Ações Comuns, Lucros Extraordinários

Philip Fisher Também disponível em audiobook: Baixe nosso app para ouvir gratuitamente.

O processo de investir é exigente demais e demanda muito conhecimento e maturidade.

É geralmente mais fácil dizer o que vai acontecer com o preço de uma ação no mercado do que quanto tempo vai levar para que isso aconteça. A outra questão é a natureza inerentemente enganosa do mercado de ações. Fazer o que todos estão fazendo no momento e, portanto, o que você quase que irresistivelmente tem o ímpeto de fazer é, em geral, uma atitude absolutamente errada.

Por essas razões, recomendamos esse microbook para explicar aos investidores os detalhes e princípios de um bom investimento em ações.

Como tudo começa

Você possui algum dinheiro no banco e decide investir em ações. Você pode ter tomado essa decisão por desejar obter um rendimento maior do que teria se utilizasse esse fundo de outra forma ou por desejar crescer com o país.

Provavelmente, seus reais motivos são uma mistura de vários fatores. Entretanto, um único motivo fundamental se esconde por trás disso. Por uma ou outra razão, por meio de um ou outro método, você compra ações ordinárias com a finalidade de ganhar dinheiro.

Portanto, parece lógico que, antes mesmo de pensar em comprar ações, o primeiro passo seja observar quais foram as formas mais bem-sucedidas de ganhar dinheiro no passado.

Esse estudo indica que a maior compensação nos investimentos vai para aqueles que, por sorte, ou por bom-senso, encontram a empresa que, ocasionalmente, no decorrer dos anos, pode crescer nas vendas e nos lucros bem mais do que a indústria como um todo.

O passado nos dá outra dica de como esse crescimento é associado ao conhecimento ligado à organização da pesquisa nas mais variadas áreas das ciências naturais, visando introduzir no mercado linhas de produtos inter-relacionadas e economicamente valiosas.

Por fim, ele nos assegura consideravelmente que, apesar das diversas formas espetaculares de investimentos que existiam há vinte e cinco ou cinquenta anos, existem provavelmente até mais oportunidades disponíveis nos dias de hoje.

Métodos

Muitos investidores não se encontram na posição de fazer, por conta própria, grande parte do que é necessário para tirar o melhor de seus investimentos. Mas eles devem entender completamente o que é necessário e por qual razão. Somente dessa maneira estarão na posição de escolher o tipo de consultor que melhor pode ajudar.

Se fontes diferentes e suficientes de informação sobre uma empresa são consultadas, não há razão para crer que todos os componentes dos dados obtidos devem concordar entre si.

Em empresas realmente significativas, a informação preponderante é tão clara que até mesmo um investidor que seja moderadamente experiente e saiba o que está procurando será capaz de dizer quais empresas provavelmente lhe serão mais interessantes.

O que comprar

Quais atributos deveria uma empresa ter para oferecer uma probabilidade maior de garantia desses resultados aos seus acionistas?

Há quinze questões com as quais o investidor deve se preocupar:

QUESTÃO 1

A empresa possui produtos ou serviços com potencial de mercado suficiente para viabilizar um aumento considerável nas vendas por diversos anos?

Julgar corretamente a curva de vendas de longo prazo de uma empresa é de extrema importância para o investidor.

QUESTÃO 2

A administração está determinada a continuar a desenvolver produtos ou processos que aumentariam ainda mais o potencial do total de vendas caso esse fator de crescimento das linhas de produção mais atraentes no momento já tenha sido explorado exaustivamente?

QUESTÃO 3

Quão são os efetivos esforços da empresa, em pesquisa e desenvolvimento, com relação ao seu porte?

QUESTÃO 4

A empresa possui uma organização em vendas acima da média?

Para um sólido crescimento em longo prazo, a disponibilidade de recursos comerciais consistentes é vital.

QUESTÃO 5

A empresa possui uma margem de lucro considerável?

QUESTÃO 6

O que a empresa faz para manter ou melhorar as margens de lucro?

O sucesso na compra de ações depende do que se passa a saber sobre elas depois que as ações são adquiridas. O investidor de visão deve estar atento à criatividade do trabalho que deve ser realizado com novas ideias para reduzir os gastos e melhorar as margens de lucro.

QUESTÃO 7

A empresa possui boas relações trabalhistas com o seu quadro de pessoal?

Administrações que nada fazem para que os funcionários comuns de uma empresa se sintam queridos, necessários ou participantes do empreendimento em geral não constituem, geralmente, o melhor cenário para o investimento ideal.

QUESTÃO 8

A empresa conta com boas relações com seus executivos?

Se é importante ter um bom relacionamento com os funcionários de escalão inferior, criar um clima adequado na cúpula executiva chega a ser vital.

QUESTÃO 9

A empresa conta com certa “profundidade” com relação à sua gestão?

As organizações em que a nata administrativa interfere pessoalmente e tenta controlar problemas da rotina diária dificilmente são consideradas instituições atraentes na área dos investimentos.

QUESTÃO 10

Quão boa é a autoanálise de custos da empresa e o seu controle contábil?

Nenhuma empresa é capaz de manter o sucesso contínuo por um longo período se não puder analisar seus custos gerais de maneira apurada e detalhada para demonstrar o custo de cada etapa do seu processo operacional.

QUESTÃO 11

Há outros aspectos dos negócios da empresa, peculiares ao segmento de atuação envolvido, que possam dar ao investidor dicas importantes sobre como a empresa pode sobressair-se com relação à competitividade?

QUESTÃO 12

A empresa possui uma estratégia de curto ou de longo prazo em relação aos lucros e resultados?

O investidor que deseja resultados máximos deve beneficiar as empresas com um perfil real de longo prazo no que diz respeito aos lucros.

QUESTÃO 13

Será que, num futuro previsível, o crescimento da empresa exigirá uma parcela maior para investimentos sobre os resumos financeiros positivos a ponto de diminuir a distribuição de dividendos provenientes desse crescimento antecipado?

QUESTÃO 14

A empresa fala abertamente com os investidores sobre os seus negócios quando as coisas vão bem, mas “se fecha” em situações conturbadas e diante de decepções?

Em qualquer hipótese, o investidor deve excluir dos seus investimentos toda companhia que venha a omitir ou reter as más notícias.

QUESTÃO 15

A empresa conta com uma diretoria de integridade inquestionável?

Caso haja algum questionamento sério sobre a falta de um forte senso de gestão administrativa com relação aos acionistas, o investidor não deve considerar a participação na empresa em questão.

E agora? O que comprar?

Um homem geralmente gasta uma pequena fração do seu tempo ou dos seus esforços intelectuais administrando seus investimentos, em comparação ao tempo que ele costuma dedicar ao seu trabalho

O investidor potencial deve começar a rever suas ideias sobre o tempo necessário para detectar os investimentos certos, adequados aos seus objetivos, sem mencionar as características que ele deve possuir se estiver disposto a encontrá-los.

Antes de chegar a uma decisão sobre essa questão crucial, há um aspecto que o pequeno investidor deve encarar condignamente. Essa questão baseia-se no fato de que os únicos recursos cuja utilização ele deve considerar para o investimento no mercado de ações são aqueles verdadeiramente excedentes.

Tempo de compra

Todos os tipos de investidores do mercado de ações devem ter em mente uma ideia fundamental; caso contrário, a constante preocupação da comunidade financeira com as fases negativas do ciclo dos negócios impedirá que diversos investimentos de valor sejam realizados.

Essa ideia consiste no fato de que na segunda metade do século XX a fase atual do ciclo dos negócios é somente uma, com pelo menos cinco forças potenciais.

Todas essas forças, seja pela psicologia de massa, seja pela operação econômica direta, podem exercer uma influência extremamente poderosa sobre os níveis gerais dos preços das ações.

As outras quatro influências são: as tendências das taxas de juros, as medidas governamentais gerais voltadas para os investimentos e para o setor privado, o aumento inflacionário em longo prazo e, talvez, a mais poderosa de todas, as novas invenções e técnicas como elementos que afetam o setor industrial obsoleto.

Essas influências são tão complexas e diversas que o curso mais seguro a ser seguido é aquele que, à primeira vista, parece ser o mais arriscado. Esse curso seria realizar um investimento sempre que o seu conhecimento sobre uma empresa específica puder justificar essa atitude.

A venda

Devem existir três razões para a venda de qualquer ação do mercado que tenha sido originariamente selecionada segundo os princípios de investimento

A primeira dessas razões é óbvia para qualquer um. Ela é identificada quando um erro é cometido durante a compra original, e fica claro que as perspectivas factuais de determinada empresa são, em uma margem significativa, menos favoráveis do que se imaginava

A segunda razão pela qual a venda de ações deveria ser realizada, é quando as escolhas referentes às vendas devem recair sobre as ações de uma companhia que, em razão de mudanças ao longo do tempo, não mais se qualifique, da mesma forma como foi qualificada no momento da compra.

A terceira razão por que as ações podem ser vendidas raramente é justificada e deve ser colocada em prática apenas se um investidor tiver absoluta certeza sobre a sua posição. Ela decorre do fato de que as oportunidades para um investimento atraente são extremamente difíceis de ser encontradas.

Dividendos

Para a grande maioria dos acionistas, independentemente do seu porte, não há como evitar o seguinte fato básico sobre os dividendos.

Se eles estiverem resguardando uma parcela dos seus rendimentos em vez de gastá-la, e se os seus recursos estiverem investidos no tipo certo de ações do mercado, sem dúvida eles estarão numa situação mais privilegiada se as gestões dessas empresas reinvestirem esses lucros em vez de repassá-los aos investidores sob a forma de dividendos que, por sua vez, eles terão de reinvestir da mesma maneira.

Talvez num período de cinco a dez anos, os melhores resultados em termos de dividendos não decorrem de ações do mercado de alta rentabilidade, mas daquelas que contam com um retorno relativamente menor.

Pontos negativos

1. Não compre ações de empresas novas.

2. Não ignore um bom investimento em ações só porque ele é negociado “em mercado de balcão”.

3. Não compre ações apenas por gostar do seu relatório anual.

4. Não presuma que o preço elevado pelo qual algumas ações são vendidas com relação aos ganhos é necessariamente uma indicação de que o crescimento adicional já tenha sido amplamente descontado no preço.

5. Não confunda 1/8 com ¼

A fração extra de um oitavo, um quarto, ou meio ponto a ser paga é insignificante diante do lucro que será sacrificado caso as ações não sejam obtidas.

6. Não exagere na diversificação.

7. Não tenha medo de comprar diante de uma ameaça de guerra

8. Não deixe de considerar o tempo e o preço ao comprar ações em fase de valorização.

9. Não siga a multidão.

Como encontrar boas ações

“Devo comprar essas ações, em especial, ou não?”

O que pode não ser tão fácil de reconhecer é o fato de que decisões devem ser tomadas para que possam ter um impacto tão grande na oportunidade de descobrir investimentos que dez anos depois terão aumentado, digamos, dez vezes o seu valor em vez de um investimento que nem chegou a oferecer o dobro.

O investidor deve tomar decisões sobre as questões nas quais ele deve utilizar o seu tempo disponível e sobre os aspectos que ele deve ignorar, antes de encerrar a sua tarefa de obter uma base apropriada para as suas conclusões.

Notas Finais

Este livro tenta mostrar quais são esses princípios fundamentais, que tipos de ações comprar, quando comprá-las e, mais especificamente, nunca vendê-las – desde que a companhia por trás dessas ações mantenha as características de um empreendimento de sucesso.

Dica do 12min

Conhecer as regras e entender esses erros comuns nada fará para ajudar aqueles que não contam com certo grau de paciência e autodisciplina. Se você quer começar a investir em ações, ler esse microbook pode ser o primeiro passo dessa jornada. Vamos caminhar?

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário: