O 'ano que vem' chegou!

Para de deixar para depois. Aproveite 44% OFF no 12min Premium!

1932 leituras ·  0 avaliação média ·  0 avaliações

Guia 12min de Meditação

Guia 12min de Meditação Resumo
12min Originals e 12min fit

Este microbook é uma resenha crítica da obra: Guia 12min de Meditação

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 

Também disponível em audiobook

Resumo

Mas o que é meditação?

Muita gente pensa que para meditar é só ficar sentado e esquecer os pensamentos. Meditar é mais que isso: é viver o intenso agora. A verdadeira meditação envolve foco e envolvimento no momento presente. 

Não dá para desligar a mente por completo, sempre estamos pensando. Já aconteceu de você estar vivendo um momento tão bom que o tempo passou sem que você percebesse? Pois é essa a sensação que meditar proporciona. Engajados no presente, o tempo parece parar. 

E se você vive o agora, com foco, trabalha melhor na tarefa da vez. As expectativas criadas para o futuro e o acúmulo de experiências passadas nos tiram do momento atual. O simples fato de colocar os pensamentos em ordem, de se reconectar com o momento presente, em silêncio, melhora os relacionamentos, reduz a tensão diária e faz aproveitar melhor o tempo. 

Isso já é motivo mais do que suficiente para meditar, não acha?

Por que meditar?

Para ser uma pessoa melhor para você mesmo. Os momentos de silêncio e engajamento com o pensar nos levam a uma jornada de autoconhecimento. 

Você pode começar por meditações guiadas, silenciosas, ouvindo músicas ou mantras. Algumas pessoas até escrevem num caderno as reflexões sobre ações diárias, contemplando assim o aprendizado com o passar do tempo, não se esquecendo do que foi e da grande jornada para ser o que é. 

Ao colocar seus pensamentos em perspectiva, você se distancia dos problemas também. Viver o agora, no fim das contas, é sobre estar ciente e ser responsável pelos seus atos, sendo constantemente o vetor das suas mudanças e não apenas alguém passivo aos acontecimentos de sua própria vida.

Benefícios da Meditação

A meditação diminui o estresse, aumenta a imunidade e melhora a produtividade, agindo no foco, atenção, memória e na capacidade de ser empático, tão importante para a inteligência emocional.

Estudos realizados pelo instituto EEG, da Califórnia, chegam a afirmar que meditar pode, inclusive, lhe deixar mais inteligente. Dois grupos foram investigados neste estudos e o resultado foi que o grupo que praticava meditação se saiu melhor em todos os testes cognitivos. 

Ainda, outra pesquisa, desta vez realizada pela Universidade Americana de Johns Hopkins comprovou que meditar alivia ansiedade, depressão e dores crônicas. A meditação de plena consciência, que consiste em concentrar-se exclusivamente nos acontecimentos do presente, foi a prática mais associada aos benefícios, para isso, é necessário pelo menos 30 minutos de prática diária.

Tipos de meditação

Não existe uma única forma de meditação. Algumas maneiras são baseadas em diferentes filosofias, desde a budista até a chinesa, passando pela hindu e chegando à meditação cristã. Cada uma tem técnicas específicas e objetivos variados.

De maneira geral, podemos entender assim: 

  • Meditar respirando

Está presente em quase todas as tradições e inclui a moderna meditação de atenção plena, por exemplo. Representa a maneira mais acessível de começar a meditar, afinal a respiração está sempre conosco e basta observá-la.

  • Meditar relaxando o corpo

Nesse tipo de meditação, basta conduzir comandos de relaxamento por todo o corpo. Para conhecer participe de uma prática de yoga nidra, onde instrutor leva os alunos ao estado mental Theta por alguns minutos.

  • Meditar concentrando

A repetição de mantras, o olhar fixo em uma vela acesa e as visualizações são os melhores exemplos de como atingir um estado meditativo enquanto se concentra em um objeto.

  • Meditar caminhando

Grandes mestres também costumam meditar enquanto caminham. A Monja Coen leva toda a sua atenção às solas dos pés, ou o canto dos pássaros enquanto dá um passeio pelo jardim. ​

Como começar a meditar

Se você nunca meditou, não se preocupe, nós ensinamos. Primeiro, é necessário sentar-se ou deitar-se confortavelmente, mantendo a coluna ereta. Pode usar uma almofada, se preferir, o importante é manter a postura bem arrumada. 

Concentre-se na respiração, inspirando e expirando de forma consciente. Suas mãos precisam estar livres, do jeito mais confortável para você. Não custa repetir: concentre-se na respiração. Sinta a mente se esvaziando. 

Os olhos podem ficar abertos ou fechados, a escolha é sua. Incline o queixo para baixo para ajudar a abrir o peito durante a respiração. Deixe o alarme programado para tocar no tempo de meditação desejado. Para se acostumar, comece com sessões curtas, entre três e cinco minutos. Vá aumentando gradualmente. 

A concentração consciente na respiração irá afastar o dia a dia corrido da sua mente. Não se cobre demais, vá de pouco em pouco. Com o passar do tempo, sua voz interior vai se acalmar na hora certa. A mudança não será de uma hora para outra, é um processo gradual. Deixe os pensamentos irem, mantenha a calma e não se apegue. E aí, "bora" meditar? Logo abaixo haverá uma meditação guiada  de visualização para você dar o seu primeiro passo!

Qual a melhor hora para meditar? 

Falta de tempo não poderia ser uma desculpa para não meditar, e escolher o melhor horário vai depender da sua rotina. Há quem acredite na meditação depois do expediente de trabalho como ideal para se esvaziar das preocupações do ambiente laboral. Para outros, logo de manhã é o ideal, porque assim o dia já começa com os pensamentos concentrados no agora. Não importa o horário, mas a prática. Do mesmo jeito que você precisa se alimentar e tomar banho, pense na meditação como uma rotina de prática diária. Meditar é como ter uma higiene mental. 

Busque o momento em que você pode soltar um pouco o controle e comece. O hábito é muito poderoso para se manter no propósito. Evite meditar se estiver com muita fome, porque as chances de se desconcentrar são maiores. 

Faça da meditação uma rotina diária.

Vamos meditar? 

Agora que você já conhece as instruções básicas podemos começar.

Primeiro sente-se confortavelmente. Alinhe a coluna e relaxe que nós já vamos dar o “play”. Feche os olhos e mantenha o olhar relaxado na ponta do nariz. Preste atenção aos sons no seu entorno até chegar nos barulhos ao seu redor. Logo você poderá ouvir a sua respiração passar pelas narinas e sentir o tórax se movimentar. Então relaxe e apenas observe o ar entrando e saindo pelo nariz. Não faça análises, somente observe a respiração. Comece então a perceber aquele mesmo balão de ar no início da leitura no seu abdômen. Encha e esvazie o seu balão. Aos poucos, esse balão começa a ganhar a sua cor preferida. Imagine o balão sendo totalmente preenchido com a sua cor preferida. Cada vez mais bonito, você está atento ao seu brinquedo colorido enchendo e esvaziando suavemente. Cada vez mais presente, você começa a senti-lo mais leve e ele sobe por você, até sair pelo topo da sua cabeça. Elevando cada vez mais com a sua respiração suave e natural, você sente o balão passar pelo teto e atingir atmosfera, pairando no ar. Gentilmente, pause por um instante e perceba que sentimento você está experienciando agora vendo este belo balão que você soltou no ar. Não julgue. Basta dar um nome, e então preencha o seu balão com este sentimento ou sensação. Já cheio, lentamente solte sua esfera colorida no ar. Apenas deixe-o ir, sem pressa. Leve como uma pluma ele voa com um pouco de você pelos ares agora. E vai embora. Não se preocupe, sempre que você quiser poderá fazer um outro balão com a sua respiração. Então, de maneira relaxada volte a observar o seu corpo com sua consciência. Quando quiser, abra os olhos. Parabéns, você meditou!

Notas finais 

Viu como não tem mistérios? Deu para perceber o quanto estar no tempo presente será algo acessível com a prática? Meditar é estar consciente dos pensamentos e emoções que nos interceptam constantemente. Portanto, meditar é estar relaxadamente vigilante, e não tem nada a ver com ficar sonolento ou tornar-se um zumbi. O estado meditativo pode ser atingido com uma corrida no parque ou a leitura de um livro. As técnicas são apenas um treino para manter esse estado por mais tempo, e o quanto antes você começar, mais cedo poderá sentir como é viver a plenitude cada instante no momento presente. 

Dica do 12min

Parabéns por ter se permitido conhecer, mas que tal continuar? A tecnologia é aliada da meditação e você pode contar com aplicativos como o Zen App, por exemplo. Nele você encontrará meditações guiadas adequadas ao tempo e ao objetivo que você tem para a sua prática. Caso prefira se aprofundar mais, procure um retiro de meditação Vipassana. Renomados escritores como Daniel Goleman e Yuval Noah Harari já admitiram utilizar esta nobre técnica de meditação ensinada em um retiro de 10 dias em centros pelo mundo todo.

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário:

Quem escreveu o livro?

Agora o 12min também produz conteúdos próprios. 12min Originals é a ferram... (Leia mais)

Mais livros do author Zen App & 12min Originals