Talento Não é Tudo

John C. Maxwell Também disponível em audiobook: Baixe nosso app para ouvir gratuitamente.

Talento, inteligência e conhecimento são a chave para o sucesso, certo? Segundo John C. Maxell, errado!

A inteligência não é, por si só, garantia de eficácia. Prova disso é que grande parte das pessoas consideradas de sucesso não estiveram entre as mais bem colocadas no colégio/faculdade, nem tiveram as melhores notas na sua trajetória educacional.

Seguindo o mesmo raciocínio, entender o sucesso como decorrente do talento é algo frequentemente visto. Mas então porque conhecemos tantas pessoas talentosas que não alcançaram o sucesso? Fácil! Porque talento não é tudo!

Levantar voo não é suficiente, deve-se continuar voando

Não pense que o talento deve ser negligenciado. De forma alguma. Ele pode ser responsável por feitos extraordinários, fazendo com que seu detentor destaque-se em um primeiro momento. Porém, essa vantagem inicial dura pouco, quando, em vez de desenvolver o talento, apoiam-se nele.

O fato é que todos possuem algum talento, mesmo que não saibam disso. Encontrá-lo e, ainda mais importante, desenvolvê-lo é um ponto essencial na caminhada rumo ao sucesso. Em vez de trabalhar pontos fracos, foque nas habilidades e as fortaleça cada vez mais.

O desenvolvimento constante transforma suas habilidades em talento extra. Converter talento em resultados só é possível a partir de escolhas e são elas que irão nos distinguir dos outros.

TALENTO + ESCOLHAS CERTAS = TALENTO EXTRA

13 escolhas que podem maximizar talentos – qualquer talento de qualquer pessoa:

  • Acreditar estimula seu talento.
  • A paixão fortalece seu talento.
  • A iniciativa põe seu talento em ação.
  • O foco direciona seu talento.
  • A preparação posiciona seu talento.
  • A prática aguça seu talento.
  • A perseverança sustenta seu talento.
  • A coragem testa seu talento.
  • Ser receptivo ao ensino expande seu talento.
  • O caráter protege seu talento.
  • Os relacionamentos influenciam seu talento.
  • A responsabilidade fortalece seu talento.
  • O trabalho em equipe multiplica seu talento.

“A vida é uma bicicleta de dez marchas. A maioria de nós tem marchas que nunca usamos.” - Charles Schulz

Não foi possível até hoje mensurar o potencial humano. As limitações de uma pessoa, são, em sua maioria, barreiras que ela própria constrói, permitindo que o potencial permaneça inexplorado e desconhecido.

Acreditar no impossível o transformará em possível

Pode parecer clichê, mas acreditar e ter fé na sua missão fornecerá a coragem necessária para continuar. Da mesma forma, dará forças para pular obstáculos e contornar dificuldades. Se você espera fracassar, fracassará. Do contrário, se espera ter sucesso, o sucesso baterá na sua porta.

A fé por si só não é capaz de gerar resultados, ao contrário das boas ações. Se você acredita em algo, acaba criando expectativa, o que o leva a executar boas ações e, na prática, são elas as responsáveis pelos resultados.

O entusiasmo ilimitado de pessoas apaixonadas

A equação é simples: pessoas apaixonadas com talentos limitados > pessoas passivas com talento notável. A paixão fomenta a energia geradora do entusiasmo necessário para agir e obter os resultados necessários. Em relação à carreira, a equação permanece igualmente verdadeira. É o desejo que fortalecerá o talento.

O que faz você cantar?

O que faz você chorar?

O que faz você sonhar?

A paixão é capaz de fazer alguém passar do nível médio para a excelência ao derrubar as limitações e fazer desaparecer as impossibilidades.

Como incendiar sua paixão

  • Priorize sua vida de acordo com sua paixão: isso pode significar correr riscos necessários para seguir um sonho.
  • Proteja sua paixão: como um fogo, a paixão precisa ser alimentada para mantê-la viva e protegê-la dos “apagadores de fogos” ou aquelas pessoas que, além de não incentivarem, desestimulam com ideias depreciativas e desencorajadoras.
  • Vá atrás de sua paixão com tudo o que você tem: acreditar no seu sonho e usar seu entusiasmo para fazê-lo dar certo é mais de meio caminho andado para o sucesso.

Não deixe que o medo paralise suas ações. Sua presença é uma proteção fundamental na hora de correr riscos e tomar decisões importantes rumo ao seu sonho. Apenas não deixe que o medo tome proporções paralisantes e nem, por causa dele, espere o momento perfeito, pois pode nunca chegar. Faça, mesmo que os medos lhe rodeiem e as dúvidas pareçam sufocar. O primeiro passo se torna primordial para a quebra das limitações colocadas antes da jornada começar.

A iniciativa impede o acúmulo de tarefas necessárias capaz de criar uma barreira de dificuldades. Agir fará com que o muro das limitações seja destruído aos poucos e evitará que outro seja construído. Para agir, de fato, é preciso enxergar as consequências do não agir.

“Para movermos o mundo, precisamos primeiro nos mover.” - Sócrates

Aceitar a responsabilidade de sua própria vida é o primeiro passo para fomentar o talento extra. Mostre iniciativa quando o momento parecer desfavorável da mesma forma que mostraria quando tudo parece estar ao seu favor. Não espere que a vida seja justa, porque ela, muitas vezes, não é. Livre-se das desculpas que o fazem não agir. Para isso, entenda, primeiro, o que o impede de se mover. Feito isso, volte-se para as principais razões para agir e foque nos benefícios de completar uma tarefa, seja um benefício financeiro, uma ação que abrirá portas para seus sonhos etc.

Tarefas grandes demais podem ser desanimadoras, tornando-se facilmente um objeto de protelação. Divida-as em ocupações menores e perceba que parte de sua magnitude se perderá. Separe por categorias, levando em consideração o grau de importância. Isso fará você entender como cada subcategoria deve ser executada, quando, por quem e por quê. A fim de organização, crie metas e prazos para você e sua equipe.

Ter muitas opções também paralisa

Em uma cultura onde há muitos caminhos a seguir, o comportamento de ficar parado é mais comum do que se imagina. Da mesma forma, gastar energia com muitas atividades que, na verdade, possuem pouca importância, acaba anuviando as possibilidades que vão ao encontro dos seus desejos reais.

O foco aparece como um aliado na hora de escolher um caminho a seguir e fazer escolhas coerentes entre si. Para isso, concentrar-se em um determinado ponto e não desviar a atenção é essencial. Com um alvo estabelecido, a energia é revigorada e direcionada para o lugar certo. Pense que, quando você está pretendendo comprar um modelo de carro, ele começa a aparecer em todos os lugares. Aquilo que você foca se expande ao estreitar a visão e ampliar a perspectiva. Foque sempre no presente, onde você detém total controle e seu amanhã será promissor. Pessoas de sucesso não se prendem ao passado, aos fracassos, a vinganças. Elas esquecem.

Preparação e prática

Para alcançar o tão cobiçado sucesso é preciso de disciplina para se preparar para o mesmo. A falta de preparação é uma das principais causas do fracasso, pois requer muito mais tempo e paciência do que a própria ação em si. É a preparação que permite às pessoas usarem seu talento. Para isso, deve-se ter em mente algumas questões:

  • Que trabalho deve ser feito?
  • Como ele deve ser feito?
  • Quando ele deve ser feito?
  • Onde ele deve ser feito?
  • Com que rapidez ele pode ser feito?
  • Do que preciso para fazê-lo?

Com uma preparação adequada, o talento é maximizado, alcançando o maior efeito possível. Tenha em mente que se trata de um processo contínuo e não de um comportamento único e imediato.

“Sorte é preparar-se para aproveitar a oportunidade.” - Oprah Winfrey

O problema não é a falta de oportunidade e sim a falta de preparação para perceber e aproveitar quando ela chegar. Porém, não caia no erro comum de permanecer se preparando e esquecer de agir. De nada vale um papel cheio de direções sem nenhuma decisão tomada. A preparação não significa o conhecimento de todos os fatos. Ela deve promover a autoconfiança e motivar a ação.

Primeiro, comece com uma avaliação de onde quer chegar e o que é necessário para isso, levando em conta suas limitações pessoais, os custos e o tempo que isso levará. A preparação irá posicionar o talento, mas será a prática a responsável por aguçá-lo.

Seja para aprender novas habilidades ou refinar velhas aptidões, a prática é fundamental para o desenvolvimento e superação de seus próprios recordes. Cada execução proporciona descobertas que permitirão o aperfeiçoamento da técnica. O processo do aprimoramento aparece lado a lado com fracassos e erros, pois é este o momento de arriscar. Pense na prática em termos de descoberta e desenvolvimento, isso auxilia a não desanimar no meio do processo. Ela pode parecer maçante por causa da disciplina necessária, porém quando se torna um hábito e o trabalho árduo torna-se visível, a motivação frente ao caminho já trilhado não permite a desistência.

Os cinco pilares da prática

  • Professor ou técnico excelente: praticar sob a liderança de um bom professor é inspirador. Ao enxergar os pontos fortes e fracos, é possível adequar as técnicas de ensinamento para aprimorar a prática.
  • Seu melhor esforço: só é possível ajudar quem se ajuda.
  • Um objetivo claro: estabelecer o objetivo da prática é essencial ao focar na excelência, levando sempre em conta nosso próprio potencial.
  • O maior potencial: lembre-se que a mesma prática não significa o mesmo resultado e o que difere é o potencial de cada um. Encontrar o seu potencial é essencial para focar no caminho certo e não perder tempo com habilidades que poderá ser mediano. Descubra seu potencial e comece a praticar a partir daí. Transforme-o em excelente.
  • Os recursos certos: as ferramentas para cumprir o objetivo são indispensáveis. O que adianta ter um carro de corrida e um piloto se não tem gasolina?

Há, ainda, um sexto pilar capaz de tirar alguém do lugar comum: “fazer um pouco mais de esforço”. Faça além do que exigem e ofereça um extra. Reserve um pouco mais de tempo do que o necessário para a prática. Peça um pouco mais de ajuda e ofereça/receba ajuda, ideias e críticas. Mude um pouco mais e permita que sua rotina diária seja alterada conforme a necessidade. Vá atrás de mudanças a ponto de resolver seus problemas, melhorar suas circunstâncias, faça algo novo e entenda a mudança como algo útil.

Você tem resistência?

Alcançar o objetivo requer perseverança. Você precisa estar determinado a chegar ao sucesso e não destinado a ele. Os melhores empreendedores não esperam o sucesso chegar, mas sim continuam a procurá-lo com determinação e afinco.

Entender que a trajetória é feita por pequenos espaços que, juntos, vão longe é essencial. Pequenas vitórias, cada uma com seus desafios. Pense que nenhuma das pessoas de sucesso desistiu e nem tomou atalhos.

Uma batalha por dia é travada e a perseverança aparece junto com o cansaço, impedindo-o de parar e exigindo tudo o que temos. Eis aqui 5 inimigos da perseverança:

  • Estilo de vida com base na desistência: pular de uma tarefa à outra sem terminar nenhuma não é uma atitude coerente com quem procura o sucesso.
  • A crença de que a vida deveria ser fácil: é importante ter as expectativas certas para não desanimar diante do primeiro obstáculo.
  • A falsa crença que o sucesso é o destino: o sucesso de ontem não garante o sucesso de amanhã.
  • A falta de resiliência: ser flexível diante das adversidades e não se permitir quebrar, fortalecerá a trajetória.
  • A falta de visão: envolve a criação mental.

No caminho, você precisará de coragem para levantar e se pronunciar da mesma forma que precisará ser corajoso para sentar e ouvir. Abrir mão do familiar e confortável garante expandir horizontes e possibilidades. Permanecer na zona de conforto acaba criando a sensação de estagnação, dificultando o progresso. O medo irá aparecer sempre que você tomar a iniciativa que agir. Ignore-o e conte com a coragem. Tenha consciência do que deve ser temido e do que não. Essa racionalidade ajuda na hora de avaliar a extensão do medo, suas causas e fundamentos.

Tenha coragem

A coragem é necessária no dia a dia, nos comportamentos que tornarão possível a escalada para o sucesso. Trate os outros melhor do que eles lhe tratam. Essa atitude, além de não afastar relacionamentos e oportunidades, as cria. Focar nos erros cometidos contra nós revela falta de maturidade. Saber se relacionar e, logo, saber perdoar, constrói laços importantes na jornada profissional bem-sucedida.

A dupla adversidades + progresso andam juntas. Não espere desenvolver-se sem encontrar obstáculos no decorrer do caminho. Da mesma forma que a trajetória rumo ao sucesso, a coragem deve ser vista por pequenas partes, onde passos curtos de coragem irão ajudá-lo a se preparar para as grandes batalhas. Se mudar algo todos os dias, você irá descobrir quem realmente é. A cada ato de coragem os horizontes se expandem.

Competências para liderar com coragem

  • Convicções que são mais fortes do que os medos.
  • A visão que é mais clara do que as dúvidas.
  • A sensibilidade espiritual que fala mais alto do que a opinião popular.
  • A autoestima que é mais profunda do que a autoproteção.
  • A apreciação pela disciplina que é maior do que o desejo de lazer.
  • A insatisfação que é mais forte do que o status quo.
  • O equilíbrio que é mais inabalável do que o pânico.
  • A atitude de correr riscos que é mais forte do que a atitude de buscar segurança.
  • Ações corretas que são mais fortes do que a racionalização.
  • Um desejo maior de ver o potencial alcançado do que de ver pessoas satisfeitas.

Expandindo o talento de forma contínua

O talento deve estar em constante progresso. Um problema comum encontrado em pessoas consideradas talentosas é a pouca vontade de absorver ensinamentos alheios. São essas as pessoas que acreditam tanto no seu talento que acabam negligenciando o desenvolvimento necessário para chegar ao sucesso.

A fome por aprender e crescer é primordial e necessária. Porém, não basta saber a importância da aprendizagem, tem que, de fato, se interessar pelo tema. Quanto maior o interesse em acumular conhecimento, maior será o potencial de crescimento. A educação é vista erroneamente como um período da vida e não como um modo de vida. Enxergar em cada momento uma oportunidade de crescimento é a atitude certa para expandir o seu talento, ou seja, procure e crie momentos de aprendizagem.

Um dos obstáculos à receptividade do ensino é o orgulho, modificando a perspectiva da realidade. Um orgulhoso fecha a mente para novas ideias, bem como para o retorno da equipe. O mesmo não admite erros, logo não aprende com eles. Da mesma forma, não enxerga as próprias falhas, o impedindo de crescer. Derrube seu orgulho e para isso siga alguns passos necessários:

  • Reconheça e admita seu orgulho.
  • Expresse gratidão frequentemente.
  • Ria de você mesmo.

Para saber se você está realmente propenso ao aprendizado, responda às seguintes perguntas:

  • Estou aberto às ideias de outras pessoas?
  • Ouço mais do que falo?
  • Estou aberto a mudar minha opinião com base em novas informações?
  • Admito prontamente quando estou errado?
  • Observo antes de agir em uma situação?
  • Faço perguntas?
  • Estou disposto a fazer uma pergunta que irá expor minha ignorância?
  • Estou aberto a fazer coisas de um modo que nunca fiz?
  • Estou disposto a pedir orientações?
  • Coloco-me na defensiva quando sou criticado ou ouço abertamente a verdade?

Caso alguma resposta tenha sido negativa, você pode crescer quanto à receptividade frente ao ensino.

O caráter do sucesso

O talento por si só não mantém o lugar de liderança. É preciso, além dos aspectos já mencionados, caráter. É apenas ele que guiará os passos certos, evitará atalhos e atitudes antiéticas.

Um forte caráter projeta o talento e o sustenta nos momentos difíceis. Ele se resume a quatro elementos:

  • Autodisciplina – fazer o que é certo mesmo quando não tem vontade.
  • Valores essenciais – são os princípios pelos quais vivemos todos os dias
  • Senso de identidade – saber responder claramente “quem sou eu”. É o senso de identidade que promove a autodisciplina.
  • Integridade – é o alinhamento de valores, pensamentos, sentimentos e ações.

Não há como desenvolver o talento de forma positiva sem o caráter, pois o não alinhamento desses elementos geram uma confusão interna causadora de um desequilíbrio. O que as pessoas sentem, dizem, fazem e dizem fazer deve estar em harmonia. Por isso, o desenvolvimento interno é tão importante antes de almejar algo externo.

É o caráter o responsável por sustentar o respeito e influência; algo que uma posição importante não conquistará por si só. É a chave da longevidade em qualquer carreira/relacionamento/objetivo. Como desenvolver talento extra na área do caráter?

  • Não desista nem se entregue às adversidades.
  • Faça a coisa certa e não o que é oportuno.
  • Assuma o controle da sua vida e não culpe as circunstâncias.

O poder dos relacionamentos

Pode parecer clichê, porém as pessoas que você escolhe se relacionar têm um forte impacto na sua vida. Cerque-se de pessoas positivas que te incentivam a continuar a crescer. Dificilmente o talento é aprimorado quando se está envolto por relacionamentos negativos.

Perceba seus próprios sentimentos diante das pessoas que estão ao seu redor. Sua criatividade fica bloqueada? Você se sente ansioso ao encontrar tal pessoa? Como está sua saúde desde que começou a se relacionar com essa pessoa? Você fica mais autocrítico perto dela?

É importante saber quando alguém está minando sua positividade e roubando sua energia que deveria estar voltada para fortalecer seu talento. Todo relacionamento requer gasto de energia para se manter e fortalecer, porém há relações maléficas em que se afastar é o mais recomendado.

Os relacionamentos podem ser:

  • Superficiais – não requerem nenhum compromisso. Ex: o garçom do restaurante que você frequenta.
  • Estruturados – requer um pouco mais de envolvimento do que os superficiais, normalmente girando em torno de atividades rotineiras. Ex: os pais que participam das atividades do seu filho.
  • Seguros – quando um relacionamento superficial ou estruturado cresce junto como a confiança, fazendo com que queiram passar mais tempo juntos. Ex: amizades.
  • Sólidos – envolve total confiança e confidencialidade. São relacionamentos de longo prazo, caracterizados pela vontade mútua de servir uns aos outros, respeito, experiências compartilhadas e reciprocidade. Ex: cônjuge.

Relacionamentos seguros nos ajudam a ficar mais à vontade com quem somos e descobrir nossos talentos. Já os relacionamentos sólidos, agregam valor para o aprimoramento do nosso talento.

Seja responsável e eleve o seu talento

A capacidade de assumir a responsabilidade é uma característica comum a todas as pessoas de sucesso. Ela maximiza a habilidade e as oportunidades ao fomentar a ação. Do mesmo modo, é capaz de construir, ao longo do tempo, uma reputação sólida.

A responsabilidade continuada gera uma imagem positiva de confiabilidade. Quem possui responsabilidade normalmente quer mais responsabilidade e, desta forma, cria um cenário que expressa sua força e credibilidade perante os outros.

Lembre-se que somente você pode escolher ser responsável. Não culpe os outros ou as circunstâncias pela sua falta de ação. Aja com as ferramentas que tem. Cada decisão responsável que você toma, o torna mais responsável.

Alguns passos são essenciais para aprimorar seu talento extra diante da responsabilidade:

  • Reconheça a autodisciplina como essencial para o sucesso.
  • Sempre que começar algo, termine.
  • Saiba quando os outros estão dependendo de você.
  • Não espere que alguém intervenha ao seu favor.

O poder do trabalho em equipe

Valorizar a equipe e trabalhar junto com ela divide o esforço e multiplica os ganhos. O envolvimento de mais recursos, ideias e energias faz com que um grupo seja superior em termos de eficiência do que um indivíduo.

O potencial de um líder é maximizado e seus pontos fracos balanceados diante de uma equipe. Da mesma forma, quando a responsabilidade por vitórias e derrotas é compartilhada, assumir riscos torna-se mais fácil e derrotas menos dolorosas. Um líder precisa reconhecer pessoas que trabalham com afinco juntas para aglomerar talentos e direcioná-los de maneira correta.

O sentimento de pertencimento acaba por criar uma responsabilidade dos indivíduos perante os grupos a que pertencem, evitando atitudes levianas. A conexão criada pelos membros das equipes gera confiança. Como resultado, tem-se um ambiente em que divergências são enfrentadas de forma saudável, sem dissolver relacionamentos.

Compartilhar vitórias com quem lutou junto com você é mais gratificante do que receber os méritos pelo trabalho feito sozinho. Dê a equipe o crédito pelo sucesso.

Um líder deve ajudar a desenvolver as potencialidades dos membros de sua equipe e a potencializar seus talentos extras. Da mesma forma, deve maximizar sucessos – dando crédito extra à equipe – e minimizar fracassos – tomando para si maior responsabilidade.

Notas Finais

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a falta de talento nunca abaterá o mercado de trabalho. O que carece são pessoas que façam as escolhas corretas para maximizar seu potencial. Dê um pouco a mais e essa atitude o diferenciará das demais pessoas talentosas.

Acredite, apaixone-se, aja, foque, prepare-se, pratique, persevere, tenha coragem, seja receptivo, tenha caráter, relacione-se, tenha responsabilidade e trabalhe em equipe. Essas escolhas desenvolverão seu talento extra, fazendo que que você cresça e permanece notório.

Lembre-se que você é as suas escolhas.

Dica do 12’

Para desenvolver ainda mais seus talentos, descubra um pouco mais sobre liderança e trabalho em equipe com James Hunter, em De Volta ao Mosteiro. Com ainda mais fome de conhecimento? Então veja também o que Bruce Tulgan tem a nos dizer em seu livro Não Tenha Medo de Ser Chefe.

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário: