Muito Além de Marte e Vênus Resumo - John Gray

Aprenda a aprender de casa! Para você usar o tempo a seu favor! REDUZIMOS A ASSINATURA EM 30%!

Oferta por tempo limitado!

1384 leituras ·  4.6 avaliação média ·  66 avaliações

Muito Além de Marte e Vênus

Muito Além de Marte e Vênus Resumo
Sexo & Relacionamentos

Este microbook é uma resenha crítica da obra: Beyond Mars and Venus: Relationship Skills for Today’s Complex Word

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 8568696635, 978-8568696637

Também disponível em audiobook

Resumo

Muito além de Marte e Vênus

Quando o autor escreveu “Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus”, ele explorou os desafios mais comuns entre mulheres e homens e apresentou soluções para o mundo de vinte anos atrás. Desde então, os relacionamentos mudaram drasticamente. Atualmente, temos mais liberdade para ir além dos estereótipos definidos no livro anterior.

Nossas necessidades mudaram e como ainda não as conhecemos bem, vivemos em um estresse e insatisfação constante. Gray acredita que precisamos de novas análises e que o seu primeiro livro ainda têm muitas lições que são relevantes, elas só precisam ser adaptadas e atualizadas.

Antes de apresentar novas soluções, o autor propõe que recapitulemos os princípios básicos explorados em “Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus”. Revisitando o primeiro livro, Gray lista os 12 principais fatores que levam à discussões em relacionamentos. O autor ressalta que os papéis descritos podem ter sido modificados com as tendências do mundo moderno:

  • Fator 1 - Valores: Marte valoriza a independência, sucesso e realização. Vênus prioriza o cuidado e o compartilhamento no relacionamento.
  • Fator 2 - Lidar com estresse: Marte se distancia e Vênus procura conversar em busca de empatia e apoio.
  • Fator 3 - Dar apoio: Marte apoia o que considera justo e espera receber o mesmo em troca. Enquanto isso, Vênus dá o máximo que pode, muitas vezes se sobrecarregando.
  • Fator 4 - Demonstração de amor: Marte se aproxima e afasta e Vênus sente uma necessidade maior de ligação e proximidade constante.
  • Fator 5 - Marcar pontos: Em Marte, a pontuação é baseada no tamanho da expressão do amor. Por outro lado, Vênus aprecia muitos pequenos gestos de amor.
  • Fator 6 - Humores: Marte costuma ter um humor estável, enquanto Vênus passa por ondas de emoções.
  • Fator 7 - Motivo de Comunicação: Marte conversa para resolver situações, Vênus para se conectar.
  • Fator 8 - Necessidades: Marte pede o que quer diretamente, Vênus espera que suas necessidades sejam garantidas sem precisar pedir.
  • Fator 9 - Intimidade: Marte procura uma parceira que queira e goste de sexo tanto quanto ele. Já Vênus acredita que gestos amorosos são tão importantes quanto o que acontece no quarto.
  • Fator 10 - Solução de problemas: Marte parte para a ação e Vênus valoriza o apoio.
  • Fator 11 - Erros: Marte reflete sobre seus erros e procura corrigi-los. Vênus tenta recompensar dando mais amor.
  • Fator 12 - Felicidade: Marte procura a felicidade em conquistar seus objetivos, Vênus no relacionamento.

Encontrar o equilíbrio para manter a paixão

O autor indica que para manter a paixão no relacionamento é preciso que os dois parceiros consigam equilibrar os seus lados masculino e feminino (Marte e Vênus). Nem sempre esse equilíbrio acontece de forma automática e simples.

Sem entender como chegar a este equilíbrio, passamos a reprimir um de nossos lados, o que acaba levando ao estresse e à estafa.

Do parceiro modelo à alma gêmea

O mundo mudou consideravelmente nos últimos 50 anos, o que aumentou radicalmente o nosso nível de estresse. O que buscamos e queremos em um relacionamento também mudou. Enquanto nossos avós ficavam satisfeitos quando seus parceiros desempenhavam um papel (relacionamento de Parceiro Modelo), atualmente procuramos por relações em que podemos nos expressar livremente (relacionamento Alma Gêmea).

Relacionamento de parceiros modelos x de almas gêmeas

Este tipo de relacionamento se baseia nos estereótipos dos papéis masculino e feminino, sendo que o homem é o provedor financeiro e a mulher é a responsável por cuidar da casa e dos filhos. Nessa relação, os parceiros costumam ser escolhidos pela suas habilidades nos papéis e não pela química romântica.

Segundo o autor, o parceiro modelo favorecia a sociedade, mas frustrava muitos homens e mulheres que precisavam reprimir seus sentimentos por não se encaixar nos papéis que deveriam exercer.

Com a mudança na permissão social de se fazer sexo antes do casamento, homens e mulheres passaram a ganhar tempo extra para se dedicar aos estudos, carreira e à busca por parceiros compatíveis - que garantam maior realização emocional.

Já os casais de hoje (relacionamento alma gêmea) se apaixonam e desejam continuar apaixonados. A busca pelo parceiro não é mais pautada pelas necessidades materiais e sim por uma conexão e intimidade emocional.

Criação ou natureza?

Muitos dizem que é o condicionamento social que determina como vamos expressar nossas qualidades masculinas ou femininas. Nosso equilíbrio individual das duas características é natural, mas o modo que as expressamos é determinado pela criação e estímulos que recebemos. Ou seja, nossas características são as duas coisas: naturais e de criação.

Diferenças atraem e criam paixões duradouras

No início do relacionamento, o casal está convencido de que jamais perderá a paixão. Porém, na maioria dos casos essa paixão acaba, mesmo quando o amor persiste. Ao aprender a expressar nossa individualidade, que é diferente da do nosso parceiro(a), podemos manter a paixão e até mesmo aumentá-la. Assim como acontece com os imãs, polos opostos se atraem, enquanto polos similares se repelem.

Quanto mais próximos somos do nosso parceiro(a), maior influência temos sobre eles. Se a polaridade do nosso parceiro(a) empurra a uma direção não tão saudável, nossa tendência é reprimir a vontade de nos conectar.

Para a mulher, falar sobre os seus sentimentos é uma das formas mais potentes de repor os hormônios femininos e reduzir o estresse. Já para o homem, uma das melhores maneiras de enfrentar o estresse é passando um tempo isolado para recuperar os hormônios masculinos.

Tempo seu, tempo nosso e tempo meu

Para manter a paz e a felicidade durante as mudanças hormonais mensais que acontecem no corpo feminino, é preciso encontrar o equilíbrio entre Tempo Seu (laços no trabalho), Tempo Nosso (laços de casal) e o Tempo Meu (laços sociais e cuidados pessoais).

O desafio é que como os hormônios mudam ao longo do mês, este equilíbrio também está em constante mudança. Entender as diferentes necessidades da mulher durante o ciclo menstrual é importante para ela e para o homem, que não fica frustrado em tentar entendê-las.

Sabendo como recuperar o seu equilíbrio hormonal naturalmente, a mulher pode reduzir sua reação ao estresse interno. Essa atitude também ajuda no relacionamento, já que o homem passa a saber quais são os melhores dias para o romance e o sexo e como ele pode apoiá-la.

O autor separa quais são os melhores dias do mês para ela adotar diferentes comportamentos que estimulam a produção de hormônios. São eles:

  • Tempo Seu: neste momento a mulher se dedica a laços de trabalho. É quando produz testosterona e estrogênio que expressa suas características masculinas com o apoio de seu lado feminino. O Tempo Seu tem melhor poder de equilíbrio hormonal e redução de estresse quando é realizado nos 5 primeiros dias após a menstruação;
  • Tempo Nosso: é quando a mulher se empenha nos laços de casal, produzindo ocitocina e aumentando o estrogênio ao expressar suas qualidades femininas. Durante o sexto e décimo dia depois da menstruação, mais ou menos no tempo da ovulação, estes hormônios atingem o pico no corpo feminino. Essa é a hora de gestos românticos e do Tempo Nosso;
  • Tempo Meu: a mulher está empenhada em laços socais e cuidados pessoais, expressando suas qualidades femininas e masculinas e aumentando os níveis de progesterona. Se a testosterona se esgotou no Tempo Seu, ela vai precisar de atividades mais voltadas para si no Tempo Meu. A época ideal para este momento é durante os 12 a 14 dias antes da menstruação (logo após a ovulação).

Resumindo, as mulheres vivenciam os laços de casais do Tempo Nosso dedicando-se aos seus parceiros e recebendo carinho, compreensão e respeito em troca. Os homens vivenciam os laços de casais do Tempo Nosso dedicando-se às suas parceiras e recebendo confiança, aceitação e reconhecimento.

Quando o homem faz coisas para a mulher não precisa que ela faça mais por ele em contrapartida. Quanto mais a mulher dá valor ao próprio Tempo Meu, mais capacidade tem de apreciar a disposição do parceiro de ajudá–la a ter mais Tempo Meu.

Quando falamos do relacionamento Alma Gêmea, a regra de ouro é que quando o homem ou a mulher sentem que não estão recebendo atenção, amor e apoio suficientes, devem desviar sua atenção para ter mais tempo de caverna ou Tempo Meu.

Ela precisa ser ouvida e ele precisa ser valorizado

As principais reclamações dos homens e das mulheres dentro de um relacionamento são que elas não são ouvidas e eles não se sentem valorizados. Muitas vezes o homem fala demais e escuta de menos, enquanto as mulheres assumem tantos papéis que não sobra espaço para valorizar o apoio do seu parceiro.

A Conversa de Vênus - que já foi descrita acima - é uma forma de a mulher desabafar, reduzir seu estresse, se conectar com seu lado feminino e fazer com que o homem se conecte com o seu lado masculino. Quando a situação é ao contrário e o homem sente necessidade de reclamar, ele primeiro precisa ligar o seu lado masculino para reduzir o estresse antes de compartilhar com a sua parceira.

Para ligar seu lado masculino, o homem pode passar um tempo na caverna ou então dividir esses sentimentos com outros homens. O estresse masculino tende a diminuir quando ele manifesta seus sentimentos para outros homens.

Reclamações no relacionamento

Segundo o autor, os relacionamentos são ótimos no início porque aceitamos os nossos parceiros do jeito que eles são. Com a rotina, assumimos o papel de tentar corrigi-los ou melhorá-los. Este é um veneno que mata lentamente o amor. Quanto mais forçamos o nosso parceiro(a) a mudar, mais relutante ele fica.

Gray dá a dica de reformular as reclamações para pedidos positivos. Por exemplo, de “você sempre esquece de levar o lixo para fora” para “amanhã lembra de levar o lixo para fora? Fica um cheiro ruim na garagem quando passa mais de uma semana lá”.

A forma mais poderosa de apoiar e elevar os níveis de testosterona no homem é estimulando aquilo que ele tem de melhor e valorizando-o. Por outro lado, a mulher se sente valorizada quando o homem passa a vê-la e escutá-la.

O relacionamento sem cobranças

Todas estas novas descobertas e necessidades levam à uma pergunta: como ter um relacionamento livre de cobranças e reclamações.

Reclamar faz parte da vida e muitas vezes é difícil não fazer cobranças. De acordo com o autor, manifestar suas reclamações não é o verdadeiro problema e sim articular as reclamações sobre o seu parceiro para ele mesmo. Homens e mulheres são sensíveis às cobranças e reclamações, enquanto o primeiro se sente controlado, a segunda fica arrasada.

Como ficar sem reclamar é praticamente impossível, temos que arranjar formas de comunicar as insatisfações de maneira que nossos companheiros as escutem e se sintam apoiados e não desvalorizados ou rejeitados.

Por exemplo, se a reclamação é “você anda muito ocupada e não passa tempo suficiente em casa”, você pode transformá-la em um pedido, como: “vamos planejar passar mais tempo juntos. Avise quando puder acertar seus compromissos”.

Em qualquer e todo relacionamento, em momentos diferentes, você será testado para atingir um nível maior de amor, sabedoria e compaixão. Na maioria das vezes que enfrentamos desafios em nossa relação é porque temos expectativas irreais sobre nossos parceiros ou sobre nós mesmos. Aproveite as dicas apresentadas, volte a amar e comece um novo capítulo em sua vida.

Notas Finais

Na obra de hoje, pudemos ter algumas dicas de como melhorar os nossos relacionamentos e não deixar a paixão acabar. Para isso, o autor explicou, de forma didática, as principais características femininas e masculinas e como elas devem ser encaradas dentro de uma relação amorosa.

Dica do 12min

Gostou de saber mais como melhorar o seu relacionamento? Então confira outros livros com o mesmo tema no 12minutos.

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário:

Quem escreveu o livro?

John Gray é um estudioso do comportamento e dos relacionamentos, assim como escritor e autor do presente livro. Outro conhecidos livro que produzira é "Homens são de Marte e Mulheres são de Vênus" - este que é o predecessor do "Muito Alé... (Leia mais)