×
70% OFF

Oferta exclusiva da Black Friday

7996 leituras ·  0 avaliação média ·  0 avaliações

Inteligência curativa - resenha crítica

Inteligência curativa Resenha crítica
Desenvolvimento Pessoal

Este microbook é uma resenha crítica da obra: 

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 978-65-8852-300-1

Editora: Gente Autoridade

Também disponível em audiobook, baixe agora:


Resenha crítica

O que acontece quando você se desvia do principal de sua história de vida 

O principal motivo para todas as crises internas enfrentadas e dores sentidas é o fato de não se portar como o autor da própria história de vida. Quando isso acontece, é comum ser levado por projetos, sonhos e desejos dos outros, não os próprios. 

Na maioria dos casos, isso acontece sem você se dar conta da armadilha na qual caiu. Começam a aparecer sintomas de infelicidade, desconfortos e crises. O desafio de reverter esse cenário repete-se com frequência e são sempre os mesmos problemas que precisam ser superados, de forma recorrente. Até que, em algum momento, o cansaço de continuar nessa sina aumenta perigosamente e você desiste de tudo. 

Isso acontece porque ainda na infância o nosso Eu Mítico é colocado em prática para atender às expectativas das pessoas que nos cercam. Podemos defini-lo como uma máscara, um personagem que criamos para não desagradar quem amamos. Quanto mais esse Eu Mítico se desenvolve, mais o Eu Real vai ficando para trás. 

Se você não escreve a própria história, deixa o Eu Real para trás e fica perdido no meio de um monte de frustrações. Mas não se apavore, ainda há tempo de retomar a própria vida.

Pare de construir mitos e fugas e comece sua reconexão consigo

Pense em seus relacionamentos. Não só amorosos, mas familiares, profissionais e também entre amigos. É comum repetirmos um mesmo padrão de comportamento, ditado pelas outras pessoas, em que nos colocamos para trás na fila de prioridades. 

Isso porque, apesar de ser normal passar por conflitos, sentimos receio de nos impor e demostrar quem é o nosso Eu Real, por medo de sofrer graves consequências. A forma como lidamos com os outros e nos posicionamos diante das derrotas faz toda a diferença para a verdadeira felicidade.

Ao longo da fase adulta, temos a tendência de fazer escolhas que não refletem os nossos desejos. Com isso, ficamos bem com os grupos sociais do nosso entorno, mas alimentamos uma péssima relação com o interior, com o nosso próprio espírito. Mas é só essa parte interna que importa. Só depois de muito tempo percebemos a besteira de não nos colocarmos como prioridade. E o Eu Real cobra um preço muito alto por isso. 

Uma ausência no caminho principal da própria história de vida 

Para quem se sente perdido, é importante responder com precisão a três perguntas. O que eu fiz comigo? O que fizeram comigo? O que eu fiz do que fizeram comigo? 

Elabore quantas respostas forem necessárias. Acha difícil? Não encontra respostas concretas? Isso porque é preciso ter alguma prática, ou um método, para a busca de soluções interiores para os problemas que lhe afastam da felicidade. 

A partir de agora, apresentamos algumas ferramentas para expandir a percepção sobre o próprio caminho de vida, guiado por ideias e orientações, talvez até influenciado pelo meio social em que está inserido. Mas sempre se colocando como prioridade. 

Isso é a chamada inteligência curativa, que nos põe de volta em contato com quem somos de verdade.  

Você é sua mente, e sua mente é uma fórmula psíquica

Quando você chora silenciosamente pelos problemas do cotidiano, repete o comportamento de uma criança ferida. Ela está dentro de você, esperando ser libertada, alertando sobre a necessidade de priorizar o seu Eu Interior, o seu Eu Real.  

Nos momentos de solidão, você fica inquieto e busca soluções. Quer respostas a tantas perguntas difíceis feitas internamente. Um sentimento de desconfiança surge, a sensação de não haver saídas é grande e a infelicidade aumenta. Chega a hora de se reencontrar, se apoderar da própria mente. Essa central de comando de todo o seu bem-estar é uma fórmula psíquica. 

Quando você domina a própria mente, consegue realizações gigantescas, transformando a própria vida do jeito que você quer. O autoconhecimento é o único caminho na busca da cura para todos os problemas internos que nos afligem. Se você ainda não é capaz de entender as próprias capacidades e defeitos, não está pronto para tomar conta da própria vida. 

Pare, pense, faça uma autoanálise. Onde estão suas forças e fraquezas? Como você reage nos bons e maus momentos? Sua vida está focada para os próprios desejos ou tem sido conduzida pelos sonhos das outras pessoas? Se ainda não é capaz de responder a essas perguntas o caminho será mais longo do que parece...

Reescrevendo sua verdadeira história de vida: a cura em 5Rs

Um processo evolutivo constante nos conduz à harmonia, ao equilíbrio, à liberdade, à saúde mental e à física. Quando atingimos tudo isso, chegamos ao autoconhecimento em sua plenitude. O caminho exige esforço. 

Ao atingir esses resultados, a felicidade deixa de ser uma chave tetra, com suas pontas e reentrâncias, e vira uma chave comum. Um único jeito de abrir várias portas e alcançar a inteligência curativa, capaz de cicatrizar todas as feridas que nos tira do caminho desejado. 

Para reescrever a própria história de vida, o primeiro passo é a própria busca. Agora, precisamos dos 5 Rs para chegar lá. É preciso reconectar, reler, ressignificar, redecidir e reescrever. Não sabe de que forma? Calma, a gente ajuda.

Reconexão

A reconexão é um fenômeno que produz um grande encontro com a própria essência. É a única maneira de voltar toda a energia vital para dentro de si. Para isso, você precisa conversar consigo mesmo, percorrendo todos os caminhos que a mente teme.

Só assim é possível conquistar os espaços vazios e preencher a totalidade. É o começo do caminho de escrever a própria sina, acessando a Inteligência curativa e restaurando todas as conexões interrompidas durante a sua trajetória. Ao se reconectar com o interior, você volta as prioridades para onde importa. Os outros são só os outros. 

Releitura

Depois de se reconectar com o interior, é hora de visitar todos os lugares reprimidos por medos cultivados desde os primeiros anos de vida. Um novo olhar é aflorado, revelando as dimensões mais temidas do seu íntimo. 

Os monstros que habitam aí dentro não são assim tão grandes quanto parecem. A releitura das próprias crenças e temores faz enxergar o próprio conteúdo da mente com um novo olhar, remexendo os cantos sombrios e exorcizando fantasmas cultivados ao longo das décadas. 

Ressignificação

Não existe mágica para mudar de vida. Existe a construção de novos significados para pensamentos tão enraizados que sequer sabemos de onde vieram. Nossas experiências de vida precisam ser ressignificadas para a superação dos medos e libertação de círculos viciosos, nos prendendo às limitações e pensamentos herdados de outras pessoas. 

Ressignificando os seus propósitos, o lado mais sombrio do seu consciente se converte em luz. 

Redecisão

Decidir outra vez é mudar escolhas. Está aqui a maneira mais eficiente de reescrever a sua história de vida, sendo o protagonista de todos os acontecimentos. Redecidir é parte do processo de cura interior. 

A redecisão demarca um novo mapa existencial e dá a liberdade e permissão de assumir o poder da própria história de vida. Passou da hora de tomar a decisão de retomar os rumos da própria vida.

Reescrita

Reescrever a sua trajetória precisa ser uma missão de vida. É necessário tomar o seu caminho pelas mãos e viver conforme a sua essência, sem colocar as prioridades alheias à frente dos seus próprios desejos.

Liberdade só é um conceito vivido plenamente quando rima com a fidelidade aos seus princípios. E a liberdade interior expressa a sua verdade como pessoa, traduzindo todas as suas convicções como bastiões de um norte para essa jornada. Ao reescrever a sua vida, você se torna protagonista da sua existência e caminha rumo à felicidade. 

Aprendendo a ser feliz

A felicidade é um aprendizado. Não se trata apenas de esperar esse sentimento cair do céu, é preciso colocar em prática cada um desses passos para entender como uma vida plena depende, sim, de nós. Para aproveitar o privilégio de estar vivo, é preciso estar em permanente contato com o próprio espírito. 

Afinal, quem não sabe para onde quer ir, sempre estará perdido. Depois de algum tempo, você terá o domínio da própria vida e saberá até onde chegar. Reescreva a sua vida. Seja feliz! O seu espírito agradece.

Notas finais 

Ser feliz é possível. Mais que possível, é necessário. Para isso, os passos aqui apresentados resgatam o amor-próprio e nos ajudam a nos reconectarmos com nossa própria essência. Quando nos sentimos capazes de reescrever as nossas trajetórias de vida, o caminho para dias melhores começa a ser clareado. Comece a colocar em prática esses ensinamentos. A verdadeira felicidade não pode ser adiada.

Dica do 12min

Gostou? Você também pode aprender um pouco mais sobre como reescrever a própria história com o microbook R.E.S.E.T. Nele, um método simples ensina como recomeçar a vida pessoal ou profissional, como as máquinas sabem muito bem fazer.

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

Quem escreveu o livro?

A autora é uma entusiasta da autoterapia como forma de restabelecer tanto a saúde mental quanto a fel... (Leia mais)