×
44% OFF

Não deixe suas metas para 2022

Assine 12min Premium por apenas R$0,46/dia e aprenda mais em menos tempo!

4140 leituras ·  3.0 avaliação média ·  1 avaliações

O novo poder

O novo poder Resumo
Gestão & Liderança

Este microbook é uma resenha crítica da obra: New power: how power works in our hyperconnected world - and how to make it work for you

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 978-8551003770

Editora: Intrínseca

Também disponível em audiobook

Resumo

Bem-vindo ao mundo do novo poder

Cada um de nós tem um pouco de poder nas mãos. Entenda poder como a “capacidade de produzir efeitos desejados”. Hoje você pode fazer amigos, ver filmes, ganhar dinheiro, transmitir novas ideias e até mesmo difundir informações falsas de um jeito indiscriminado com poucos cliques, em poucos passos. 

Nesse mundo do novo poder, comportamentos e expectativas se transformam dia após dia. Estamos hiperconectados e o poder de comunicação instantânea dá a cada um de nós o poder de ser relevante de um jeito nunca visto por nossos antepassados. E é natural que, com isso, as relações humanas e profissionais sejam transformadas cada vez mais. 

Pensando como velho poder, pensando como novo poder

No velho poder, um pequeno número de especialistas dispunha de ferramentas, dados e máquinas para tomar decisões. Nas relações de novo poder, as inovações são abertas e disponíveis para cada um de nós criar e aproveitar as próprias criações. Todo mundo está convidado para se engajar, não importa qual seja a causa. 

Basta lembrar que, há poucas décadas, poucas pessoas teriam acesso aos grandes veículos de comunicação para expressar opiniões, criar campanhas e influenciar outras pessoas. Hoje, basta um celular, um clique e em poucos minutos sua ideia já circula o mundo. 

Com essa democratização da comunicação, os tempos do novo poder transformam a forma que nos relacionamos com o mundo ao redor. Tudo é mais perto, mais rápido e acessível. 

A virada do velho para o novo poder

Com menos distâncias e maior conexão entre as pessoas, as organizações precisam mudar para estruturas condizentes com o novo poder para não ficarem atrasadas. Essa virada, do velho poder para o novo poder, depende de quatro aspectos fundamentais. 

O primeiro deles é estratégia. Entenda que os novos problemas decorrentes desse tempo mais tecnológico não podem ser resolvidos com repertório antigo. Novas oportunidades surgem e agora o público também pode ajudar no desenvolvimento da empresa. No novo poder, potenciais clientes não se limitam a comprar, por isso é preciso se adequar com planejamento. 

Depois, trabalhe na legitimidade. O novo poder só pode ser aplicado a uma corporação se ele fizer sentido. Caso contrário, torna-se irrelevante mudar por mudar, burocraticamente. 

Então, chega a hora de compreender o que é o controle. Empresas que acreditam ter total controle dos clientes estão fixadas em conceitos arcaicos. Eles precisam se sentir participantes de todo o processo de compra e venda. Ninguém aceita mais ser mero agente passivo, já que nossa opinião pode ser lida por todos, em meios como as redes sociais. 

Por fim, tenha compromisso com essa mudança irreversível. Adaptar-se aos tempos do novo poder é uma atitude muito além de uma mudança ocasional. Melhores resultados exigem disposição, cultivo de energia e entusiasmo e um planejamento. Os resultados podem até demorar, mas aparecem. 

A arte de combinar poderes

Passamos da metade desse livro para falar de um processo de transição. A mudança de estrutura em uma empresa do velho para o novo poder não acontece de uma hora para outra. Essas duas formas distintas de pensar o poder se combinam, se completam, até a transição total para a mentalidade e os valores da era da hiperconexão.

Enquanto o velho poder está calcado na propriedade de poucos, num sistema fechado e movido por um líder, o novo poder é feito por muitos, valoriza a troca constante de informações e é movido por iguais num sistema aberto. 

O novo poder no trabalho

Um líder que se baseia na mentalidade do velho poder se sente constantemente desafiado no ambiente de trabalho. Afinal, os valores de hoje são outros. Os trabalhadores mais jovens, cada vez mais, rejeitam normas como hierarquia, lealdade e mesmo o velho conceito de passar décadas e décadas numa mesma empresa. 

Enquanto o velho poder se apegava ao materialismo e no estabelecimento de normas rígidas, hoje pouco se valoriza os itens físicos. Tudo é digital, virtual, acessível em qualquer lugar do mundo. As coisas mudam de uma hora para outra, novas formas de comunicação surgem ano após ano. 

E quem não acredita que tudo isso tem influência direta no ambiente laboral, nas formas de gestão e na relação entre profissionais, está ficando para trás. O tempo vai cobrar um preço caro.

Notas finais 

Da próxima vez que você ouvir alguém dizendo que as coisas estão mudando, tudo está mais rápido, a hiperconexão está influenciando tudo ao redor, você terá a certeza que faz muito sentido. Não só faz sentido como é um processo sem volta. Até mesmo o poder está se transformando. E quem não entendeu isso terá más notícias em breve, muito em breve.

Dica do 12’

Agora que você já entendeu como o novo poder mudou as relações nesse mundo cada vez mais hiperconectado, ouça o microbook Equipes brilhantes e descubra boas técnicas para motivar seu time e conseguir ótimos resultados.

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

Quem escreveu o livro?

Jeremy Heimans é CEO de uma empresa ligada a ativismo e inovação, participou de campanhas colaborativas e conquistou muitos prêmios de... (Leia mais)

Henry Timms é CEO de uma empresa ligada a ativismo e inovação, participou de campanhas colaborativas e conquistou muitos prêmios de in... (Leia mais)