18 princípios para você evoluir - Resenha crítica - Charles Mendlowicz
×

Novo ano, Novo você, Novos objetivos. 🥂🍾 Comece 2024 com 70% de desconto no 12min Premium!

QUERO APROVEITAR 🤙
63% OFF

Operação Resgate de Metas: 63% OFF no 12Min Premium!

Novo ano, Novo você, Novos objetivos. 🥂🍾 Comece 2024 com 70% de desconto no 12min Premium!

1143 leituras ·  0 avaliação média ·  0 avaliações

18 princípios para você evoluir - resenha crítica

18 princípios para você evoluir Resenha crítica Inicie seu teste gratuito
Autoajuda & Motivação

Este microbook é uma resenha crítica da obra: 18 princípios para você evoluir

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 6550472679

Editora: Citadel

Resenha crítica

Se você está se sentindo perdido em sua vida, sentindo que não está cumprindo seu verdadeiro propósito, desanimado com suas perspectivas, esse livro é para você. Todos temos uma vocação e, para alcançá-la com sucesso, é preciso olhar para dentro de si, procurar evoluir. De acordo com os princípios judaicos, religião do autor Charles Mendlowicz, o número dezoito simboliza o todo. Por isso, o economista escolheu esse número para basear os princípios que, de acordo com ele, nos ajudam nessa jornada em busca da melhoria.

Tome a responsabilidade para si

Pode parecer cruel, mas esse é o primeiro princípio para uma vida mais plena: A partir daqui, tudo que lhe acontece é de total responsabilidade sua. Antes, você talvez não tivesse consciência disso, mas, a partir de agora, tudo que acontece contigo pode ser considerado como consequência de seus atos. Não estamos falando de coisas do destino, como uma morte na família, um acidente de carro, mas pensando nos momentos do cotidiano, e, até mesmo, nos fracassos e sucessos de sua vida profissional, relacionamentos, entre outros. Reflita, pense no que você anda fazendo e como você pode alcançar esse objetivo, afinal, a vida é sua e a responsabilidade também.

Encontre seu propósito

Às vezes, mesmo que tudo na nossa vida pareça estar indo bem, nos sentimos desanimados - como se faltasse alguma coisa. Mesmo vivendo uma vida plena, com estabilidade no trabalho, um bom relacionamento e conforto, podemos sentir que nos falta alguma coisa. Muitas vezes, isso ocorre porque não estamos seguindo nosso propósito, aquilo que nascemos para fazer. 

O autor, por exemplo, nos conta como trabalhou em várias empresas ao longo de sua vida, construindo uma carreira bem-sucedida nas finanças, e, mesmo assim, não se sentia plenamente satisfeito. Ele estava negligenciando suas verdadeiras vocações e ignorando as coisas que ele realmente gostava de fazer. Para entender o que são essas "vocações", ele nos aconselha a olhar para o passado: o que você gostava de fazer na infância que lhe deixava verdadeiramente feliz? Para ele, era um interesse muito forte em tecnologia. Procure as raízes da sua felicidade e encontrará aquilo que você nasceu para fazer.

Trace seu mapa

É difícil, no início de uma jornada, pensar no ponto final. O caminho parece muito longo, muito distante e, portanto, muitas vezes, pode parecer irreal também. Como você chegará até lá? Para não se deixar desanimar, é importante marcar o caminho, comemorar cada pequena vitória até seu objetivo maior. Imagine que você precisa subir até o pico de uma montanha e está parado diante dela. De fato, parece uma tarefa impossível, já que tem um caminho longo a ser percorrido à sua frente. Mas, para chegar, você precisa começar e manter um ritmo: ninguém espera que você alcance o fim da montanha em dois segundos, tudo tem a sua jornada e seu tempo certo.

Projeção inteligente

 Há alguns anos, fomos influenciados, como sociedade, com a ideia da lei de atração. Quando você quer algo e manifesta esse desejo, o universo o traz para você. O autor concorda, em partes, com essa ideia. Para ele, é preciso fazer uma projeção que seja inteligente e seguir um plano para que esse desejo se torne realidade: não adianta apenas pedir e esperar. De acordo com Charles, o importante de manifestar em voz alta seus objetivos é que seu cérebro vai assimilá-los como um plano, e lhe cobrar por eles de forma quase inconsciente. Se você diz "eu quero ser gerente em dois anos", mas entrega apenas um trabalho medíocre, não se esforça para crescer na empresa, seu cérebro lhe fará se sentir culpado, afinal, você havia dito que gostaria de ser gerente, mas não está fazendo nada para cumprir esse objetivo. Então, projetar de forma inteligente não é apenas dizer que quer algo e não fazer nada, mas dizer que quer algo até aquilo ficar gravado em você como uma possibilidade real.

Cuidado com a mediocridade

Ser medíocre significa "estar na média". Se você faz apenas o mínimo de suas funções, chega no trabalho na hora, sai na hora e nunca se disponibiliza para fazer mais ou fazer o melhor possível, provavelmente você não vai crescer dentro da sua área. Isso porque seus superiores, muito provavelmente, consideram você uma pessoa que faz apenas o mínimo necessário, que não tem força de vontade para crescer. Se você não busca conhecimento para se aperfeiçoar, não procurar sempre entregar mais do que lhe pedem, provavelmente, nunca sairá do seu cargo atual.

Leia mais, leia sempre

Charles nos traz um dado interessante: a grande maioria dos milionários possui o hábito da leitura, e ele encoraja o leitor a alimentar essa prática. É importante se respeitar aqui e não esperar que uma pessoa que não lê um livro há anos comece a ler 4 livros por mês, de repente. Entenda sua realidade e trabalhe a partir dela: Se você não tem o hábito de ler, escolha um livro para terminar em alguns meses, e tente não passar semanas sem ler uma única página.Se você já possuir o costume da leitura, tente ler livros mais instrutivos, com assuntos que lhe façam crescer, e autores renomados em suas respectivas áreas.

Busque sempre o conhecimento

Com a internet, hoje em dia, é mais fácil buscarmos conhecimento. Se antes era preciso sairmos de casa, buscar aulas e cursos presenciais que poderiam ser caros ou distantes de casa, difíceis de manter em meio à rotina, hoje conseguimos, no conforto da nossa casa, recorrer a uma pesquisa simples na internet e aprender praticamente qualquer coisa. Utilize as brechas na rotina para sempre buscar mais conhecimento, seja por videoaula, podcast ou uma leitura rápida.

Tenha seus mentores

De certa forma, esse princípio está ligado ao anterior: busque sempre conhecimento, principalmente se ele vier de pessoas que já atingiram aquilo que você almeja. Hoje em dia, com a internet e  as redes sociais, é possível acessar o conhecimento de forma praticamente gratuita e em qualquer horário que você tenha disponível. Utilize essa ferramenta e procure mentores qualificados, afinal é muito mais fácil chegar ao final da sua jornada com alguém apontando o caminho e te alertando dos erros que você poderia cometer.

Cuide da sua espiritualidade

O autor nos alerta para a diferença entre espiritualidade e religião: Religião é um conjunto de crenças, dogmas, um sistema que normalmente se você agir fora do acordo você é punido como pecador. Espiritualidade é o desejo de melhorar como pessoa, desejar o bem para os outros, ser uma pessoa sensível com as dificuldades do mundo ao nosso redor. Para o autor, ser alguém espiritualizado nada mais é que buscar ser melhor todos os dias. Cuidar da espiritualidade é importante para que não nos deixemos ficar amargurados quando algo de ruim nos acontece. Tudo tem um motivo para ser, e precisamos utilizar essas dificuldades como motivo para crescer.

Fique em dia com o universo

Aqui, o autor nos faz pensar em pequenos gestos cotidianos que podemos fazer em busca de um mundo melhor para todos. Em muitas religiões, existem punições após a vida para certos tipos de comportamento "ruins". Mas, mesmo que não acreditem em nenhuma religião, ou que o universo vá nos retornar essas coisas ruins de alguma maneira, o que se perde tentando ajudar o próximo? Ajude aos outros sem julgar se essas pessoas merecem, de fato ou não, o ato da sua ajuda.

Seja melhor todos os dias

Não se assuste, o autor não quer que você tente melhorar todas as áreas da sua vida todos os dias - isso seria impossível. Em vez disso, escolha dois ou, no máximo, três aspectos que você gostaria de aperfeiçoar. Pode ser saúde, vida afetiva, trabalho, literalmente qualquer coisa. Esse processo é importante para manter uma constância e aprender a esperar o tempo das coisas. A maioria dos nossos problemas mais sérios não se resolve de uma hora para outra. Como exemplo, o autor falou da sua jornada de emagrecimento, que ele só conseguiu controlar quando aceitou que os melhores resultados viriam com o tempo e não utilizando dietas extremamente rígidas ou medicamentos. O importante é aprender a gostar do processo, e suas vitórias serão uma consequência.

Cuidado com quem você anda 

Essa frase pode ser um clichê, mas, nem por isso, deixa de ser verdadeira. Temos que ter cuidado com quem andamos e estamos gastando nosso tempo e energia: será que nossos amigos, familiares e cônjuges são pessoas que acrescentam positivamente em nossas vidas? Se você não quiser se afastar definitivamente de pessoas que só querem sair, gastar, não ligam para o seu crescimento pessoal, o autor aconselha a compartimentar suas relações, separar bem o momento apenas para lazer e para todo o resto da sua vida. No entanto, ele adverte: é inevitável o afastamento natural dessas pessoas.

Trate o dinheiro como um amigo

Muitas pessoas  acreditam que a única forma de ter uma vida financeira estável é poupando. Isso nos coloca em uma má relação com o dinheiro, afinal, ao guardar dinheiro não estamos ganhando nada, apenas "deixando de gastar". O conselho do autor é que aprendamos sobre investimentos para, assim, garantir um futuro mais confortável. É importante ressaltar que não é recomendado que pessoas com dívidas comecem a investir. É essencial ter como prioridade resolver essas pendências e, só então, começar a aprender sobre investimentos, colocando pequenas quantias para render.

Use o tempo em seu favor

A ideia de perder tempo pode ser muito assustadora para algumas pessoas, mas é algo que nos acontece todos os dias, afinal, o tempo não volta. O importante é saber utilizar a passagem do tempo em nosso favor, e não nos deixar enfraquecer pensando que "é tarde demais". Não é porque a pessoa já está na faixa dos 30, 40, 50 anos que ela não pode mais mudar de vida, começar uma nova profissão. Esse princípio deve ser utilizado em outras áreas da sua vida, por exemplo, nos investimentos, como falamos no tópico anterior: Você pode poupar um pouco hoje e usufruir disso daqui há alguns anos. Não fique preso pensando nos erros do passado e nem paralisado pensando nos problemas que podem surgir no futuro, foque sempre no presente.

Trabalhe o bastante para poder ficar em órbita

O autor faz uma metáfora: imagine que todos somos como aviões, e todos os dias queimamos combustíveis enquanto realizamos nossas tarefas diárias. Se um dia pararmos de fazer essas tarefas (queimar combustível), nosso avião vai cair. Isso acontece pois costumamos viver na mediocridade, fazendo tudo para ficar "na média" e, portanto, precisamos estar sempre fazendo nossas tarefas e queimando combustível para nos manter no ar. A proposta de Charles é que trabalhemos muito, mais do que qualquer outro, e sejamos como foguetes. Assim, nosso esforço nos manterá em órbita por muito mais tempo sem que precisemos nos matar de trabalhar para isso. O economista não dá essa dica pensando que você trabalhe muito por alguns anos e depois passe o resto da sua vida de férias, mas para que você tenha segurança financeira e prestígio em sua carreira para poder escolher as melhores oportunidades sem ficar sempre preocupado com dinheiro ou se vão te substituir no trabalho porque você ficou doente.

Seja sempre curioso

Uma característica comum de milionários é o quanto eles gostam e costumam viajar. Isso não é apenas pelo status ou para o lazer, mas viagens ajudam você a entrar em mais contato com diferentes culturas. Com a internet, conseguimos entrar em contato com culturas dos lugares mais distantes com apenas alguns cliques de distância. Nesse tópico, o autor nos sugere escolher entre dois ou três tópicos que não tenham a ver com seu trabalho para você pesquisar mais a respeito. Pode ser qualquer coisa, cerveja, futebol, tipos de carne de churrasco. Quando estudamos e temos conhecimento sobre vários assuntos diferentes, nos tornamos pessoas mais interessantes de se manter por perto.

Por que milionários não têm um milhão?

A pergunta de verdade nesse tópico é: Por que milionários nunca tem SÓ um milhão? E isso se deve principalmente ao mindset diferenciado deles. Não podemos tratar o dinheiro como nosso inimigo ou ter aquela mentalidade de que "pessoas só são ricas porque fizeram algo de ilícito". Sem mudar essa mentalidade, o autor diz que você nunca ganhará dinheiro de verdade.

Muito cuidado com o ego

À medida em que investimos em nós mesmos e começamos a enxergar nossa evolução é fácil se deixar levar pelo ego. "Ego", de acordo com o autor, é o nosso "eu", o núcleo de quem somos de verdade. É importante não se levar a sério demais: você pode ter se esforçado mais, mas não é perfeito. Esteja sempre disposto a discutir, debater e, principalmente, aprender. Lembre-se que ninguém sabe de tudo.

Notas finais

Uma das maiores lições que podemos tirar desse livro é: aproveite cada momento do processo, ele é mais importante até mesmo que o seu final. Quando você passa a amar a jornada, procura aproveitá-la ao máximo. Isso significa buscar mais conhecimento, mais evolução e quando, finalmente, suas metas vão começando a ser alcançadas, é uma consequência de todo o esforço que você colocou ali.

Dica do 12min

Se você  quer ainda mais que 18 princípios para continuar sua jornada de evolução pessoal, recomendamos que dê uma olhada no "A arte de falar e fazer", de Geronimo Theml, já disponível aqui no 12min. Neste livro, o autor nos ensina a superar um dos maiores desafios da vida moderna: a procrastinação.

Leia e ouça grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 7 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

Quem escreveu o livro?

Economista formado pela UERJ, Charles trabalhou por mais de vinte anos na área do varejo em empresas renomadas, tendo, inclusive, passado pela Coca-Cola. Apai... (Leia mais)

Aprenda mais com o 12min

6 Milhões

De usuários já transformaram sua forma de se desenvolver

4,8 Estrelas

Média de avaliações na AppStore e no Google Play

91%

Dos usuários do 12min melhoraram seu hábito de leitura

Um pequeno investimento para uma oportunidade incrível

Cresca exponencialmente com o acesso a ideias poderosas de mais de 2.500 microbooks de não ficção.

Hoje

Comece a aproveitar toda a biblioteca que o 12min tem a oferecer.

Dia 5

Não se preocupe, enviaremos um lembrete avisando que sua trial está finalizando.

Dia 7

O período de testes acaba aqui.

Aproveite o acesso ilimitado por 7 dias. Use nosso app e continue investindo em você mesmo por menos de R$14,92 por mês, ou apenas cancele antes do fim dos 7 dias e você não será cobrado.

Inicie seu teste gratuito

Mais de 70.000 avaliações 5 estrelas

Inicie seu teste gratuito

O que a mídia diz sobre nós?