Trabalho Organizado Resumo - Thais Godinho

Aprenda a aprender de casa! Para você usar o tempo a seu favor! REDUZIMOS A ASSINATURA EM 30%!

Oferta por tempo limitado!

5220 leituras ·  4.4 avaliação média ·  757 avaliações

Trabalho Organizado

Trabalho Organizado Resumo
Produtividade & Gestão do Tempo e #FiqueEmCasa

Este microbook é uma resenha crítica da obra: Trabalho Organizado - Encontre equilíbrio e significado num mundo cada vez mais sobrecarregado

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN:  978-8545202615

Também disponível em audiobook

Resumo

Planejamento

Embora existam inúmeros tipos de planejamento possíveis, a autora recomenda dois em particular:

  • planejamento por projeto ou situação: mudanças, volta às aulas etc.;
  • planejamento por frequência: baseado em uma determinada periodicidade (diário, mensal, anual).

O planejamento por projetos é aquele que, de modo geral, fazemos quando julgamos necessário organizar algo. Quando uma equipe profissional se reúne a fim de definir as distintas fases de um projeto na empresa, ou quando planejamos os roteiros de uma viagem que faremos. Tais planejamentos dependem da complexidade de cada situação.

O segundo tipo de planejamento, baseado na frequência, é o que torna a vida mais interessante, na medida em que se trata de uma forma de manter a rotina sob controle e perspectiva.

Com ele, há uma maior clareza em relação às prioridades, pois nada passa despercebido, isto é, você busca prever situações e se antecipar a elas. A consequência é uma vida – e uma rotina de trabalho – muito mais organizada.

Foco

Para ter foco é preciso, antes de tudo, identificar o que é verdadeiramente essencial. Mas, como fazer isso? Para Godinho, seguir o caminho inverso é a alternativa mais fácil, isto é, você deve refletir acerca do que não quer e sobre o que não tem nada a ver com você.

Isso poderá lhe ajudar  a entender melhor a si mesmo e o que deseja acolher em sua vida. Muitos reclamam continuamente: da rotina, do trabalho, do relacionamento, das próprias finanças e de tantos outros temas relacionados.

A autora propõe realocar essa energia e, em vez de ficar reclamando, usar essa insatisfação para entender as coisas que você considera insuportáveis. A partir desse exercício de reflexão, você poderá ver tudo sob outro ponto de vista. Consequentemente, as coisas boas que você faz diariamente serão mais significativas.

Sonho organizado vira objetivo

Objetivos são diferentes cenários da vida que almejamos alcançar. Você pode ter objetivos voltados a cada área de sua vida: espiritualidade, carreira, casa, relacionamentos, finanças. Uma maneira intuitiva de trabalhar com seus objetivos consiste em desenhá-los em termos de longo, médio e curto prazos.

O que define longo, médio ou curto prazo é bastante pessoal, dependendo basicamente do momento específico que você está atravessando em sua vida. Todavia, as seguintes definições podem servir como ponto de partida:

  • longo prazo: engloba os objetivos gerais de sua vida;
  • médio prazo: diz respeito aos períodos de 3 a 10 anos;
  • curto prazo: até, no máximo, 2 anos.

Produtividade e criatividade

Ser produtivo implica em saber aproveitar o tempo disponível da melhor forma possível e agir com significado. Você pode colocar certos rituais em prática para atingir esse estado – ouvir certo gênero musical, tomar um café, ir a uma livraria ou cafeteria.

Cada indivíduo tem, certamente, os seus próprios truques de produtividade, que utiliza (ainda que inconscientemente) a fim de despertar o seu poder criativo. Tais momentos de extrema criatividade, na realidade, são um tipo específico de estado mental.

Trata-se, segundo a autora, de uma espécie de predisposição natural dos seus níveis de energia (que, inclusive, podem variar ao longo do dia).

Conhecendo-se, é possível programar esses momentos durante a semana e se dedicar a eles sem, para isso, deixar de executar outras atividades que também devem ser concluídas – embora não requeiram tanta criatividade.

Caso alguma ideia surja quando estiver em um determinado contexto, você não precisará parar tudo o que estiver fazendo. Basta anotar ou gravar um áudio: o mais importante é que você não perca o momento e nem as suas ideias.

Ao registrá-las, você terá melhores condições para trabalhá-las posteriormente, quando estiver com o foco ideal. Isso significa que dá para ser produtivo e criativo se você ajustar pequenos elementos da sua rotina. Tenha em mente que a produtividade é uma ação de construção do seu trabalho e, principalmente, de autoconhecimento.

Como construir uma rotina

Godinho propõe aos leitores um método excelente para equilibrar a rotina: dividir o dia em 3 períodos. Caso você tenha dois períodos agendados com atividades e compromissos, deve deixar o outro período livre.

Funciona assim: se tiver reuniões durante a tarde no seu trabalho e um jantar com os amigos à noite, procure deixar a sua manhã livre. Se, no outro dia, tiver compromissos de manhã e à tarde, deixe a sua noite livre.

Ainda que se tratem de atividades profissionais e, posteriormente, de compromissos de ordem pessoal, é altamente recomendável seguir esse ordenamento, pois, no fim das contas, é você que estará envolvido neles, cansando-se e deslocando-se de um lado a outro.

Portanto, se você tiver um dia repleto de compromissos profissionais, deixará a noite livre, uma vez que seria cansativo cumprir um novo agendamento ou sair se o marcasse.

Similarmente, quando você tem um dia mais leve no trabalho, ou seja, sem tantos compromissos e agendamentos, a tendência é que se sinta mais confortável para cumprir uma atividade à noite, pois não estará tão cansado.

Não se esqueça: 2 períodos com agendamentos para 1 período livre. Siga este método e você notará uma mudança quase instantânea em seus níveis de energia.

Como conciliar trabalho e estudos

Conciliar trabalhos e estudos – duas atividades bastante intensas – não é nada fácil. Requer disciplina, esforço e um gerenciamento eficiente de energia para evitar o desgaste mental e físico. As sugestões da autora são:

Planeje a sua semana

Reserve um dia por semana para revisar todas as atividades e compromissos que você terá. Inclua os períodos de deslocamento e trânsito. Se, quando chega em casa, você realiza atividades domésticas, convém planejá-las também. Inclua tempo o bastante para o sono e identifique quantas horas restaram para se dedicar aos estudos.

Se, por exemplo, restaram 3 horas, analise como poderá distribuir os estudos ao longo da sua semana. Siga esse planejamento rigorosamente toda semana, pois ele será fundamental para a sua organização.

Assegure-se de que o seu planejamento é factível

De nada adianta programar apenas 4 horas de sono, pensando que manterá indefinidamente esse ritmo insustentável. Todos os aspectos da sua vida são relevantes, da sua saúde aos estudos, portanto, busque pelo equilíbrio em todas as áreas.

Mesmo que você leve mais tempo para alcançar seus objetivos de estudo, ao menos, você os atingirá sem prejudicar outros aspectos.

Gerencie a sua energia

Todos sabemos que é necessário dormir cerca de 8 horas todas as noites, não é mesmo? Então, não tem jeito: você precisa priorizar esse tempo. O que pode fazer é procurar acordar diariamente (inclusive nos finais de semana) sempre no mesmo horário, pois o corpo humano aprecia rotinas.

Alimentar-se bem é outra grande dica de Godinho que, além disso, orienta a procurar médicos que possam indicar uma dieta adequada para o seu ritmo de vida e as condições gerais do seu organismo.

Como identificar prioridades

Confira, a seguir, a lista elaborada pela autora para ajudar você a identificar as suas prioridades:

  • anote, em uma folha, tudo o que está em sua mente neste exato momento e é uma fonte de preocupação;
  • consulte sua agenda e encontre os compromissos relevantes que estão próximos e em relação aos quais você necessita tomar certas providências;
  • analise a sua lista de atividades e/ou tarefas;
  • analise, também, os papéis que estão em sua mochila, bolsa ou pasta;
  • observe o ambiente físico do seu escritório e de sua casa para determinar se há algo que demanda providências;
  • produza uma lista com todas as áreas relevantes de sua vida: finanças, estudos, família, casa etc.;
  • você possui objetivos de longo, médio ou curto prazo? Eles se refletem nas tarefas que você deverá realizar hoje?
  • como será a sua vida daqui a cinco anos? Em 20 anos, onde você estará? Liste o que você tem feito para chegar aos seus objetivos.

Ao fazer essas reflexões, você identificará aquilo que quer ou precisa resolver imediatamente e o que pode esperar. Lembre-se: você pode fazer tudo o que desejar, porém, não ao mesmo tempo. A ideia de Godinho é começar a agir em prol de tudo o que você quer ou precisa fazer agora.

Notas finais

Muito se tem falado sobre o fim do trabalho. Pelo menos, do trabalho como o conhecemos hoje. De fato, não temos como conhecer o futuro.

O que está ao nosso alcance é construir, a partir de agora, um novo modo de vida, visando, fundamentalmente, atender as necessidades do conjunto da humanidade, buscando um sentido em tudo o que fazemos e, sobretudo, aproveitando o nosso tempo da melhor forma possível.

Afinal, o único controle que temos sobre o dia seguinte consiste em nosso poder de começar a construí-lo já, sendo coerente com nossa forma de ser e seguir torcendo pelo melhor.

Dica do 12min

Gostou deste microbook? Então, leia também “TEvEP” e conheça uma poderosa ferramenta para turbinar a sua produtividade no trabalho!

Este livro é uma parceria de 12minutos com a Editora Gente. Para comprá-lo na íntegra, clica aqui! :)

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário:

Quem escreveu o livro?

Thais Godinho, a autora do presente livro, é também uma blogueira famosa nas plataformas virtuais. Sua página "Vida Organizada", traz diversas dicas práticas e já ajudou milhares de pessoas a muda... (Leia mais)