Enfodere-se Resumo - Caio Carneiro

Aprenda a aprender de casa! Para você usar o tempo a seu favor! REDUZIMOS A ASSINATURA EM 30%!

Oferta por tempo limitado!

406 leituras ·  0 avaliação média ·  0 avaliações

Enfodere-se

Enfodere-se Resumo
Gestão & Liderança

Este microbook é uma resenha crítica da obra: Enfodere-se

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 978-65-80435-34-0

Também disponível em audiobook

Resumo

Assumir a liderança

Para exercer eficientemente a liderança, o autor utiliza 10 pontos de atenção ou conceitos básicos que nunca devem ser perdidos de vista. Esses elementos conferem um norte, ajudando a avaliar como anda sua atuação como líder. São como bússolas que apontam o caminho do sucesso, contribuindo para que você perceba se a sua atuação está sendo eficaz – e ajustá-las quando necessário. São eles:

  1. Reconheça os méritos: todos os líderes devem saber reconhecer o mérito de seus colaboradores. Afinal, um dos aspectos que mais influencia na motivação de uma pessoa consiste no fato de saber que está sendo observada. Isso se torna altamente relevante, sobretudo, quando a fonte de legitimidade do líder é a admiração. É muito gratificante ser devidamente reconhecido por um líder admirado;
  2. Saiba oferecer feedbacks: os líderes precisam dominar essa arte. Ela serve para ajustar o andamento da equipe, corrigindo eventuais desvios de rumo. Entretanto, isso deve ser feito de tal forma que os profissionais se sintam valorizados e respeitados, compreendendo o que precisam corrigir e aceitando bem o que lhes é proposto;
  3. Neutralizar confrontos e solucionar conflitos: os líderes são grandes mediadores de conflitos, a fim de que os colaboradores não percam a uniformidade de objetivos. Ademais, eles são, via de regra, neutralizadores de confrontos, eliminando quaisquer tipos de embates e discórdias;
  4. Saiba pedir por ajuda: os líderes sabem pedir por ajuda, quando isso é necessário. Eles sabem que precisam ter um sistema de apoio sempre ativo, uma vez que todo mundo necessita de auxílio em algum momento. Os líderes têm consciência da existência de muitas pessoas boas, com vontade de contribuir e ajudar;
  5. Saiba tomar decisões: os líderes, nem sempre, tomas as melhores decisões. Contudo, eles não fogem delas. Os líderes podem, até mesmo, cometer falhas ao decidirem, porém, não deixam que outros decidam por ele e, tampouco, abandonam suas decisões;
  6. Assuma suas responsabilidades: os líderes reconhecem seus erros tão rápido quanto possível, pois, sabem que pedir por desculpas não implica em assumir qualquer incompetência, incapacidade ou inabilidade. Eles entendem que se desculpar é, na verdade, um gesto de nobreza;
  7. Seja um líder atuante: não há como influenciar pessoas se você não for alguém que, de fato, pratica aquilo que defende. É imprescindível ser atuante naquilo que você ensina. Para o nosso autor, o exemplo não é, como diz a dita “sabedoria popular”, o melhor modo de ensinar; ele é o único modo possível;
  8. Alinhe os distintos interesses em torno de um mesmo objetivo: os líderes respeitam as individualidades das ambições e sonhos de cada integrante de sua equipe. Eles são capazes de integrar todos em uma mesma meta, fazendo com que os anseios de todos confluam para um mesmo fim, independentemente se os indivíduos querem diferentes coisas;
  9. Seja o maestro das emoções: os líderes sabem ouvir o próximo e, também, se importam com os outros. Com efeito, são hábeis em reconhecer as emoções predominantes em uma pessoa e equilibrar os seus sentimentos;
  10. Seja um ouvinte assíduo: isso significa ser capaz de ouvir, de falar por último, de escutar todos antes de dar as suas opiniões. Isso é, certamente, uma grande vantagem.

Identificar e controlar a ansiedade

A ansiedade pode ser considerada como um estado no qual a mente é tomada pelo medo, ou mesmo pela apreensão, provocada pela imaginação ou suposições de eventos desagradáveis e/ou que envolvam algum tipo de perigo. Com efeito, a ansiedade ocorre ao anteciparmos situações e sofrermos por isso, mesmo que não saibamos se aquela situação realmente ocorrerá.

Controlar a ansiedade é muito importante ou, ao menos, administrar situações nas quais ficamos ansiosos. Carneiro afirma que isso é uma questão do que chama de “lapidação”, isto é, nos aprimorarmos paulatinamente, em uma contínua evolução, a fim de não cedermos à ansiedade perante os desafios a enfrentar e as inevitáveis incertezas.

Precisamos, obviamente, estar cientes e adotar a atitude de buscar ajuda profissional competente, principalmente, nos casos mais complexos e graves em que a ansiedade se manifestar.

Enfoderar a sua autoestima

A partir de uma excelente autoestima você será capaz de visualizar e definir todas as mudanças que pode gerar, acreditando em seu poder de agir e atingir resultados. De fato, a autoestima está estreitamente vinculada à confiança que você tem em si mesmo, isto é, sua autoconfiança.

O mais indicado é que você trabalhe forte no intuito de preservar a sua autoconfiança e a sua autoestima, lembrando que, embora caminhem juntas, ambas não devem ser confundidas. Há uma enorme diferença entre autoconfiança e autoestima.

Esta diz respeito ao modo como você crê que os outros lhe enxergam, qual é a imagem que considera que os demais têm a seu respeito. A autoestima refere-se, ainda, a uma qualidade própria de quem enxerga valor em si mesmo.

A autoconfiança, por sua vez, refere-se ao acreditar em si mesmo. Ela está relacionada com sua crença de estar devidamente preparado para as batalhas que enfrentará. E outras palavras, ela tem a ver com o quanto você crê que outras pessoas seriam capazes de colocar tudo em suas mãos, caso seja necessário.

Acelera

Os resultados alcançados por você dependerão, sempre, do que você decide fazer com que lhe é entregue pela vida. Seja qual for a situação, há diversos motivos de encará-la e agir em diferentes circunstâncias.

O mais interessante, contudo, é que sempre será você mesmo quem escolherá os caminhos que pegará e, claramente, dessas escolhas dependerá a sua qualidade de vida. É crucial entender que o mundo pode realizar tudo por você, exceto a sua parte. O que o autor deseja deixar claro é que agora chegou a sua vez.

A responsabilidade é totalmente sua e o que você fará com as informações recebidas, incluindo as deste microbook, cabe apenas a você decidir. Você tem que entrar em ação. Não se esqueça: não adianta pedir aos céus para conduzir seus passos caso você não esteja disposto a dar um passo em frente.

A responsabilidade sobre seu próprio destino e, também, sobre o legado que deixará nessa vida é só sua. Porém, você terá que enfrentar seus desafios e poderá contar somente consigo mesmo, pois ninguém virá para lhe socorrer.

Trata-se, em suma, do seu poder de realização, de fazer acontecer. Caso deseje um milagre, é necessário que você mesmo se converta nesse milagre.

Notas finais

Pode acreditar: o mundo precisa que você atue mais do que você possa imaginar. Há muitas pessoas que dependem de você, que esperam por seu apoio. São, muitas vezes, pessoas que você nem conhece.

Há muita gente esperando a diferença que você pode fazer, a fim de se inspirar no seu exemplo para acreditar, também, que cada um é capaz. Tenha em mente que nós sempre nos tornamos aquilo que mais admiramos. Nesse sentido, é imprescindível que você, caro leitor, seja a inspiração para fazer acontecer aquilo que muitos buscam encontrar no mundo!

Dica do 12’

Gostou do microbook? Então, leia também “Os 5 desafios das equipes” e aprenda a importância de criar hábitos e rotinas capazes de impedir o surgimento de disfunções que desestabilizam o seu time de colaboradores.

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário:

Quem escreveu o livro?

Caio Carneiro, nascido em São Paulo, empreendedor e muito sonhador desde quando se entende por gente, decidiu viver a vida de maneira intensa aproveitando todas as oportunidades, conquistando assim seu primeiro milhão aos 25 anos de idade, aprendendo em suas experiências que às vezes você ganha e nas outras você aprende. Hoje viaja o mundo inteiro fazendo negócios e contando suas histórias, desde seus primeiros fracassos no mundo dos negócios até a conquista dos seus primeiros milhões na indústria do Network Marketing. Compartilhando todas as suas vivências, erros, acertos e o m... (Leia mais)