O 'ano que vem' chegou!

Para de deixar para depois. Aproveite 44% OFF no 12min Premium!

1855 leituras ·  0 avaliação média ·  0 avaliações

Eu sou, eu posso!

Eu sou, eu posso! Resumo
Autoajuda & Motivação

Este microbook é uma resenha crítica da obra: Eu sou, eu posso! O mantra da Filosofia e da Física Quântica que transforma vidas

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 978-65-5544-041-6

Também disponível em audiobook

Resumo

Um pouco de física quântica

Muita gente ouve falar em física quântica e já se assusta. O nome é estranho, parece ser uma daquelas disciplinas que só verdadeiros gênios são capazes de entender. O que pouca gente sabe é como alguns conceitos dessa ciência podem ser aplicados no dia a dia para melhorar a nossa vida.

Calma, a gente chega lá. Primeiro vamos entender o que é isso. A física quântica investiga as profundidades microscópicas da matéria no universo. Podemos definir essa ciência como o estudo da essencialidade da natureza, capaz de perceber como ela e nossa consciência fazem parte de uma mesma uma unidade cósmica. 

Complicou? De forma genérica, podemos entender que o universo é, na verdade, a amplificação da nossa consciência. Cada um de nós tem dentro do cérebro um microuniverso. Por isso, entender o funcionamento da própria consciência é fundamental para compreender essa conexão entre nós, seres tão minúsculos, com esse universo tão vasto. E você sabia que ele vibra? 

O universo vibra

É verdade! O universo vibra em ondas horizontais. Como dissemos, nossa mente tem características de um microuniverso. Por isso, nossos pensamentos também vibram e emitem ondas eletromagnéticas, invisíveis a olho nu. 

Tem mais! Na escola, aprendemos que a matéria é feita de átomos e os átomos são feitos de energia. O universo também. Ele é um gigantesco organismo vivo em permanente vibração. Não tem nada de estático nesse mundão gigantesco em que nosso planeta está. 

Toda a energia do universo está em permanente vibração. Tudo está em movimento, tudo é onda. Nós também. Somos formados por trilhões de átomos que dão forma ao nosso corpo, assim como tudo que nos rodeia. Por isso, também estamos permanentemente emitindo ondas através dos pensamentos, dos sentimentos e das emoções. 

Foi a física quântica a responsável por deixar para trás uma antiga visão. Antes do desenvolvimento dessa ciência, no século 20, acreditava-se num mundo totalmente estático. Mas nós vivemos num universo em permanente pulsação. 

E a importância de compreender esses conceitos básicos se dá porque é a partir deles que partimos para uma compreensão de como o cérebro se conecta com tudo ao redor. As vibrações dos pensamentos são capazes de gerar transformações incríveis. Mas vamos com calma, daqui a pouco a gente chega lá. Vamos entender um pouco mais sobre a criação dos pensamentos conscientes e inconscientes. 

A mente consciente e a mente inconsciente

Antes de nos aprofundarmos na vibração dos pensamentos, precisamos entender as diferenças entre a mente consciente e a mente inconsciente. A mente consciente é a voz dos nossos pensamentos. É a parte do cérebro acessível, em que raciocinamos sobre tudo o que acontece ao redor, processamos os pensamentos e emoções. 

Já a voz inconsciente trabalha como se fosse uma esponja. Essa parte da mente absorve todos os impulsos recebidos ao nosso redor e armazena cada um deles. Na mente inconsciente, temos lembranças muito escondidas, entre elas medos e traumas que nossa mente trabalhou para ficarem muito bem escondidos e facilitarem nossa vida cotidiana. O inconsciente guarda tudo e conhece mais de nós mesmos do que podemos imaginar. 

Achou complexo? E é mesmo. Isso mostra como o cérebro é uma máquina perfeita. Então, pense que ele armazena mais de 80 bilhões de neurônios. Eles estão trabalhando agora mesmo para manter o bom funcionamento da sua vida mental. 

Neste exato segundo, as dezenas de bilhões de neurônios se conectam para a memorização e encadeamento do seu raciocínio. Além disso, os neurônios também vibram para armazenar algumas informações e ocultar outras, no trabalho conjunto entre consciente e inconsciente. 

A mente absorvente inconsciente

Para entender um pouco mais sobre o funcionamento da mente, vamos ver um pouco mais como funciona a parte de absorção interna. A mente absorvente inconsciente tem relação direta com o período da primeira infância. Nessa fase de desenvolvimento, a criança absorve tudo ao redor, sem qualquer discernimento. 

Sabe aquela fase em que estamos descobrindo tudo que há no mundo? Nesses primeiros anos, os estímulos para o cérebro são incontáveis. Cheiros, sons, movimentos, palavras, cores, formas das coisas e hábitos das pessoas vão sendo guardados ali dentro, nas profundezas do inconsciente. 

Não há diferenciação entre o que é uma memória instintiva ou racionalizada. Tanto as memórias positivas quanto as negativas são informações acumuladas nos arquivos da mente inconsciente. Esse processo acontece ainda durante a gestação e vai perdendo intensidade a partir dos três anos de idade.

A mente absorvente consciente

Passamos da metade desse microbook e agora é a vez de falar da mente absorvente consciente. Ela começa a atuar a partir dos quatro anos de idade e ganha intensidade depois dos sete. É quando aumenta o desenvolvimento da capacidade de reflexão e conscientização sobre o mundo ao redor. 

Quando entra em cena, a mente absorvente refina as informações ao redor de um jeito mais racional, com maior facilidade para descartar o que não terá utilidade para o cérebro. Aqui, aspectos como a memória e o melhor discernimento do mundo ao redor são desenvolvidos. 

A mente absorvente está conscientemente intensificando o crescimento do raciocínio lógico e da compreensão do mundo ao redor, ampliando e refinando os novos aprendizados. E quanto mais se desenvolve, mais analítica e racional se torna, buscando sempre se ancorar na realidade imediata. 

Nessas duas etapas de desenvolvimento da mente, as vibrações dos pensamentos já acontecem e vão sendo aprimoradas sem que a gente preste atenção nesse processo natural. 

A existência do espírito 

Essa explicação básica era necessária para chegar aqui, quando falamos sobre como a existência do espírito depende da existência do cérebro. Sem ele, o espírito não teria vida própria. Na ciência, a definição mais aceitável para espírito é o sinônimo de consciência. E a nossa consciência faz parte de uma unicidade com a Consciência Universal. 

Se você conseguiu entender como espírito e consciência trabalham como se fossem uma coisa só, vai compreender com mais facilidade que essa mesma lógica se aplica à nossa conexão com o universo. Nós não estamos no universo, mas fazemos parte dele. 

O conflito entre o presente e o passado

Se você já teve ataques de pânico, ansiedade e depressão, é porque um conflito entre presente e passado lhe atormentava. Por isso, focar no agora é importante quando desejamos sair dessas crises que tanto atormentam milhões de pessoas ao redor do mundo. 

Tudo o que passou serve como aprendizado para você tomar atitudes no presente e traçar planos de sucesso para o futuro. Mas, em muitos casos, vibrações negativas fazem com que acontecidos nos atormentem como verdadeiros fantasmas. Pensamentos dolorosos e lembranças ruins nos fazem sentir como se estivéssemos paralisados. 

Quando a mente consciente se ocupa das atividades intensas do cotidiano atual, o sentimento de proteção mental vibra na mesma sintonia com o universo e a paz interior é vivenciada em sua plenitude. 

Um salto quântico para uma mudança de vida

Lembra das aulas de química? Nelas, foi explicado que um elétron orbita ao redor do núcleo armazenador dos prótons e nêutrons, sempre carregados de energia. Quando o elétron recebe um raio de luz, absorve a energia luminosa e passa da órbita mais próxima do núcleo atômico para outra órbita, mais distante dele. 

Logo depois, ele passa a emitir essa mesma energia absorvida em forma de um átomo de luz. Isso é o chamado salto quântico. E você pode estar pensando o que tem a ver com isso, né? Esse conceito também pode ser aplicado em sua vida consciente e espiritual. Lembra que também vibrarmos em energia? 

Quando pensamos na consciência, o salto quântico acontece quando recebemos uma energia extra. Ao receber novos conhecimentos, informações ou emoções positivas, especialmente os mais profundos e vibrantes, os átomos são capazes de fazer inflar os seus elétrons, que explodem como pequenos foguetes, indo para outra órbita. 

Esse clique na mente nos faz enxergar a vida de um jeito diferente, mais evoluído. Ao aprender algo novo, nunca mais voltaremos à órbita anterior. Agora mesmo, todo esse aprendizado sobre a importância da física quântica na sua vida está lhe provocando um salto quântico. 

O poder do eu sou

Os pensamentos são capazes de se materializarem, formando conexões neuronais geradoras de uma vibração frequente. Essas conexões são formadas tanto pelos pensamentos positivos quanto pelos pensamentos negativos. 

É por isso que, em alguns momentos, é muito difícil reverter a obsessão por uma mentalidade mais pessimista e de baixo astral. Nesses casos, a vibração tem uma carga energética tão grande que ela se intensifica e, de fato, as coisas passam a acontecer como pensamos. 

Então, por que não nos preocupamos em gerar energias mais produtivas e positivas? Pensar que você é aquilo que quer, que pode conseguir tudo aquilo que deseja, tem um poder muito grande. Você gera uma vibração a seu favor e ela volta para você da forma como já está pensando. 

Você pode, você é aquilo que deseja. Vibre ao seu favor. 

Notas finais 

Entender a conexão entre ciência e aspectos da espiritualidade é fundamental para uma vida mais produtiva, com resultados positivos e menos sofrimento. A lição maior deste microbook é sobre a importância de fazer das vibrações energéticas do pensamento um forte aliado. Ao transmitir para o universo que você é aquilo que deseja ser, as chances de transformar vibrações em atos reais aumenta bastante. 'Bora começar?

Dica do 12’

Para aprender um pouco mais sobre boas formas de disciplinar o pensamento e assim conseguir uma vida prática cotidiana de mais satisfação em todos os segmentos, ouça o microbook Como pensar e viver melhor.

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário:

Quem escreveu o livro?

O autor foi oficial-aviador da Força Aérea e instrutor de combate em aeronaves a jato. Depois, formou-se administrado... (Leia mais)