O 'ano que vem' chegou!

Para de deixar para depois. Aproveite 44% OFF no 12min Premium!

951 leituras ·  0 avaliação média ·  0 avaliações

Código dos homens

Código dos homens Resumo
Estilo de vida

Este microbook é uma resenha crítica da obra: Código dos homens

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 

Também disponível em audiobook

Resumo

O peso da experiência

É impossível pular etapas na vida. Ninguém nasce adulto ou formado na faculdade. Você precisa engatinhar, para depois ficar em pé e, então, caminhar. No ápice do potencial, você cria asas e voa. 

Da mesma forma, a infantilidade não pode ser prolongada por muito tempo. Não dá pra viver para sempre como um adolescente despreocupado. Ninguém atinge o status de homem se negligencia ensinamentos básicos. Com a experiência, descobrimos os melhores caminhos a seguir e evitamos repetir equívocos do passado. E um homem alpha reconhece a importância da bagagem. 

O homem alpha

Ao falar no homem alpha, o autor se sente rodando em torno do mesmo assunto, por tantos livros escritos sobre evolução e crescimento. Porque só é possível chegar a esse patamar agindo com firmeza, deixando infância e adolescência para trás e tomando atitudes que façam por merecer esse rótulo. 

O homem alpha domina os ambientes e é visto como alguém de sucesso,que não vem de uma hora pra outra. Somente repetir palavras, sem mudar atitudes, é inútil. Por isso, se reconhecer, mudar de atitude e entender o equilíbrio é meio caminho andado. 

A importância do equilíbrio

Esse é o ensinamento mais importante para ditar o rumo de sua vida. Equilíbrio. Você certamente já ouviu falar no yin-yang, certo? É aquele símbolo do taoísmo, dividido em dois polos que expõem a dualidade do universo. 

Ali estão duas forças fundamentais. Opostas e complementares, presentes em todas as coisas. O yin é o princípio feminino. Terra, passividade, escuridão e absorção. Já o yang compreende o lado masculino de céu, luz, atividade e penetração.

Todo ser é composto desse complemento. A existência depende dos dois lados. Nada existe num estado puro, numa passividade absoluta. A transformação interior é contínua. 

Existe um lado cafajeste e outro bonzinho dentro de você. Você precisa domar cada um deles. Só assim é possível administrar os relacionamentos, sem cair em armadilhas como a da friendzone. 

A armadilha da friendzone

Sem pensar no equilíbrio, o lado bonzinho elimina o lado cafajeste, desequilibrando o homem. Assim, ele acaba abandonado num tipo de limbo sentimental. Nesse campo, o homem deveria ocupar o lugar de rei. 

Daí para receber o indesejado título de amigo pela mulher desejada e se tornar um verdadeiro bobo da corte, é um caminho rápido, sem chances de conseguir algo a mais. Quem cai na friendzone demonstra fraqueza e é visto como mero provedor, um erro composto de três faces. 

As 3 faces do provedor

Agora que passamos da metade desse livro, precisamos deixar claro que é comum repetir erros, mesmo sabendo do equívoco. O perfil do provedor é um deles e tem três faces.

A primeira é a do cão de guarda, o protetor. Ele afasta os urubus. Acontece muito com quem cerca as mulheres mais bonitas, alvos preferenciais dos cafajestes, mas não arrumam nada. A segunda face do provedor é patrocinar. O cara da grana, que sustenta a mulher em tudo e não vai pra frente. Por último, o bajulador, que passa vergonha fazendo elogios acima do tom.

Quando um homem é visto como provedor, precisa cair fora porque caiu na friendzone e vira escada para outras escolhas da mulher.  É isso que você quer?

Casar cedo e relacionamentos meia-boca

Você precisa investir no desenvolvimento pessoal para se conhecer mais e mais. Assim, evita cometer erros cruciais no campo dos relacionamentos. Um deles é casar cedo. Ao redor de um casal jovem, muitos dizem se inspirar pela história de contos de fadas. E não entendem os motivos que levam a uma separação precoce. O que começa rápido, acaba rápido.

Ninguém é obrigado a ficar com alguém que não gosta mais. Quem se cansa de um relacionamento acha tudo ao redor muito mais atrativo do que o namoro fracassado. Mas sair dele é uma opção. Por isso, é importante ser desapegado, tanto nessa quanto em outras áreas da vida. Saber a hora de sair do que não está bem é fundamental. E ter em mente que nem sempre estamos preparados para um relacionamento também. 

E por mais que tentem nos iludir, a posição social conta muito, sim!

Fator dinheiro e posição social

Queira ou não, muitos relacionamentos e amizades acabam por dinheiro. Ou melhor, pela falta de dinheiro. Não tem jeito, ele é um mal necessário. E mal, no caso, só para quem não tem nada no bolso. 

Por mais que o dinheiro possa ser a causa de muitos problemas, quem tem sempre quer mais. Não se iluda. Sua posição social em função do dinheiro fará muita gente olhar para você com outros olhos. Isso desde novos, amigos e até mulheres interessadas em você.  

Por isso, separe as coisas, administre sozinho seus negócios. Tome cuidado com quem dá tapinha nas suas costas. E lembre-se de uma famosa frase: Dinheiro não compra a felicidade, mas a pobreza não compra nada!

Aproveite o hoje

Acorde para a realidade. Se você ouviu tudo isso e não quer acreditar, paciência. Mas a verdade é dura, amigo. Quanta gente você não conhece que chora pelos cantos por que tomou um pé na bunda? A hora de mudar, de virar um macho alpha, é agora. Pense em você, não adie essa tarefa. Hoje é o dia do começo da mudança pra melhor. Não a adie.

Notas finais 

O homem contemporâneo é cada vez mais estudado. E na visão de J. F. Rozza, tem coisas que não mudam. Na visão do autor, o padrão de comportamento para dominar ambientes amorosos, de trabalho ou de amizade segue o mesmo. E a força de buscar ser o melhor em tudo isso é o que move a missão de formar novos machos alpha, mesmo que eles pareçam estar em extinção. 

Dica do 12’

Gostou desse verdadeiro manual? Aproveite e busque um contraponto. No microbook Minha esposa tem a senha do celular, você encontra a visão romântica do escritor Fabrício Carpinejar, um verdadeiro entusiasta do amor à moda antiga.

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário:

Quem escreveu o livro?

Autor de "Código dos homens", escritor e empresário. J. F. Rozza é criador do curso “Os pilares da confian... (Leia mais)