44% OFF

Não deixe suas metas para 2022

Assine 12min Premium por apenas R$0,46/dia e aprenda mais em menos tempo!

122 leituras ·  4.0 avaliação média ·  1 avaliações

Se vira, moleque

Se vira, moleque Resumo
Parentalidade

Este microbook é uma resenha crítica da obra: Se vira, moleque - Prepare seu filho para construir uma vida com protagonismo, autorresponsabilidade, atitude empreendedora, realização pessoal e prosperidade

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 978-6-55-544018-8

Editora: Gente

Também disponível em audiobook

Resumo

Sonhar e agir para ter novos resultados

Um dos principais fatores do fortalecimento familiar ocorre quando seus integrantes encontram, juntos, soluções aos seus problemas. Kepler afirma que deseja que, ao crescerem, seus filhos tenham comprometimento com as pessoas, resiliência, responsabilidade e se apaixonem pelos desafios da vida.

O ideal é que eles pensem acerca do legado que deixarão, além de saberem como obter e administrar os próprios recursos financeiros. Eles devem ser independentes e, simultaneamente, conhecedores de seus limites.

De modo geral, como pai atencioso, o nosso autor deseja ter a tranquilidade advinda de saber que, quando ele não estiver mais nesse mundo, seus filhos ficarão bem, trilhando os caminhos que cada um escolheu para si.

Há certas coisas que só percebemos com o passar do tempo, enquanto outras podem ser alteradas a partir deste exato momento. Se você tem filho(s) ou filha(s), reflita sobre suas escolhas e atitudes, sem receio de voltar atrás para fazer tudo de novo (se julgar necessário). 

Como pai ou mãe, cabe a você pedir desculpas, assumir as culpas e sempre tomar a iniciativa. A distância que separa o que você almeja e sua atual realidade reside na postura adotada.

Por mais que essa afirmação possa soar, de certo modo, assustadora, todas as pessoas que colocaram filhos nesse mundo são totalmente responsáveis por sua formação. Logo, devem auxiliá-los a encontrarem seus próprios caminhos.

Conhecimentos básicos de negócios

Apesar de parecer óbvio, esse conhecimento é, frequentemente, negligenciado. Há poucas pessoas que se formaram em universidades e escolas que ensinaram como transformar suas ideias em bons negócios.

Aprender esse fundamento é crucial, pois o seu filho necessita, pelo menos, saber como criar estudos para verificar a viabilidade ou gerenciar orçamentos, quando precisar tomar decisões acerca de seus próprios empreendimentos.

Criatividade para inovar

A habilidade de criar soluções para antigos problemas é uma característica comum dos vencedores. Qualquer indivíduo pode desenvolver o pensamento crítico, enxergando aquilo que a maioria não vê e aprendendo os pilares da inovação.

Outro traço valioso é a curiosidade. Sem ela, não haverá o impulso necessário para inventar e experimentar coisas novas. Esses elementos devem ser cultivados em idade precoce, além de nutridos continuamente. Desse modo, os seus filhos conseguirão, no futuro, causar impactos significativos em suas vidas.

Fortalecimento emocional

Quando, eventualmente, as coisas não saírem conforme o planejado, seu filho estará pronto para lidar com as consequências psicológicas? Você e ele estão preparados para lidar com situações de fracasso?

Em paralelo ao desenvolvimento da criança, é necessário trabalhar a resiliência e o senso de otimismo. Esses componentes fortalecem o lado emocional, ajudando o seu futuro adulto a lidar com adversidades.

Se, em algum momento, forem derrotados, terão a força suficiente para se erguerem e continuarem tentando. Indivíduos com essa característica se adaptam melhor às mudanças e são mais flexíveis. Isso não é por acaso, mas o resultado da autoconfiança e do autoconhecimento.

Agora que chegamos à metade da leitura, vamos nos concentrar em alguns dos aspectos centrais para a criação de filhos bem-sucedidos: a priorização da educação, o desenvolvimento dos talentos naturais, o envolvimento com a comunidade, a importância do dinheiro e a busca de um propósito na vida.

Educação como prioridade

Ao selecionar uma escola, prefira aquelas que demonstram a capacidade de desenvolver o pensamento crítico nos alunos, relacionando-o com aplicações práticas. Os critérios apontados pelo autor enfatizam a necessidade mais informação e treinamento nas novas formas de atuação profissional, tais como o empreendedorismo.

Para Kepler, os países em desenvolvimento devem realizar uma profunda reforma educacional, a fim de atualizar os currículos para o mundo contemporâneo, abordando as raízes de seus desafios políticos, econômicos e sociais.

Envolvimento com a comunidade

Apoiar o próximo e desenvolver o senso de responsabilidade são bons exemplos de como os nossos filhos podem se envolver com a comunidade à qual pertencem, criando impactos significativos e verdadeiros. A centralidade do exercício da cidadania deve ser enfatizada. As crianças precisam crescer sabendo que a vida pode oferecer mais do que um bom emprego ou negócio.

Talento

É um trunfo colaborar para que os filhos aflorem e descubram seus talentos. Uma vez que as profissões do futuro exigirão pessoas com habilidades digitais, analíticas e matemáticas, se você notar que tem pequenos talentos dentro de casa, estimule-os.

Por outro lado, robôs são mais rápidos e precisos que os seres humanos ao tratar com dados, mas não com emoções. Caso o seu filho demonstre altos níveis de empatia, incentive-o.

Isto é, esses treinos vocacionais é uma das funções mais importantes dos pais. Investir no aprendizado de inglês do seu filho é outra dica valiosa oferecida por Kepler. Ele não deve somente aprender a escrever e falar.

É altamente recomendável que seu filho desenvolva a capacidade de pensar e se comunicar em inglês (também, se possível, em mandarim). Muitos especialistas indicam que a geopolítica está pendendo para um domínio asiático – o que, sem dúvidas, será um grande diferencial no futuro.

Necessidades essenciais atendidas

A família representa o primeiro contato das crianças com o que chamamos de “mundo social”. Mais importante: ela deve ser o seu “porto seguro”, local em que sabem que não serão feridas, traídas, decepcionadas ou abandonadas.

O que acontece no cotidiano familiar pode ecoar ao longo de todo o nosso ciclo vital. Mais do que os mesmos sobrenomes, códigos genéticos ou árvore genealógica, essa instituição é única, na medida que seus membros compartilham legados e histórias emocionais.

Em suma, tudo o que vivemos nesse ambiente de profunda intimidade grava um reflexo indelével em nossos genes. De igual modo, fatores como solidariedade, empatia e carinho podem ser herdados.

É por isso que somos mais suscetíveis a reagir com ferramentas adequadas perante as adversidades e a sentir felicidade. Por mais que os seus filhos partam para trabalhar ou estudar fora, se casem com alguém de outra localidade, tais lembranças, mesmo que fisicamente distantes do núcleo familiar, seguirão sempre presentes.

O estilo de parentalidade e a educação recebida definirá tanto a autoestima quanto o âmago da personalidade dos seus filhos. Os impactos positivos são poderosos e intensos, permitindo que, como adultos, ajam com coragem e segurança, sem duvidarem de suas próprias capacidades.

Lembre-se: uma família pode “dar asas” ou “arrancá-las”. O que você mais deseja para os seus filhos, como o antigo ditado, é que o “céu seja o limite”, não é mesmo? Não se esqueça de que errar é normal, porém, acreditar que tudo ficará bem automaticamente é um caminho sem volta. Nunca se esqueça da figura insubstituível que você representa nas vidas dos seus filhos.

Você e seu filho transformando o mundo

Kepler convida-nos à seguinte reflexão: você é um pai (ou mãe) realizado, satisfeito? Se pudesse voltar no tempo, teria feito as mesmas escolhas? Já se arrependeu por não ter, em algum momento, acreditado e investido em uma antiga ideia?

Nunca é tarde para fazer boas e novas escolhas. Assim, o que acha de encarar esse desafio com os seus filhos? Se eles forem estimulados desde cedo a adotarem uma postura empreendedora, certamente nunca ficarão conformados com a realidade.

Dito de outra forma, os seus filhos sempre desejarão melhorar a si mesmos e todos ao redor. Caso já exista, em sua casa, essa prática e consciência, tudo será mais fácil, à medida que será natural agir e pensar fora dos padrões tradicionais de educação.

Segundo o autor, o topo do sucesso de uma pessoa é a autorrealização. Esse estágio, contudo, somente pode ser alcançado após a satisfação das necessidades básicas (de segurança e fisiológicas) e psicológicas (de autoestima e sociais).

Mas, o mundo atual atingiu tal nível de interligação e conectividade que basta ter um celular para suprir diversas necessidades. Nesse processo, a tecnologia contribui para lançar por terra todas as hierarquias.

Esse novo contexto já está posto, não sendo possível alterá-lo. Portanto, é imprescindível trabalhar para que seus filhos estejam fortes psicologicamente e melhor preparados para enfrentar a competitividade dos dias de hoje.

Eles devem crescer com a disposição necessária para criar as suas próprias oportunidades, encontrando um propósito que transcenda a simples adaptação às condições preexistentes e transformando o mundo em um lugar cada vez melhor.

Dinheiro é importante

A dificuldade em assimilar e compreender essa afirmação é, para o autor, uma das razões mais importantes para o insucesso. Muitas pessoas tendem a perder suas referências e se acomodarem, considerando que o dinheiro que possuem não é relevante para a criação dos filhos.

Porém, os recursos financeiros sempre serão importantes. Afinal, o dinheiro permite diferentes experiências (como viagens e cultura), tranquilidade e voos maiores. Não pode se considerar um pai zeloso quem não deseja isso para a sua família.

Até mesmo as pessoas que não vivem “em função de dinheiro” precisam dele para implementar os seus projetos. Trata-se de uma consequência. Em outras palavras, Kepler considera hipócrita quem diz não pensar no assunto ou que não admite que ganhar mais dinheiro é o seu objetivo.

Ainda que o seu projeto na vida seja exercer a filantropia, você precisará, no mínimo, se vestir, se deslocar, morar, comer etc. Tudo isso depende do dinheiro. Evidentemente, não devemos ser escravizados pelo “vil metal”.

Porém, é recomendável usá-lo para adquirir experiências que nos deixem satisfeitos e felizes. Caso o dinheiro não esteja entre as suas prioridades, ficará mais difícil obtê-lo. Com isso, o nosso autor não recomenda que desejemos somente o dinheiro.

Ele indica a necessidade de trabalhar duro e mentalizar para conseguir. Sabemos que as pessoas de grande sucesso não atuam somente por dinheiro. Elas fazem o que gostam. Todavia, não podem prescindir desse elemento.

A despeito de haver outros motivos e fatores para o insucesso, tais como acreditar puramente na sorte, desistir ou não prestar atenção nos detalhes, é imprescindível refletir quais mensagens você transmite ao seu filho nesse quesito.

Notas finais

Cumpre ressaltar, por fim, que, quando alguém consegue alcançar a admiração e o respeito dos outros, a pessoa em questão passa a ser tida como referência pelo que vive ou faz.

Indivíduos assim inspiram, são lembrados por seus resultados e feitos. As histórias de superação, conquistas e sucesso sempre terão notoriedade e espaço em qualquer época.

As exceções são as pessoas negativas, também chamadas de “losers” ou “haters”. Para elas, demonstrar boa reputação ou excelentes resultados não importa, uma vez que elas, invariavelmente, irão contra você.

Felizmente, esse tipo de gente é minoritário, isto é, basta se afastar dele. Em resumo, se os seus filhos não estão satisfeitos com as próprias imagens ou com o que as outras pessoas dizem sobre eles, só há uma coisa que pode mudar esse cenário, qual seja, os resultados que eles precisam apresentar.

Dica do 12’

Gostou do microbook? Então, leia também “O papai é pop” e entenda por que a riqueza material não é uma prioridade para os seus filhos.

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário:

Quem escreveu o livro?

João Kepler é um palestrante, pensador, escritor e considerado o melhor investidor de StartUps de todo o Brasil. É com ele que é possível encontrar investidores de forma mais prática e fácil. Outro livro deste mesmo autor é "... (Leia mais)