Desperte o Milionário que Há em Você Resumo - Carlos Wizard

Aprenda a aprender de casa! Para você usar o tempo a seu favor! REDUZIMOS A ASSINATURA EM 30%!

Oferta por tempo limitado!

3637 leituras ·  4.7 avaliação média ·  677 avaliações

Desperte o Milionário que Há em Você

Desperte o Milionário que Há em Você Resumo
Investimentos & Finanças

Este microbook é uma resenha crítica da obra: 

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 9788573127836

Também disponível em audiobook

Resumo

Existe um milionário vivendo em você, e está na hora de despertá-lo. Organize-se, planeje e poupe para construir seu patrimônio. No fundo, você já sabe como e porque fazer isso. Agora, basta tomar a iniciativa, e com este microbook, você pode começar a fazer isso de forma prática e eficiente.

A procura de uma obra que lhe ajude a melhorar sua saúde financeira? O presente microbook pode lhe fornecer isso, lhe ajudando a chegar ao topo. Ideal para ser lido em momentos de concentração e estudo.

Este é um guia para ter uma vida mais próspera, escrito pelo Carlos Wizard Martins, um empresário, executivo e escritor brasileiro. Detentor do Mundo Verde, uma empresa de produtos naturais da América Latina, assim como muitas outras empresas multinacionais, Carlos Wizard é uma referência, e um milionário que construiu sua própria fortuna. Conheça mais sobre ele e suas dicas nos 12 minutos que seguem.

O amargo sabor do fracasso

Sem você já foi demitido de algum emprego, então, sabe bem os sentimentos decorrentes de tal experiência. Nesse momento de introspecção, é comum que sentimentos de insegurança e medo tomem conta de nós, acompanhados por uma enorme quantidade de dúvidas acerca de nossa própria capacidade.

A sensação de inconformismo perante a presente situação, em uma das tantas encruzilhadas colocadas diante de nós pela vida, faz com que nos vejamos obrigados a sermos resolutos em trilhar um caminho inexplorado, uma vez que permanecer na mesma condição já se tornou insuportável.

Tais momentos trazem a oportunidade perfeita para olharmos no espelho e, assim, avaliar quem somos, contemplando e reconhecendo nosso infinito potencial de realização.

Matadores de sonhos

Enquanto você não parar tudo para alinhar sua mente e seu coração com as leis que geram a riqueza, você continuará sob a influência de indivíduos que, sem nenhuma forma de ambição, aspiração ou entusiasmo, drenam a energia daqueles que ousam sonhar, isto é, os verdadeiros empreendedores.

Afastar-se dessas pessoas ajuda você a evitar sofrer as consequências da dicotomia de desejar algo grandioso e passar seus dias sofrendo e se lamentando com a realidade existente.

Derrota autoimposta

Se você não cultivar a sua mente com ideais de prosperidade e princípios elevados, será difícil superar a miséria, o fracasso e/ou a pobreza.

Muitos indivíduos, inconscientemente, experimentam uma derrota verdadeiramente autoimposta. Isso significa que eles não desejam o bem a si mesmos, desperdiçando energias na tentativa de atrair as consequências de uma atitude mental deletéria e negativa.

Sendo assim, é imprescindível compreender que a sua atual condição social e financeira revela, acima de tudo, os seus mais profundos desejos.

Medo de prosperar

Por mais estranho que pareça, esse medo é comum e bastante real, sendo uma das principais causas que explicar por que há tantas pessoas que são incapazes de avançar financeiramente. Essas pessoas, em geral, pensam: “se enriquecer, vou ser sequestrado, assaltado, talvez assassinado”.

Isso ocorre porque não entendem que o estado de pobreza não é algo natural, mas uma anomalia que subsiste no interior do ser humano, envolvendo seu medo de agir e pensar.

As sete desculpas mortais

Confira a seguir, as sete desculpas mortais, geralmente usadas por pessoas malsucedidas. O autor as chama de mortais devido à sua capacidade de destruir as esperanças, acabar com os sonhos e matar o ânimo transformador de quem ousa construir um futuro melhor.

Desculpa 1: “Aqui nada dá certo”

Os indivíduos malsucedidos não confiam no lugar em que moram, em seu próprio país, estado ou cidade. Sempre afirmam, aos outros e a si mesmas, que “aqui não é bom. Tudo o que se inicia nesta cidade não prospera, pois, não existem boas oportunidades”.

Desculpa 2: “A concorrência é muito grande”

Alguns utilizam a concorrência como desculpa, seja na área empresarial, profissional ou acadêmica. Costumam dizer: “já existem muitos professores, advogados, terapeutas, médicos, engenheiros, dentistas etc.”

Desculpa 3: “É preciso pagar muitos impostos”

Existem pessoas que usam a desculpa dos altos impostos de nosso país, tentando justificar o próprio imobilismo empresarial e profissional.

Essa desculpa carrega um vírus muito perigoso, uma vez que, além, de expor a mentalidade pobre do infectado, revela, ainda, sintomas ainda mais graves, tais como a mesquinhez, o egoísmo e a inveja.

Desculpa 4: “Falta dinheiro”

Na realidade, apenas os que se queixam disso é que se encontram desprovidos de recursos financeiros. Essas pessoas enxergam o mundo com um binóculo invertido. Para elas, as coisas parecem estar muito mais distantes do que na realidade.

Desculpa 5: “Existem crises e incertezas”

Quem usa essa desculpa argumenta que, atualmente, tudo oferece muitos riscos, uma vez que estamos atravessando inúmeras incertezas políticas e crises mundo afora, logo, o momento não é favorável para abrir um novo negócio.

Essas pessoas, talvez, sofreram muito com as crises do passado e não se recuperaram emocionalmente. Porém, não se lembram de que, embora existam pessoas falindo, outros constroem suas fortunas.

Desculpa 6: “Não tenho sorte”

Alguns pensam que o sucesso depende da sorte de encontrar uma oportunidade “de ouro”. Há quem passe muito tempo sem trabalhar e, ainda, se justifica: “não tenho sorte”.

Muitas pessoas assim olham o sucesso dos outros com inveja e ciúmes: “para ele dá tudo certo. Nasceu virado para a lua”, ou então pensam, sinceramente, que “todos os ricos são aproveitadores, corruptas e ladrões”.

Dessa forma, ignoram todas as horas destinadas ao aprimoramento, as decisões tomadas e suas consequências, os desafios enfrentados e superados ao longo da jornada e assumem, para si e para os outros, que seu vizinho de sucesso nunca teve de enfrentar toda uma longa série de adversidades.

Desculpa 7: “ ”

Embora seja a última, está é a mais perigosa desculpa de todas. Uma vez que todos a conhecem bem, o autor não achou necessário escrevê-la. Trata-se da desculpa que cada pessoa utiliza para ainda não ter alcançado o sucesso e a prosperidade.

Uma coisa é certa: essa desculpa se origina no conformismo. Estando profundamente enraizado em nosso ser, torna-se difícil extirpar o conformismo de vez.

As sete chaves de ouro da prosperidade

O nosso autor está plenamente convicto da possibilidade que cada ser humano tem de realizar-se. É por isso que ele divide com os leitores alguns dos aspectos essenciais que o auxiliaram a atingir o sucesso. Trata-se das “7 chaves de ouro”.

Chave de ouro 1: Zere seu passado

Se o seu objetivo é, de fato, se tornar milionário, primeiro você terá que zerar tudo o que já aconteceu em sua vida. É preciso livrar-se de situações que não mais integram o seu futuro, evitando ficar atado a elas e não progredir.

Para começar do zero você precisará:

  • abandonar velhos conceitos;
  • ser perseverante;
  • iniciar no momento certo;
  • começar do estágio no qual está atualmente.

Chave de ouro 2: Sonhe acordado

Todos os homens e mulheres de sucesso compartilham uma natureza comum: a habilidade de sonhar. Esses indivíduos vivem guiados pelos seus próprios sonhos, assim, concebem cenários e contextos que ainda não foram criados, descobrindo trilhas que ainda não foram percorridas e criando serviços e/ou produtos inovadores.

Chave de ouro 3: Deseje empreender para enriquecer

Não é somente o dinheiro que devemos responsabilizar pela prosperidade de um indivíduo. O que pode, de fato, fazer de você alguém próspero, é a sua capacidade e o seu desejo de empreender, ligados ao espírito e à razão bem alimentada com pensamentos elevados e nobres.

Nunca se esqueça da força do desejo. Ele pode construir templos, pirâmides, estádios, pontes, muralhas e rodovias; descobrir novas estrelas, planetas e terras; desvendar os segredos da natureza; criar esculturas e pinturas etc.

Chave de ouro 4: Determine quanto quer ganhar

De forma invisível, todas as pessoas empunham um cartaz no qual está estampado, em moeda, seu próprio valor. Se fosse possível ler os cartazes, notaríamos que eles indicam: um salário, dez salários, trinta salários, e assim por diante.

Por mais que isso, à primeira vista, pareça chocante, é um elemento essencial para você analisar e pensar: qual valor está escrito em seu cartaz? O que falta, antes de tudo, é decidir mudar o valor registrado em seu cartaz.

Se você quer obter diferentes resultados, precisará agir e ser diferente do que tem sido até aqui.

Chave de ouro 5: Divida para multiplicar

Quanto maior for a sua capacidade de ajudar outras pessoas a atingir o sucesso, mais bem-sucedido você será. Para formar um empreendimento milionário, é crucial considerar os benefícios que você fará para inúmeras pessoas. Tal deverá ser a medida do seu êxito.

Quando acreditar suficientemente em si mesmo e no seu potencial de multiplicar, estará apto a dar o primeiro passo, talvez o mais importante: influenciar as pessoas que o cercam, levando-as a abraçarem suas ideias e perseguirem juntas o seu sonho.

Chave de ouro 6: Guarde cada tostão para juntar seu milhão

Se você deseja, realmente, atingir o sucesso financeiro, deve aprender a multiplicar, acumular e guardar o dinheiro que você receber de agora em diante. Lembre-se: uma parte do que você recebe pertence à constituição de sua fortuna e patrimônio pessoal.

Chave de ouro 7: Acredite em sua origem divina

Ao ligar-se à sua origem divina, você obterá mais força para se manter firme na busca por seus objetivos e sonhos. Assim, conseguirá identificar seus dons com maior facilidade e, também, se concentrar em suas prioridades e potencialidades.

Seria, de fato, uma incoerência considerarmos que Deus, enquanto Pai amoroso, Criador de todos os bens, fortunas e riquezas, coibisse os próprios filhos de usufruir plenamente de suas maravilhosas criações.

Chegou a hora da mudança

Você não quer uma vida de privação e sofrimento. Portanto, já está no lugar ideal para mudar o que for preciso para ter a vida que sempre desejou.

Ao iniciar, conscientemente, um processo de transformação, você estará, também, cuidando de sua alma. No início, sentirá instabilidade, insegurança e incerteza, pois, qualquer mudança cria um estágio caótico, seja ele emocional ou físico.

Algumas pessoas dizem: “Devo dar uma guinada de 180 graus na minha vida”. Excelente! O propósito, a intenção e o objetivo estão corretos. Não espere, contudo, que, subitamente, você será a nova pessoa que quer ser.

Ninguém deve ser culpado por sua atual situação. Se a culpa não pode ser atribuída a terceiros, então, talvez exista algo errado em você, em sua forma de agir, pensar, sentir, raciocinar e reagir aos problemas do dia a dia.

Felizmente, você começou a sua mudança positiva: o simples ato de acompanhar este microbook até aqui já é um forte indicativo de sua iniciativa, inteligência e vontade de realizar as mudanças necessárias para despertar, de uma vez por todas, o milionário que há em você!

Notas finais

Para finalizar, vamos garantir que você, estimado leitor e ouvinte, se arme da determinação necessária para colocar em prática tudo o que acabou de aprender. Para efetivamente despertar o milionário que há em você, prometa vencer a si mesmo:

  • fisicamente: pense na ginástica que seu ídolo faz diariamente para manter a forma;
  • emocionalmente: controle suas emoções e suas reações diante de adversidades;
  • nas atitudes: seu dinamismo, positivismo e entusiasmo serão as maiores ferramentas para suas realizações;
  • nas ações: planejar é bom. Organizar-se é recomendável, porém, seja firme na hora de executar;
  • na disciplina: semeie pensamentos e colha ações; semeie ações e colha hábitos; semeie hábitos e colha um caráter; semeie um caráter e colha um destino eterno;
  • em princípios: você só alcançará sucesso duradouro se suas ações forem regidas por princípios dignos, retos e justos;
  • profissionalmente: decida fazer aquilo de que gosta, aquilo que lhe dá prazer, aquilo que eventualmente lhe trará reconhecimento e um retorno financeiro satisfatório;
  • financeiramente: mais importante que ganhar é saber como guardar o dinheiro;
  • mentalmente: como arquiteto de seu destino, utilize a argamassa dos bons pensamentos para construir a obra-prima de sua vida;
  • espiritualmente: procure descobrir o propósito de sua vida, viver em comunhão com o Criador, receber orientação divina e seguir uma vida de fé.

Dica do 12min

E aí, gostou do nosso microbook? Para ser bem-sucedido é imprescindível investir em seu aprimoramento, não é mesmo? Então, não perca a oportunidade de conhecer inúmeros exemplos reais de empresas que saíram do status de medíocres ou até mesmo ruins, para excelentes: leia agora “Feitas para Vencer”!

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário:

Quem escreveu o livro?

Carlos é o fundador do Grupo Multi Holding, detentor do Mundo Verde líder da América Latina no segmento de produtos Naturais, Orgânicos e Bem-Estar, do serviço de pagamento online Akatus e do Vale Presente. Um dos principais empresários brasileiros da atualidade, Carlos Wizard fundou em 1987 a Wizard, rede que alcançou, através do franchising, a liderança absoluta no setor de ensino de idiomas. Mais tarde, visionário, colocou em prática uma das mais agressivas estratégias de consolidação de mercado já vistas no Brasil ao adquirir outras oito redes de ensino, como Yázigi, Microlins e Skill, formando o Grupo Multi Educação. Em 2013... (Leia mais)