Viva, Ame, Lidere

Brian Houston Também disponível em audiobook: Baixe nosso app para ouvir gratuitamente.

Brian Houston é o fundador e pastor sênior global da Igreja Hillsong. Seu ministério de louvor é mundialmente conhecido tanto pelo sucesso de suas canções quanto pelas multidões de jovens que são atraídos para os cultos em todos os países em que esta organização religiosa se faz presente.

Neste microbook, Houston apresenta uma abordagem revolucionária para ajudar você a trilhar seu próprio caminho de fé e a usar as orientações de Jesus para se tornar um verdadeiro líder em todos os seus campos de atuação.

Venha descobrir, em 12 minutos, como explorar todo o potencial dado por Deus para que você deixe sua marca no mundo. Boa leitura!

Passo para o grande desconhecido

Muitas vezes fracassamos por ficarmos presos em nosso entendimento, emaranhados por nossos pensamentos, atolados em especulações e probabilidades, empenhando-nos em fazer a vida funcionar, seja de que maneira for. Queremos andar sobre as águas.

O problema é que insistimos em andar sobre as águas conforme o nosso poder. Se colocarmos a confiança em outra coisa, como tecnologia para controlar o clima, dinheiro para comprar um barco maior ou um colete salva-vidas “em caso de necessidade”, então, talvez, possamos conseguir.

Mas não poderemos! No momento em que pensamos que podemos é quando tiramos nossos olhos de Jesus e começamos a afundar!

A vida é uma viagem, um caminho sinuoso cheio de muitas incógnitas. Só é possível navegar por causa do poder e da graça de Deus.

Se você quiser viver, amar e liderar como Jesus, então não haverá outro lugar para viver, a não ser no caminho da fé. Para descobrir o plano de Deus para você, você precisará entrar no grande desconhecido, arriscando tudo o que tem.

Se você sair do barco e seguir o som da voz de Deus, você dará passos que nunca pensou ser possível.

Você começará uma viagem de mistérios, uma excursão para destinos de Deus ainda não especificados. Você começará a viver com a possibilidade de confiar em Deus para fazer o que parece impossível. Você se verá desafiado, animado, experimentado e testado. Você poderá até andar sobre as águas.

Essa é a vida no caminho da fé!

Abençoado para o sucesso

Quando você vive dentro dos parâmetros de sua graça especial, então a vida é livre e expansiva. Você para de comparar e começa a apreciar. A vida abundante que Jesus veio nos trazer liberta cada um de nós dos limites da cultura, competição e comparação.

Podemos ser generosos, inclusivos e cheios da graça, desfrutando o cumprimento do nosso propósito ao amar os outros da mesma forma que somos amados. Quando vivemos pelo favor livre e imerecido de Deus, descobrimos que sua graça é abrangente e toda-suficiente.

Através do poder da sua graça, Deus pode transformar o mais devastador pecado ou fracasso em nossas vidas. Sua graça fornece a resposta para todos os problemas, o caminho através dos obstáculos, o poder que nos capacita a fazer o que não temos poder para fazer.

Quando você está vivendo a vida plena, abundante e ampla para a qual você foi feito, tudo o que você fizer será caracterizado por paixão, propósito, perspectiva e paz.

Você ficará animado por acordar todas as manhãs, ansioso para sair da cama e continuar com o dia que o Senhor fez e pôs diante de você.

Trabalho árduo e obstáculos inesperados não intimidarão ou frustrarão você por muito tempo, porque você sabe que está fazendo o que foi feito para fazer, está sendo você mesmo da maneira mais autêntica, libertado pela graça de Deus.

Assim como Paulo personalizou a graça que ele recebera, você deve aceitar a graça que Deus deu para você.

Quando você vive dentro da sua medida da graça, quando você perde as limitações de viver à altura das expectativas de outra pessoa, então você se sente confortável consigo mesmo e com a vida de uma forma semelhante quando veste suas roupas preferidas.

Deus repartiu a cada um de nós uma medida da graça. Essa medida é tudo o que você precisa para cumprir o propósito de Deus para sua vida.

Pode soar um pouco forçado ou simplista, mas cada um de nós nasce com aptidões exclusivamente adaptadas e habilidades latentes, talhadas individualmente para o nosso propósito único na vida.

Descobrir esse fato e viver nesse poder é o que libertará você para uma grande e expansiva vida — uma vida que você, talvez, só sonha, que você acha que é apenas para os sortudos.

A chave para o futuro que você espera encontra-se em ser fiel com a medida que Deus deu para você.

Essa medida pessoal da graça de Deus dá autoridade e estabilidade para você. Ela não se baseia em quem você é, no que os outros pensam que você é ou em seu desempenho.

Quer você seja uma dona de casa, um líder empresarial, um artista ou um comerciante, ou um pouco de tudo isso, se você está vivendo o que Deus agraciou você para fazer, então você tem o seu apoio, suporte, recursos e favor.

Você passou pelo portal do talvez e entrou no vasto deserto da maravilha! Seguro de si é como Deus quer que você viva a vida.

Descobrindo o seu VOCÊ único

Deus não é esquizofrênico. Ele não criou você de uma maneira para usá-lo de outra. Ele sabia exatamente o que tinha em mente para o futuro quando ele formou você.

Sua palavra nos dá um vislumbre da maneira como Deus criou cada um de nós individualmente, para atuar na esfera ou medida com a qual ele nos encarregou exclusivamente, conforme Romanos, capítulo 12 versículos 3 a 6:

“Porque, pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não saiba mais do que convém saber, mas que saiba com temperança, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um.

Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação, assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros.

De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada: se é profecia, seja ela segundo a medida da fé”.

Quais são os seus pontos fortes? Consegue identificar os dons exclusivos que estão na sua vida? Eles existem, quer você os reconheça ou não.

Veja bem, é fácil encher a mente com o que você não tem e perder de vista o que Deus pode fazer com o que você tem.

Há pessoas que são exclusivamente agraciadas para os negócios, outras para o ministério cristão ou para a maternidade, e a lista continua! Talvez você seja agraciado com o dom da generosidade ou o dom da compaixão, que é o coração que se quebranta pelos feridos e necessitados.

Que belo dom para se ter! A Bíblia diz, na primeira carta de Pedro: “Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus”. Aqui, multiforme significa literalmente “múltiplos” ou “muitas camadas”, a graça “multidimensional” de Deus.

Quer você seja agraciado com o dom da liderança, o dom do atletismo ou o dom da criatividade, somos chamados para sermos bons mordomos e servos fiéis do que está em nossas mãos.

Ninguém está isento, e se você não desempenhar o seu papel, estaremos perdendo a graça exclusiva e os pontos fortes individuais que você traz para o aqui e agora.

Há uma tremenda satisfação que vem por saber que estamos fazendo exatamente aquilo que Deus nos criou para fazer e que estamos sendo obedientes à sua chamada para a nossa vida.

É quando descobrimos nossos pontos fortes e ficamos mais confortáveis na graça que nos foi dada que vemos as promessas de Deus para o nosso futuro amplo e espaçoso começarem a tomar forma.

O mandamento de amar

Quem somos e como nos comportamos importa – e importa grandemente. Pense em como o comportamento e a conduta dos outros afetam positiva ou negativamente você.

Pode ser um determinado professor na escola, que lhe disse palavras de afirmação, as quais lhe deram a coragem para acreditar em você. Talvez tenha sido um pastor ou mentor que andou a segunda milha com você para ajudá-lo a alcançar seu sonho.

Você pode ter lembranças de alguém que falou ou agiu de forma cruel com você, fazendo se sentir insignificante ou inútil. Nunca devemos subestimar o poder que temos uns sobre os outros, sobretudo o poder de nossas decisões de liderança sobre aqueles que nos procuram para receber orientação ou apoio.

Não é que tenhamos de ser uma pessoa perfeita para nos qualificar na vida. De modo algum. Mas temos de ser honestos e educados e viver com autenticidade e aceitar os outros. Jesus disse:

“Ame o Senhor seu Deus com toda a paixão, toda a fé e toda a inteligência’. Esse é o mais importante, o primeiro de qualquer lista.

Mas há um segundo, ligado a esse: ‘Ame o próximo como a você mesmo’. Esses dois mandamentos são o como elos de uma corrente: tudo que está na Lei de Deus e nos Profetas deriva deles”.

Espírito de pioneiro

Quando pensamos na palavra pioneiro hoje, pensamos imediatamente em Amelia Earhart, capitão James Cook, Cristóvão Colombo, Albert Einstein, Steve Jobs e inúmeros outros que mudaram a face da história com seu espírito ousado e curioso.

Suas vidas foram dedicadas à descoberta e movimentos à frente. Walt Disney, um dos pioneiros mais imaginativos do século XX, disse acerca de seu império em crescimento:

“Aqui, no entanto, não olhamos para trás por muito tempo. Continuamos seguindo em frente, abrindo novas portas e fazendo coisas novas, porque somos curiosos e a curiosidade continua a nos conduzir por novos caminhos”.

Esses novos caminhos nem sempre o levaram para o sucesso que está associado ao nome Disney. Em 1927, quando Walt contatou os estúdios da MGM para distribuir Mickey Mouse, disseram a ele que a ideia nunca daria certo, que um rato gigante na tela causaria pavor nas mulheres e crianças.

Ser pioneiro requer coragem, engenhosidade e um senso de aventura. Com o espírito pioneiro deve vir a disposição em fracassar e falhar, mas também a crença inabalável na futura visão a longo prazo.

O pioneirismo não ocorre sem oposição, mas a vida ampla e espaçosa que estamos buscando requer, sem dúvida, que assumamos riscos, saiamos do que é conhecido e contemos o custo entre o conforto presente e a recompensa futura.

Paz como um rio

Não importa quem você seja ou quantos anos de fé você tenha, todos nós teremos dificuldades e provações. Porém, nesses tempos, você descobre que a força de seu espírito e a saúde de sua alma vêm de Deus.

Tais retrocessos têm seu custo, e olhamos para Deus e as pessoas em busca de consolo, mas a Bíblia nos diz para não deixarmos que os problemas do mundo nos destruam: “O espírito saudável vence a adversidade, mas o espírito abatido, como curá-lo?”

Comprometa-se a completar a carreira com Deus, permitindo que a sua graça o carregue, o capacite e o sustente quando você estiver sobrecarregado e não souber o que fazer para prosseguir.

Ficamos no caminho da cura sobrenatural que Deus quer nos dar quando estamos em meio à dor. O que você foca na vida determina se você experimentará ou não a paz de coração.

A Bíblia oferece instruções claras sobre como encontrar e viver em um lugar de paz, assim como mostra também o que nos tira a paz.

Ansiedade e preocupação trabalham em oposição à paz interior. Quando você está preocupado ou ansioso com alguma coisa, mesmo que seja algo que deve ser enfrentado e aceito como um processo, você deixa pouco espaço para a paz de Deus.

A preocupação é um verdadeiro perigo para a saúde. A Bíblia diz: “A ansiedade no coração do homem o abate, mas a boa palavra o alegra”. Ou de acordo com outra tradução bíblica: “As preocupações roubam a felicidade da gente, mas as palavras amáveis nos alegram”.

A paz fluirá como um rio, desde que você não permita que seu coração se endureça e forme uma represa. Preocupar-se é confiar em sua capacidade e não descansar na fé do poder e da bondade de Deus. A Bíblia é inegavelmente clara:

“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes, as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus”.

Se você quiser viver uma vida maravilhosa, espaçosa e abundante como Jesus, especialmente quando a vida fica difícil, então tome a decisão diária de crer em Deus conforme a sua Palavra.

Acredite que a promessa que Ele tem para você é de sucesso conforme você semear as sementes da fé e da paciência. Peça a Deus que ajude você a ser paciente à medida que passar pelo processo da dor e esperar pelas promessas que Ele tem para você.

Peça a Ele que encha você de esperança e confiança, crendo que Ele é um Deus bom que quer coisas boas para você. E peça a Ele também que conceda a você a paz prometida em sua Palavra.

Florescer em liberdade

Você tem de perceber a vitória que Deus lhe dá sobre a vergonha e de aprender a andar de cabeça erguida nas Boas-Novas do evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo.

Ele lhe dá todos os motivos para manter a cabeça erguida, para andar de cabeça erguida e para recusar-se a permitir que a vergonha seja colocada sobre você. Viva livre.

Nós mesmos não conseguimos nos livrar da vergonha que procura nos manter em autoestrangulamento. Cristo quebrou por nós o poder da vergonha: “Portanto, agora, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o espírito”.

Observe a distinção que esse versículo faz. Ele não diz que você não sofrerá tentações nem diz que as coisas não podem ficar feias. Ele diz que não há nenhuma condenação!

A condenação não tem direito sobre você e sua maravilhosa e abundante vida de liberdade em Cristo. Deus quer quebrar o poder da vergonha sobre sua vida. E quanto a você?

Você crê que não tem absolutamente nada de que se envergonhar por causa do que Jesus fez por você? Você ainda está condenando a si mesmo? Talvez você acredite que Deus o perdoou.

Talvez aceite que as pessoas queiram perdoá-lo pelo que você as prejudicou. Mas você está disposto a permitir que a graça de Deus impregne você até aos ossos?

O caminho da vida tem dificuldades próprias sem que o dificultemos mais do que tem de ser. Não permita que o inimigo provoque você com os erros do passado. Deus não se lembra deles. Então, por que lembrar-se deles?

A justiça é o seu dom gratuito. Viva conforme esse dom, mergulhe-se nele e floresça como a palmeira:

  • você vive pela fé, não pela vergonha;
  • você é amado;
  • você é livre;
  • você foi perdoado;
  • a vergonha não tem direito sobre você;
  • você pertence a Jesus.

Lidere corajosamente

Ao andar pelo caminho difícil com os outros, conforme você se apoiar na força deles, permaneça focado no movimento à frente. Aprender com o passado, sim, especialmente se haviam outras escolhas que você poderia ter feito – isso é sabedoria básica.

Mas você também deve aceitar o presente e compreender que não pode mudar o passado. Você deve seguir em frente com coragem, não apressando as coisas, mas também não ficando obcecado pelo trauma que ocorreu.

Uma das melhores maneiras de ir em frente de acordo com o tempo de Deus é concentrar-se em sua bondade. A Bíblia diz:

“Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai”.

Quando ficamos nos torturando sobre o que poderia ter acontecido ou o que poderia ter sido, perdemos o que Deus quer nos dar quando seguimos em frente e também perdemos o que Ele quer nos ensinar no presente.

Quando estamos sofrendo com dor incessante, é tentador seguir o oposto exato dessa exortação. Porque é bom focar nos relatos positivos quando você está cercado por dados negativos.

Não diga que você está focado no ponto de vista de Deus, quando, na verdade, você está olhando por cima do ombro ou olhando para os pés. Olhe para frente! Olhe para cima!

Percorra seu caminho de fé com pessoas que reinicializarão sua bússola espiritual, caso ela se perca. Atravesse as crises com uma coragem e autoridade que direciona as pessoas àquEle que tem as respostas, não àquele que tem os problemas.

Esqueça que Deus ajuda você a passar pelas tribulações. Ele o livrará das circunstâncias atuais e o remirá do sofrimento. Uma das melhores maneiras pelas quais Ele realiza ambos os resultados é através do seu povo.

Quando o caminho fica escuro e você sente vontade de desistir, volte-se para seus irmãos e irmãs, seus companheiros de fé, sua igreja local e apoie-se nessa força. Deixe-os entrar em sua dor e permita-lhes compartilhar um pouco do que você está passando.

É assim que atravessamos as partes difíceis da vida. É assim que crescemos. E é assim que lideramos:

  • viva de forma transparente;
  • ame de maneira autêntica;
  • e lidere corajosamente.

Resistindo à tempestade

Às vezes, não temos escolha, senão nos firmar e deixar que as “ondas” da vida, as circunstâncias imprevisíveis como a doença, a morte, as dificuldades financeiras e a perda inesperada quebrem sobre nós.

Mas então, temos de avaliar os danos, consertar e resolver tanto quanto pudermos para, assim, concentrar a atenção e energias no objetivo ao qual estamos indo.

Temos de verificar se a configuração de nosso coração está da forma que Deus quer para nós, no que Ele incutiu em nós e no que Ele quer desenvolver em nossa vida.

Ao considerar dar o próximo passo e depois o próximo quando o caminho fica difícil, você descobre que tem de fazer uma pausa para reiniciar o curso.

Quando a vida fica difícil e as ondas estão quebrando em cima, você não pode enfiar a cabeça na areia e fingir que nada está acontecendo.

Mas você também não pode permitir que as tempestades da vida virem sua viagem de cabeça para baixo permanentemente. Pode ser tentador parar, dar desculpas e continuar retardando em vez de começar de novo.

A tentação de ficarmos presos no medo e na autopiedade reforça a razão pela qual temos de fazer uma pausa para recuperar nossa visão. Muitas vezes, os obstáculos externos em nosso caminho não são tão pesados como os internos.

Quando estamos lutando com os desafios da vida, a maior limitação que enfrentamos pode vir das questões do coração. Se não estivermos guardando nem protegendo o que Deus colocou em nosso coração, então perderemos a visão e acharemos difícil perseverar.

A visão que você tem para a vida precisa estar protegida em seu coração. Quando você encontra um caminho difícil, é imprescindível manter os olhos no prêmio.

Não há outro nome!

A Bíblia deixa claro que até os demônios têm de reconhecer o poder do nome de Jesus. O seu nome faz com que todos os joelhos se dobrem e todas as línguas confessem a verdade de quem Ele é.

Na cultura judaica, o nome Jesus significa literalmente “Jeová é salvação”, que muitas vezes traduzimos por “salvador”. O nome veio do próprio Deus, quando enviou o anjo para visitar Maria com a surpreendente notícia de que ela seria a mãe do Filho de Deus.

O anjo disse-lhe:

“Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus, e eis que em teu ventre conceberás, e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.

Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai, e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu Reino não terá fim”.

Quanto significado, poder, história e autoridade contidos em um nome! Seu nome tem limitações. Se vivermos de acordo com nossa autoridade e influência, então sempre toparemos com nossas limitações.

É por isso que a única esperança que temos vem do nome de Jesus. O seu nome é a porta apertada, e temos o direito de viver e operar sob esse grande nome que está acima de todos os nomes.

Esta é a melhor notícia possível, sobretudo em relação aos problemas para os quais não temos respostas. Enfrentamos obstáculos na vida e nos sentimos pressionados a sair do caminho fiel de seguir a Cristo.

Chegamos tão perto do que o futuro nos reserva, mas não temos acesso. Não encontramos a trilha que nos leva ao lugar que Deus nos chama para alcançar, nem temos certeza de quais passos dar em seguida. É quando o poder do santo nome de Jesus torna-se nossa chave.

O nome de Jesus é forte e, ainda assim, suave. Feroz e, ao mesmo tempo, gentil. É digno de confiança, sincero, poderoso e misericordioso, e a declaração de sua capacidade ilimitada continua por toda a eternidade.

A melhor notícia de todas é que o herdamos como co-herdeiros, irmãos e irmãs de Jesus. Temos um legado de poder, propósito e possibilidades que mal utilizamos.

A porta pode ser estreita, mas Jesus sempre abre passagem para aqueles que vivem sob seu juramento de salvação, sob sua promessa, para aqueles que viajam pelo seu nome imutável e inabalável.

Você quer saber qual é o caminho para passar pela porta estreita? É o nome de Jesus. Não há outro caminho, não há outro nome!

Invente e invista

Para resistir à tentação de acomodar-se, devemos viver a vida de modo que os frutos do nosso trabalho permaneçam por muito mais tempo após o nosso corpo físico perecer.

Para edificar o Reino eterno de Deus e deixar esse tipo de legado, temos de permanecer pioneiros abastecidos pela graça, comprometidos a explorar o território inóspito ao que Deus nos chama, seja qual for nosso campo específico de atuação.

Cada campo tem seus pioneiros que dedicam a vida e carreira à inovação e experimentação. Pode ser num laboratório ou com um notebook, a céu aberto ou no interior de um escritório.

É assumir o compromisso de ser o melhor que você pode ser no que você foi chamado a fazer. É identificar suas paixões e buscá-las com uma curiosidade vitalícia. É liderar quando seria mais fácil seguir alguém e seguir a Deus quando você quer seguir seu próprio caminho.

Os pioneiros assumem riscos e dão os primeiros passos em direção a uma nova descoberta, muitas vezes desconhecida. Eles inventam o que precisam enquanto vão usando os recursos que Deus oferece e não se concentrando no que não têm.

Entram em algo novo e acreditam que Deus cumprirá o que prometeu e fornecerá os recursos necessários para realizar as possibilidades de chegarem à grandeza de suas vidas.

Inovar, não se conformar com menos, significa permitir que Deus expanda sua imaginação, aumente sua sabedoria e multiplique seus recursos, de modo que suas energias sejam sustentadas e ampliadas.

Não para sua própria glória, mas, sim, para a glória de Deus. Quando você serve a Deus e vive uma vida significativa, essa condição não só abençoa você, mas também oferece oportunidades para que outros sejam abençoados também.

O melhor da missão de Deus é quando estamos satisfazendo a sede profunda e a necessidade contínua que há na alma humana.

Nos conduzindo a uma vida significativa não em prol de nossa fama e realização, mas, sim, para que possamos levar os outros a casa – a casa que é a casa de Deus, a igreja, aqui na terra, e a casa que é o lar eterno que nos espera no céu.

Enquanto você seguir a chamada de Deus para sua vida e manter-se fiel ao pioneirismo maravilhoso do Espírito Santo, sua vida transbordará de alegria, significado e também do melhor de Deus.

O Poder da parceria

O sucesso individual é uma ilusão. Todo aquele que reivindica crédito exclusivo pelos sucessos da vida permite que o orgulho o engane.

Por trás até dos triunfos mais aparentemente individuais, existem treinadores, professores, conferencistas, familiares, amigos, mentores, uma oportunidade criada pelo outro. A confiabilidade nos direciona para a comunidade e não nos afasta dela.

É na comunidade que descobrimos as necessidades dos outros e respondemos sendo mordomos seguros e confiáveis do que nos foi dado, bons administradores de nosso chamado santo.

O resultado é ações de graça e comunhão com Deus. Quando temos um relacionamento com o Pai celestial, Ele nos dá seu Espírito para nos capacitar e equipar para fazer o que Ele faria.

O fato é que o nosso Deus é Todo-soberano, Todo-poderoso e capaz de fazer absolutamente tudo. Mesmo assim, Ele ainda escolhe nos usar, e depender de nós.

Quando dependemos e favorecemos os outros, quando abrimos nossas mãos e abrimos nossa vida, Deus sorri. Porque Ele vê que aprendemos algo sobre quem Ele é e sobre quais são suas intenções.

O sucesso e eficácia na vida, amor e liderança dependem de sua capacidade de entrar em parceira com pessoas estrategicamente colocadas ao seu lado para a realização da aventura, pessoas que querem e podem carregar a visão, correr a corrida e servir Jesus juntos.

Um tipo robusto de fé

Para que a fé aguente durante o longo percurso e em meio a contratempos e desafios, temos de exercitá-la e fortalecê-la. O tipo de fé necessária para suportar os mais duros golpes da vida tem de ser forte, musculosa, robusta e resiliente.

A palavra robusta significa “forte e saudável; resistente e vigorosa”. Assim que tomamos a decisão de seguir Jesus e viver a vida cristã, negligenciamos a necessidade permanente de exercitar e praticar o que cremos.

Mas nossos músculos espirituais são muito parecidos com os músculos físicos, os quais precisam de desenvolvimento para regularmente crescer e permanecer fortes e saudáveis.

Sem exercício físico regular, os músculos atrofiam, encolhem-se e enfraquecem-se até não funcionarem corretamente. Se não exercitarmos a fé diariamente, ela se tornará fraca, flácida e incapaz de resistir às provações e tentações que inevitavelmente enfrentaremos.

As pessoas que fortalecem a fé e crescem no amor e confiança em Deus sabem que precisamos ter o foco certo. Elas sabem que temos de manter a fé em Jesus, e não em outras pessoas, ou nos bens materiais, ou mesmo na igreja.

Fundamentada em sua relação com Cristo, a fé aumenta ao longo do tempo com cada novo desafio, batalha ou obstáculo que você enfrenta. Você aprende a confiar em Deus acima do que você pode ver, sentir, conhecer ou imaginar.

Especialmente quando o impensável acontece, você tem de confiar em Deus para prover algo igualmente inimaginável, algo maior do que você pode ver segundo sua perspectiva atual.

Por que seríamos chamados de vencedores se não houvesse nada para vencer? Se a vida não tivesse obstáculos ou desafios, a fé não teria efeito. Não desanime quando encontrar dificuldades.

As Escrituras Sagradas dizem que o poder de Deus se aperfeiçoa na nossa fraqueza e que nossa fé será provada pelo fogo.

Dúvidas e decepções

Deus não nos desaponta. Nossas percepções e expectativas limitadas nos desapontam. Não, não é Ele que nos desaponta; é Ele que nos aponta para um futuro glorioso.

Ele tem um plano designado para a sua vida, um propósito para o seu tempo aqui na terra. A diferença entre nosso desapontamento pessoal e nossa designação dada por Deus pode ser grande, e é nessa lacuna que vemos o relacionamento de Tomé com Jesus sendo testado.

Como seguidor de Cristo, ele ouvirá o Mestre falar todas as palavras que conhecemos e outras que não conhecemos. Tomé testemunhara milagres, curas, transformações e encontros impactantes.

De repente, tudo desceu morro abaixo – os poderosos perseguidores, a prisão de Jesus, sua crucificação e enterro. Parecia mais um sonho lindo que, subitamente, evaporou-se na cruel luz do dia.

Agora, há um boato circulando que diz que o corpo de Jesus não está no túmulo, que Ele ressuscitou. Tomé, porém, como os outros discípulos, deve ter se sentido suspenso no espaço entre o desapontamento humano e a designação divina.

Não há nada como a decepção e a desorientação para revelar até que ponto estamos firmemente ligados ao senhorio de Cristo, à designação de Deus, e entregando cada parte de nossa vida a Ele.

Destranque o futuro

Quer você admita ou não, as sementes para o seu futuro glorioso já foram semeadas. Suas diversas experiências de vida, relacionamentos e até mesmo os erros contribuem para fertilizar as sementes do propósito.

O desafio para a maioria das pessoas é tirar a diferença entre o que está à mão e o que está no coração.

Parece uma distância intransponível entre o compartimento de trabalho e o escritório de luxo, entre pintar paredes e pintar retratos, entre escrever os textos publicitários e autografar os exemplares do seu best-seller.

A distância não é tão grande como parece. A rota de Deus para o seu futuro glorioso vale-se do exclusivo senso de direção de Deus, e não a rota lógica e direta que você pode visionar.

Não ignore o que lhe é familiar e até mesmo tedioso. Você já é especialista em muitos campos e métodos, quer perceba ou não. Canalize sua frustração trabalhando no balcão de fast-food pensando em novos e melhores métodos de atendimento ao cliente.

Considere as limitações de sua fonte preferida nas mídias sociais e melhore-as. Identifique o que você mais gosta ao administrar sua equipe e veja se você pode especializar-se nisso.

Mostre alegria e satisfação com o bom andamento de sua casa e seja generoso com os recursos que você tem. Existem inúmeras maneiras de transformar o cajado que está em sua mão em um pára-raios do poder e do propósito de Deus.

Infelizmente, quando tentamos alinhar nossa chamada com nosso propósito, um senso de direito se instala. Nós nos aferramos ao prêmio maior em detrimento dos nossos talentos atuais.

A Palavra de Deus é consistente com o princípio da mordomia: “Quem é fiel no mínimo também é fiel no muito”. Se você não estiver disposto a começar pequeno e crescer a partir do que lhe foi dado, então você permanecerá frustrado.

Sua visão de organização global começa ao nível das bases. Seu empreendimento comercial internacional começa com a forma como você conduz seu início independente.

Sua família amorosa e coesa começa com pequenas decisões, como estar em casa cedo para comer as refeições juntos. Você não pode esperar estar no topo do seu negócio e obter os resultados que você deseja se você não se puser a trabalhar.

Deus quer que você se envolva plenamente com os recursos e habilidades que Ele confiou a você. Ele quer que você os invista e produza um retorno maior para o Reino, e não que você os enterre ou os utilize para propósitos próprios.

Agora é a hora de tirar a diferença entre onde você está no presente e onde Deus está chamando você para estar no futuro. A porta de entrada para o seu futuro glorioso já deve estar aberta.

Só falta mesmo você empurrar a porta e entrar. Se você estiver frustrado por sonhos não realizados e decepções contínuas, então peça a Deus para revelar os próximos passos.

Peça a Ele que transforme o cajado que está em sua mão na chave para destrancar o seu futuro. Não tente saltar longe demais muito cedo. Peça a Deus que lhe mostre o passo de hoje, a primeira prioridade para mantê-lo avançando.

Bondade e misericórdia

Pense sobre o local onde você atualmente se encontra. Talvez um sonho tenha definhado ou um tempo outrora promissor tenha terminado em decepção. Talvez você tenha perdido a pessoa ou então a possibilidade mais preciosa.

Você sente vontade de desistir, incapaz e indisposto de crer que o futuro pode ser alegre outra vez. Esses são os momentos nos quais devemos buscar a paz de Deus.

Quando você se depara com uma situação impossível, lembre-se de que você serve um Deus para quem todas as coisas são possíveis. Peça a Ele que lhe dê paz e segurança, do tipo que “excede todo o entendimento”, do tipo que não faz sentido dadas as circunstâncias.

Quando você se sentir como se estivesse sendo mantido em cativeiro pelo medo, ore pela paz do lugar onde você está e pelo que você está enfrentando. Retenha a confiança com que começou quando se tornou participante do evangelho, perseverando até ao fim, crendo que o futuro será melhor.

Escolha ver o aqui e o agora como o lugar onde Deus o colocou e o abençoará, exatamente como fez com os israelitas. Seu presente, bem como seu futuro, não é desconhecido para Deus.

No meio de nossos pontos finais, nem sempre podemos ver, mas Deus tem essa maneira incrível de fazer as coisas funcionarem do seu jeito.

Só porque algo acabou, não é o fim! Quando Jesus disse que estava consumado, seu sacrifício foi concluído, mas sabemos que não foi o fim. Algo pode ter acabado em sua vida hoje, mas a obra de Jesus em sua vida está longe de terminar.

Tudo para a glória

Por último, mas certamente não menos importante, que estejamos vivendo em lugares amplos e espaçosos ou então navegando pelo caminho estreito, viver, amar e liderar como Jesus não diz respeito a nós. Diz respeito a dar glória ao Pai.

Pouco importando o que estivesse fazendo, Jesus sempre refletia o poder, a honra, a bondade, a graça e a santidade do Pai. Ao recrutar pescadores para serem seus seguidores, Ele deu glória a Deus. Ao curar um cego, deu glória a Deus.

Ao ensinar na sinagoga, deu glória a Deus. Na vida e na morte, deu glória a Deus em todas as coisas e, por sua vez, revelou como Deus usa todas as coisas para realizar o seu bom propósito.

Somos instruídos a fazer o mesmo, revelando a luz que há em nós pela forma como conduzimos a vida.

“Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá, para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o poder para todo o sempre.”

Quando as coisas estiverem indo maravilhosamente bem, não nos esqueçamos de dar glória a Deus, e quando as coisas estiverem indo terrivelmente mal, também não nos esqueçamos de dar glória a Deus.

Isso porque é incrível como Deus encontra a glória nas piores circunstâncias, desde que confiemos nEle e o coloquemos em primeiro lugar.

Notas finais

Se você estiver em busca de sua chamada ou perseguindo de todo o coração o propósito de sua vida, se você se encontrar envolto nos braços amorosos do Pai celestial ou então de joelhos, desesperado, lembre-se de que Ele é o Deus onisciente, onipotente e sempre gracioso.

Permaneça nesse caminho. Siga Jesus, e o Senhor o coroará com a sua bondade. Você tem uma herança incrível no nome de Jesus, uma montanha para subir e um caminho para desbravar como pioneiro.

Você tem um caminho de fé que é todo seu, uma zona de graça que espera que você ocupe. O caminho árduo e a vergonha do seu passado não são páreos para o nome de Jesus, para o seu poder de cura e para a sua chamada santa.

Os dons e talentos únicos que você tem foram devidamente talhados para trabalhar o propósito de Deus nesta geração, e sua vida ampla, espaçosa e ordenada por Deus está esperando que você participe dela agora mesmo!

Viva, ame e lidere como Jesus, e sua vida na terra e no céu refletirá a glória contínua de Deus em todas as coisas! Não há dúvida de que o seu melhor ainda está por vir!

Dica do 12’

Leia também “Não Tenha Medo de Ser Chefe” e aprenda ver a liderança não como um fardo ou uma obrigação desgastante, e sim como uma oportunidade valiosa de ser útil, contribuir para aumentar a produtividade de sua equipe e ajudar seus subordinados a conseguir aquilo que querem!

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário: