Princípios

Ray Dalio Também disponível em audiobook: Baixe nosso app para ouvir gratuitamente.

A Bridgewater Associates é uma das maiores empresas de fundo multimercado do mundo, responsável por administrar mais de 150 milhões de dólares em fundos de pensão, universidades e contas familiares.

Ela foi fundada em 1975 por Ray Dalio. Hoje, tido com uma das cem personalidades mais influentes do mundo pela revista Times e também uma das cem mais ricas, segundo a Forbes.

A história desse microbook começa com o interesse de Dalio em mostrar para todos quais os princípios que utiliza para reger as relações pessoais e profissionais dentro da empresa.

É interessante ressaltar que ele resolveu escrever esses princípios após receber um feedback negativo dos seus sócios em relação a maneira com qual tratava os funcionários da Bridgewater.

Após colocá-los os princípios em prática, os resultados foram inspiradores, tanto no âmbito pessoal, quanto profissional.

E foi a fim de compartilhar esse sucesso que Dalio escreveu o livro Princípios de Vida e Trabalho. O primeiro de uma série que, em seguida, ganhará obra Princípios Econômicos e de investimento.

Princípios de Vida e Trabalho foi publicado inicialmente em versão digital, no site da empresa e, após atingir a marca de trezentos milhões de downloads, foi lançado também em formato físico.

Parece que há muita interessada em saber o que há por trás da Bridgewater.

E que tal conhecer o segredo desse sucesso aqui, no 12min?

Princípios para que?

É o objetivo de ajudar as outras pessoas a serem bem sucedidas que motiva Dalio a compartilhar seus princípios.

Princípios, inclusive, que são tidos como verdades fundamentais para a fundação de comportamentos capazes de fornecer às pessoas aquilo que elas desejam da vida e que, ainda, podem ser executados repetidas vezes para ajudá-las a conquistar suas metas.

Para o autor, o segredo em se sair bem na maioria das situações que a vida impõe,  independentemente da sua natureza, está em categorizar esses momentos de acordo com os bons princípios adquiridos, haja vista que todas as pessoas bem sucedidas agem de acordo com princípios que as ajudam a ter êxito.

Nesse sentido, seria interessante que personalidades como Albert Einstein, Steve Jobs, Winston Churchill e Leonardo da Vinci pudessem compartilhar seus princípios com todos. Assim, seria compreensível quais os caminhos que eles traçaram e como conseguiram chegar onde chegaram.

Bem como seria extremamente significante conhecer os princípios dos políticos durante as campanhas eleitorais, por exemplo.

A ideia de Dalio é também estimular as pessoas a descobrir os próprios princípios e, assim caminhar rumo ao sucesso.

Quais os princípios de vida de Ray Dalio?

Nessa obra, Dalio define quais os seus princípios de vida e quais os regem a sua forma de trabalho. Bem, esse tópico se restringe à primeira parte.

É interessante perceber que os princípios de uma pessoa podem nascer de várias formas.

Podem vir dos pais, religião, estruturas legais. Assim como das experiências e das reflexões que são acumuladas durante a vida.

Pessoas que compartilham os mesmo princípios costumam se dar bem. As que têm princípios diferentes, geralmente, vivem em conflito.

Por isso é importante que os seus princípios sejam, antes de tudo, autênticos.

O primeiro princípio que Dalio compartilha pode parecer confuso, mas traz os conhecimentos adquiridos em mais de 40 anos de jornada como empreendedor

“Pense de maneira independente para decidir o que você quer, verifique se isso é real disso e cheque o que deveria fazer para atingir isso”.

Mas essa não é a única orientação de Dalio. Ele utiliza uma série de outros princípios para qualificar sua postura pessoal. Acompanhe alguns imperativos do autor.

Seja muito realista

Dalio preza pelo hiper realismo. Para ele, entender, aceitar e trabalhar com a realidade é algo prático e lindo.

Isso não quer dizer que ele não acredita em sonhos.

Ele acha que perseguir sonhos é algo que dá gosto de viver, contudo, as pessoas que criam coisas grandiosas geralmente não são apenas sonhadoras. São, na verdade, completamente realistas.

Nesse contexto, o autor acredita que a união de sonhos, realidade e determinação resulta em uma vida de sucesso.

Tenha a mente aberta e seja radicalmente transparente

Se você ainda não possui essas qualidades, com certeza é algo no qual precisará trabalhar se quiser aprender a lidar com a realidade de maneira efetiva.

Quanto mais mente-aberta e transparente você for, menos enganará a si mesmo e, consequentemente, mais feedbacks honestos você receberá, ou seja, mais você terá a aprender.

Obviamente, se essa não é sua natureza, você encontrará dificuldades em agir dessa forma.

Em contrapartida, é importante que tente mesmo assim, haja vista que apenas a prática e a disciplina possibilitam que você chegue a esse patamar.

E quando chegar, você verá: será recompensado por isso.

Também é importante que você saiba que não há como evitar algumas derrotas e dores, principalmente se você tiver objetivos ambiciosos.

Senti-las quer dizer que você deve buscar soluções para que elas não se repitam. E isso significa caminhar rumo a um progresso.

É extremamente relevante que você consiga lidar com as derrotas que acontecerão durante sua jornada, seja ela qual for, pois elas funcionarão como pontapé para sua evolução pessoal.

Caso contrário, suas falhas podem detonar você.

Entenda que as pessoas são muito diferentes

Para obter melhores resultados nas suas relações interpessoais é necessário ter essa compreensão.

Parta do princípio de que pessoas foram criadas e vivem em realidades diferentes e isso não quer dizer que o modo como lidam com as coisas esteja errado.

Enquanto Dalio ficava frustrado com as pessoas por conta das escolhas que elas faziam, ele percebeu, após muito estudo, que elas não estavam agindo de modo contraproducente intencionalmente, mas sim baseadas na maneira como o cérebro estava programado a trabalhar.

Nada que não possa ser mudado.

Lembre-se de que pessoas diferentes podem agir de maneira harmoniosa

Trabalhe sua compreensão sobre os pontos fortes e as fraquezas delas. Do mesmo modo, faça com que elas compreendem os seus. O intuito aí é complementar.

Aprenda a tomar decisões de forma efetiva

Como um “tomador” de decisões profissional, Dalio passou parte da vida buscando regras e sistemas que poderiam melhorar as probabilidades de fazer as escolhas corretas.

E isso não foi algo fácil.

Como exemplo, pense em como você mantém uma distância segura em relação ao carro que está na sua frente enquanto você está dirigindo. Agora descreva esse processo detalhadamente para que alguém que nunca dirigiu consiga fazer isso com tranquilidade.

Ou imagine o desafio de tomar todas as decisões corretas, sistematicamente e repetidas vezes, além de ser capaz de descrever o processo claramente para que alguém faça o mesmo em circunstâncias iguais.

Complicado, não é?

Para Dalio, felizmente, há algumas regras universais que norteiam uma boa tomada de decisões.

  1. Reconhecer que a maior ameaça para uma boa decisão é ter emoções nocivas
  2. Saber que você precisará aprender a encarar a realidade antes de tomar uma decisão

Para ter uma vida melhor saiba reconhecer as decisões certas com base nessas regras e tenha coragem para colocá-las em prática.

Como atingir metas e fazer escolhas valiosas?

Falando em evolução pessoal, Dalio descreve esse processo em cinco passos que, segundo ele, têm o poder de ajudar você a conseguir o que deseja.

  1. Defina seus objetivos
  2. Identifique e não tolere problemas que impeçam você de conquistar esses objetivos
  3. Diagnostique esses problemas para chegar na raiz de suas causas
  4. Defina mecanismos de como solucionar esses problemas
  5. Faça o que for necessário para executar as soluções propostas

Você pode registrar tudo isso, assim como Dalio indica que faça com seus princípios. Peça ajuda se precisar. Diferente pessoas com diferentes habilidades trabalhando juntas podem criar algo poderoso.

E quais são os princípios de trabalho de Dalio?

Como você sabe, esse microbook não trata apenas de como ser pessoalmente satisfeito com a própria vida.

Ele ensina também como se tornar alguém bem sucedido e feliz profissionalmente, segundo os princípios de trabalho de Ray Dalio!

São os princípios que ele escolheu para tocar os negócios da empresa e que resolveu, felizmente, compartilhar com todos.

Ele defende que nem todos os  precisam ser seguidos por outras empresas. O ideal é que as pessoas conheçam esses princípios e decidam quais adotar.

Ele os divide em três partes.

Para obter uma alta cultura empresarial

  1. Confie na verdade e transparência radical
  2. Cultive trabalho e relações significativas
  3. Crie uma cultura onde é aceitável cometer erros e inaceitável não aprender com eles
  4. Conquiste sintonia e permaneça nela
  5. Dê peso e credibilidade a sua tomada de decisão
  6. Reconheça como superar discordâncias

Para trabalhar com profissionais qualificados

  1. Lembre-se que QUEM é mais importante que O QUE
  2. Contrate as pessoas certas, pois a penalidade por contratar errado é enorme
  3. Treine, teste, evolua e oriente sua equipe constantemente

Para fazer a empresa crescer

  1. Gerencie como uma máquina programada para alcançar objetivos
  2. Perceba e não tolere problemas
  3. Não negligencie sua gestão

Sendo que, para Dalio, algo muito importante também é fazer da paixão e do trabalho a mesma coisa, estendendo isso para as pessoas com quem você deseja trabalhar.

Dentro desse cenário, ele ainda reforça a ideia de meritocracia baseada na verdade e transparência.

Isso quer dizer que os funcionários da Bridgewater devem expor seus pensamentos mais honestos, possibilitando que todos tenham acesso a eles.

Eles ainda devem praticar a discordância construtiva, que serve para analisar todos os pontos de uma questão e aumentar a probabilidade de tomar uma boa decisão.

É importante ressaltar ainda que, para Dalio, você deve saber o que esperar e o que não esperar da sua equipe e que a ideia de meritocracia é muito mais viável para tomada de decisões que a democracia.  

Da onde esses princípios vêm?

Ray Dalio odiava a escola desde criança.

Ele sempre teve um grande problema para conseguir memorizar as coisas e, por isso, não gostava do ensino formal.

Entretanto, aos 12 anos ele desenvolveu um repentino interesse em observar mercados e, a partir daí, percebeu que para se fazer dinheiro de verdade é necessário ser um pensador independente e saber apostar contra o consenso.

O mais interessante foi quando percebeu que mesmo se aplicava no mundo dos negócios.

Assim, ele entendeu que para ser um empresário bem-sucedido o ideal não ter certeza sobre algo, mas sim se questionar sobre como tem certeza sobre esse algo.

Os erros de Dalio o fizeram equilibrar seus impulsos ousados como empreendedor e a curiosidade o ajudou a entender por que as pessoas inteligentes possuem olhar diferenciado das coisas.

Ele compreendeu a importância enxergar tudo não apenas com os próprios olhos, mas também a partir do olhar de terceiros.

Por que colocar tudo no papel?

A experiência ensinou a Dalio que é valioso refletir a respeito dos princípios, e, além disso, é muito importante registrá-lo no papel.

Isso mesmo.

Escrevê-los assim como se escreviam receitas de bolo.

Desse modo, fica mais fácil compartilhá-los. E foi assim que Dalio fez, os exibindo para o funcionários da sua empresa e convidando essas pessoas a testá-los e aperfeiçoá-los.

Atitude que foi muito importante para sua evolução pessoal.

O próximo passo foi passar tudo para o computador, na forma de algoritmos, criando um sistema no qual a tomada de decisões acontecia mais rápido e com ainda mais credibilidade, já que analisava uma gama maior de possibilidades e critérios e ainda era isenta de emoções.

Princípios no computador?

Você deve estar se questionando: “mas não era uma leitura sobre princípios? Quando fomos falar de computadores?”.

Tudo bem. Você está certo.

Dalio entendeu a importância de adquirir seus princípios de maneira autêntica  e a necessidade de registrá-los.

Entretanto, uma “sacada” importante, voltada para o meio empresarial, foi sistematizar os princípios que deveriam reger a empresa em um sistema de computador.

Essa atitude possibilitou que os funcionários e o corpo gestor pudessem fundir suas compreensões e, assim, melhorar a qualidade das decisões tomadas em grupo. Algo que fez a diferença na economia, investimento e questões gerenciais da Bridgewater Associates.

Não foi nada demais. Apenas a generalização de algo que já estava intrínseco no ambiente profissional.

Ele acredita que práticas como essa têm o poder de mudar profundamente a maneira com qual as pessoas de todo o mundo tomam as próprias decisões.

O que você deve levar desses princípios?

Ter princípios claros significa saber agir de forma correta em situações exigentes. Significa ter uma postura positiva quando se está na corda bamba.

Todos os princípios citados por Dalio, pessoais e profissionais, são aqueles que o ajudaram a tornar-se um homem influente e um empreendedor de sucesso.

Escrever um livro sobre eles foi a maneira que encontrou para ajudar outras pessoas a alcançarem a felicidade em casa e no trabalho.

Obviamente, em alguns casos, eles precisam de adaptação, de acordo com culturas e hábitos.

E nem todos servem para sua realidade.

Por isso, é importante que você, agora que os conhece, possa escolhê-los e traçar sua jornada rumo ao sucesso.

Notas Finais

Você acaba de se unir a o grupo de milhares de empreendedores que buscou conhecer os princípios de vida e trabalho de Ray Dalio.

A maioria deles, obviamente, os adotou para vida a fim de trazer aperfeiçoamento para o próprio negócio.

Agora que você os conhece, que tal fazer o mesmo?

Dica do 12min

Se você gostou da leitura deste microbook, provavelmente vai ficar interessado nas histórias dos empreendedores Rodrigo Mascarenhas e Fabrício Filho.

Ambas disponíveis nos microoboks Na Estação da Sorte e Plano de Voo. Leia-os aqui, no 12 Minutos!

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário: