uma quantidade considerável de tempo se perguntando o porquê de as pessoas não aproveitam a maioria das oportunidades que aparecem bem na cara delas e fazem sonhos virarem realidade.

Quando ele chegou a uma conclusão, chorou como não fazia há três anos.

Para Marshall, as pessoas não correm atrás dos próprios sonhos porque não são compreendidas por todos e, não aceitando isso, elas deixam as vontades de lado. Afinal, o que vale um sonho incompreendido?

Foi aí que o autor percebeu que não queria ser como os outros. Que não queria dar a mesma importância à compreensão alheia e que se isso significasse ter uma vida normal, ele definitivamente não queria uma.

Os quesitos de comparação

Marshall costumava se comparar com as pessoas da sua idade se, geralmente, ficava bastante satisfeito com o resultado.

Isso porque ele lia mais, trabalhava mais, produzia mais, viajava mais e ainda levava uma vida mais saudável.

Até o dia que percebeu que não deveria comparar a si mesmo com homens da mesma faixa etária.

Ele pensou que deveria se comparar aqueles que admirava, aos homens que considerava incríveis.

Ao fazer isso, viu que não era excelente, mas que, na verdade, estava abaixo do esperado, que, até então, havia percorrido um caminho que não explorava suas potencialidades ao máximo.

E isso era ruim, pois ele realmente almejava fazer algo grandioso da própria vida.

Por essa razão, ele mudou a rotina, passando muito a fim de encontrar soluções para os principais problemas que afetam a sociedade, ou seja, segurança, saúde etc.

Marshall aprendeu a direcionar o próprio foco para coisas que realmente eram importantes.

A construção de um futuro

Marshall sabia que não queria uma vida normal.

Fora isso, sua única certeza era a de que desejava fazer algo útil para si mesmo e para ou outros.

Entretanto, sem necessariamente saber o que era esse “algo”, começou a adquirir habilidades, recursos e experiências que, provavelmente, gerariam auto-orgulho no futuro.

Ele sabia que ter dinheiro, aptidões e contatos seria algo relevante para vida toda.

E toda bagagem que conseguiu reunir a partir dessa reflexão, fez com que ele pudesse compartilhar algumas dicas para quem deseja alcançar o mesmo patamar e estilo de vida.

As principais dicas de Marshall são:

  • comece a estudar e desenvolva seu próprio sistema ético;
  • faça bons amigos, conselheiros e mentores que são pessoas fortes e decentes;
  • aprenda habilidades universalmente úteis;
  • consiga alguns títulos (graduações, cursos, etc.)
  • aumente seu crédito no mercado (habilidade de levantar dinheiro, financiamento);
  • estude história para saber o que é possível;
  • estabeleça bons hábitos que levarão você pela vida;
  • torne-se saudável e em forma;
  • aprenda a como pensar.

De acordo com o autor, o custo de seguir essas dicas é mínimo, se comparado ao resultado. Além disso, a pessoa que o fizer se tornará mais alerta, desperta, forte e saudável. Em outras palavras: terá qualidade de vida!

O que realmente importa

As pessoas precisam ter objetivos. Saber onde querem chegar e quem desejam ser.

Marshall, por exemplo, quer ser um grande estrategista e para ele a melhor maneira de ser fiel ao cumprimento desse desejo é registrar quais ações são necessárias para chegar lá.

Quando ele fala em registrar, quer dizer descobrir o que realmente importa para você e no que você pode se dedicar.

Ao visualizar isso, ficará mais fácil de desenvolver uma estratégia a fim de alcançar o seu ideal.

Os valores

Outro passo importante da iniciativa de mudança de vida sugerida por Marshall está na definição dos valores.

Você precisa saber quais os preceitos que nortearam sua forma de trabalho.

Ele cita o exemplo das relações profissionais e diz que, por experiência, é muito melhor confiar nas pessoas a partir de contratos assinados.

Isso não deixa margem para desculpas, o que, consequentemente, mantém o bem-estar dessas relações.

Ele ainda afirma que os próprios valores estão baseados nas experiências e resultados e se, no final, as expectativas forem falsas, ele as muda.

É importante estar exposto a novas ideias e ter uma melhor compreensão sobre como funcionam de modo eficaz no mundo real.

O significado de felicidade

Felicidade é importante, mas será que é tão importante quanto ter significado na vida?

Ser feliz contribui para o bom funcionamento do organismo e para saúde, mas, segundo Marshall, as pessoas não devem buscar a felicidade. Elas devem encará-la com um resultado das benfeitorias que fazem.

Fazer coisas significativas valem muito mais do que uma procura incessante para ser feliz.

A necessidade da disciplina

Marshall acredita que pode fazer qualquer coisa. Exceto as coisas que ainda não aprendeu como fazer.

Para dominar a prática de algo que você ainda não tem, nada melhor que a disciplina.

Claro que isso não se aplica a absolutamente tudo, pois, às vezes, nem toda disciplina do mundo pode ser o bastante para torná-lo um astro do basquete, por exemplo.

Entretanto, na maioria das circunstâncias, força de vontade, trabalho duro e muita disciplina são importantes.

Até porque sorte, para Marshall, não existe e tudo que acontece na vida das pessoas é inteiramente de responsabilidade delas.

Por exemplo: você foi vítima de violência em um assalto? Poderia ter praticado artes marciais para se defender melhor. Alguém bateu seu carro? Você deveria ter prestado mais atenção no trânsito. Seu banco suspendeu o uso de cartão de crédito no exterior? Isso quer dizer que você deveria ter mais de um cartão para usar em caso de emergência.

Marshall acredita que somos resultados diretos do princípio de causa e efeito. Para ele, não há fatalidades e sim apenas a colheita daquilo é plantado.

O grande homem

Ser um grande homem não é algo que encha os olhos de Marshall.

Obviamente, ele se inspirou em grandes homens, pessoas que admirava, para poder levar a vida do jeito que gostaria, um jeito que achasse relevante.

Além disso, as pessoas sempre o consideram “um grande homem”.

Todavia, para ele, isso não significa nada.

O que importa de fato é se dedicar a grandes causas, o que o rendeu, em algumas ocasiões, infortúnios, mas o que é a vida sem eles? Beber uma boa cerveja ou champanhe e assistir televisão?

Quem não gosta disso, não é mesmo? Contudo, a vida é muito mais que isso.

É produzir, criar!

O monitoramento

Você já se monitorou alguma vez na vida?

Quer dizer, você já monitorou sua rotina, seus hábitos e detectou o que poderia aprimorar para melhorar sua vida pessoal?

Se não, quando o fizer, você certamente irá se surpreender.

Crie uma lista e a responda semanalmente.

Anote quantas vezes na semana você tomou vitaminas, fez exercícios, dormiu oito horas. Também questione-se sobre como vai sua dieta. Comeu muitos doces?

As respostas nortearam o que você pode mudar no seu dia a dia, dando mais aproveitamento a cada item.

Também inclua coisas que você gostaria de fazer com mais frequência. E isso não só em relação a você, mas a terceiros. Por exemplo, quantas vezes você ajudou alguém nessa semana?

Esses são exemplos de itens que podem ser aplicados a sua vida pessoal, mas existem muito outros, de diversas maneiras, que você direcionar ao seu trabalho.

Se você tem um site profissional, verifique a quantidade de visitas que recebe, por exemplo.

Além das listas, Marshall também utiliza ciclos para medir o desempenho diário no quesito profissional. Isso o ajuda a estabelecer prioridades.

Eles funcionam da seguinte maneira.

  • ciclo da expansão de alvo: baseado em fazer coisas criativas ou empreendedoras. É algo que não acontece com tanta espontaneidade, por isso, você deverá forçar a introdução deste hábito na sua rotina.
  • ciclo da manutenção de alvo: é hora de responder mensagens e e-mails, comparecer aos compromissos, entre outras coisas que exigem do intelectual.
  • ciclo do mundo: fazer compras, ir a uma galeria de arte, visitar amigos, ir a um lugar legal. Isso também é importante, pois trabalhar o tempo todo não aumenta a sua produtividade.

Marshall começa o dia com o ciclo da expansão, caso contrário ele não é executado, põe em prática as tarefas nas quais outras pessoas dependem dele para desenvolver com o ciclo de manutenção e finaliza o dia fazendo as coisas do ciclo do mundo.

O importante de monitorar-se é medir e executar. Afinal, tudo que é medido, pode ser gerenciado com mais qualidade e facilidade.

O tempo vazio

Existe muito tempo livre no no dia a dia.

E isso vale para qualquer pessoa. Até aquela que é muito ocupada.

Veja bem, há sempre um considerável tempo de espera no trânsito, no qual ninguém está fazendo nada, além de dirigir ou dormir, no caso do passageiro.

Ou escrevendo mensagens.

Ou esperando em uma fila.

Isso é mais que tempo livre. É um tempo morto.

A ideia de Marshall é que as pessoas possam preencher esse tempo com coisas valiosas para que assim possam ter uma vida melhor.

Ele garante que você ficará espantado com a quantidade de coisas de pode aprender preenchendo esse tempo inútil no seu dia.

A sabotagem

As pessoas reconhecem quando algo faz realmente bem a elas, quando contribuem para o seu desenvolvimento.

Aí elas começam a praticar tal coisa.

Passam a aderir as listas, os ciclos, a leitura no tempo morto. E os fazem por uma quantidade considerável de tempo. Até que, simplesmente, começam a enrolar e deixam essas boas práticas de lado.

Isso é muito comum, na verdade. Mesmo quando observam que a vida está melhorando com as novidades.

Por isso, é ideal que você reconheça quando está prestes a falhar consigo mesmo e evite isso.

Crie um sistema, uma metodologia que o ajude a cumprir com suas tarefas importantes do dia a dia relacionadas a você.

Não se deixe de lado sob nenhuma hipótese. Fazer esse tipo de coisa é o mesmo que ter uma vida ordinariamente normal.

Notas Finais

Compartilhando suas próprias histórias e experiências, Sebastian Marshall, autor do livro Ikigai, conta quais os caminhos que seguiu para se tornar quem sempre desejou ser: um grande estrategista.  Alguém preocupado em fazer algo importante. Alguém que nunca quis ter uma vida normal.

Para isso, ele não disponibiliza uma forma. Apenas cita dicas que o fizeram chegar até onde chegou.

Agora que você já conhece os princípios de Marshall, o que acha de se empenhar sobre alguns deles e começar uma nova jornada rumo ao sucesso?

Dica do 12min

Gostou desse microbook? Então, você provavelmente deve apreciar a leitura de “Scrum: a arte de fazer o dobro de trabalho pela metade do preço”, mais um dos microbook sobre empreendedorismo e novas formas de trabalho disponível aqui, no 12min!

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário: