Escolha Você Resumo - James Altucher

Aprenda a aprender de casa! Para você usar o tempo a seu favor! REDUZIMOS A ASSINATURA EM 30%!

Oferta por tempo limitado!

1148 leituras ·  4.7 avaliação média ·  428 avaliações

Escolha Você

Escolha Você Resumo
Autoajuda & Motivação

Este microbook é uma resenha crítica da obra: Escolha você – Transforme-se em uma máquina de ideias, aprenda a resolver problemas e ganhe dinheiro

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 9788578812195

Também disponível em audiobook

Resumo

Escolha você

Novas profissões são criadas quase que diariamente – algumas ainda nem sabemos nomear -, porém elas nasceram em meio às necessidades que o ambiente pedia. Ideias únicas surgem em meio ao caos e novas formas de trabalho são valorizadas e aceitas.

Os novos ares abriram ou forçaram caminhos para a criatividade agir, porém, escolher nós mesmos implica em uma série de obstáculos. Quando você se arrisca diariamente – e é isso que essas novas profissões autônomas exigem –, você se deparará com mais rejeições quando comparado a alguém que ocupe um cargo “comum”.

A única coisa segura é tentar repetidamente

A rejeição é um fato ora constante ora não. O ponto é que sempre haverá situações em que ela reinará e a saída não é evitar tais momentos e sim enfrentá-los com um alicerce forte envolvendo: saúde física, mental, emocional e espiritual.

O corpo físico é o responsável por abrigar tudo o que contemos, então cuide dele. Pode parecer bobagem, mas uma rotina saudável que inclua exercícios físicos, alimentação balanceada e uma boa noite de sono prepara o nosso corpo para os desafios diários.

Já o corpo emocional pede por uma qualidade mais subjetiva. Mantenha ao seu redor pessoas positivas, evitando aquelas que lhe causam ansiedade. Um bom exercício é reduzir o número de palavras ditas por dia. Fale menos e perceba que você escolherá melhor com quem falar e cortará conversas negativas.

O corpo mental é preciso ser domado a fim de não deixar que pensamentos negativos nos engulam. Para isso, direcione sua mente e crie metas como “arranjar dez maneiras de ter mais tempo livre”. Exercite e canse a mente a ponto de torná-la uma máquina de ideias úteis.

Manter-se no presente é essencial para um corpo espiritual saudável. Esquecer as frustrações do passado e as ansiedades do futuro mantêm o foco no que pode ser controlado: o agora.

A prática diária

Estar insatisfeito com a vida a ponto de querer desaparecer é algo mais comum do que imaginamos. Isso ocorre, em parte, porque não estamos preparados para os obstáculos que ela nos oferece diariamente. Uma das causas é a falta de responsabilidade pelos nossos próprios atos, levando a deixar que outras pessoas façam escolhas relacionadas com a nossa vida.

Somado a isso, há a ilusão de que apenas coisas de fora trazem felicidade: trabalho, diploma, casamento etc.  Ao perceber que aquela casa dos sonhos e o último modelo de carro não são, por si só, suficientes para trazer uma vida plena, muitas pessoas desmoronam ao perceber a farsa e ser incapaz de dizer o que realmente querem para si.

Ser coadjuvante de sua história é, de fato, desesperador, pois quando algo sair dos trilhos – e acredite, sairá – você não possuirá as armas necessárias nem os escudos protetores para solucionar as questões e fazer com que tudo volte aos trilhos.

A prática diária deve ser iniciada de forma lenta, para que o cérebro se acostume e entenda aquilo como útil e prazeroso. Comece fazendo uma dessas coisas por dia:

  • Durma oito horas;
  • Faça duas refeições em vez de três;
  • Não assista TV;
  • Não coma porcaria;
  • Não reclame de nada durante um dia inteiro;
  • Não fofoque;
  • Responda a um e-mail de cinco anos atrás;
  • Demonstre gratidão a um amigo;
  • Assista a um filme engraçado ou a um espetáculo de comédia stand-up;
  • Escreva uma lista de ideias;
  • Leia um texto espiritualizado;
  • Ao acordar diga para si mesmo: “hoje eu vou salvar uma vida”;
  • Encontre um passatempo;
  • Escreva a lista das coisas que você faz igual todos os dias. Risque um item e não faça isso nunca mais;
  • Surpreenda alguém;
  • Pense em dez pessoas as quais você seja grato;
  • Perdoe alguém. Não precisa falar com a pessoa; apenas escreva em um papel e queime;
  • Use a escada em vez do elevador;
  • Não diga sim quando quer dizer não;
  • Diga a alguém que a/o ama;
  • Não transe com alguém que você não ame;
  • Tome banho, se esfregue bem e limpe seu corpo das toxinas;
  • Leia um capítulo de alguma biografia inspiradora;
  • Planeje passar um tempo com um amigo;
  • Se você pensar “seria melhor se eu estivesse morto”, pense em seguida “Bacana, agora posso fazer o que quiser e adiar esse pensamento por um tempo”;
  • Respire fundo.

Estado de crise

Quando fazer um item da lista é algo insuportável, pense nas coisas abundantes da vida. Confunda o desespero e o transforme em coisas boas. Repita “eu me amo”. Um corpo apaixonado é fortalecido, então tire proveito das reações de um corpo que ama e se ame. Isso ninguém pode tirar de você.

Não espere a aprovação de terceiros. Caso queira escrever um livro, escreva. Não deixe essa escolha nas mãos das editoras. Faça e tome as rédeas da situação.

Encontrando um objetivo de vida?

Pensar em ter um objetivo de vida bem específico passa a ideia de que alcançá-lo é um determinante para encontrar também a felicidade. Essa atitude faz com que você não perceba as ferramentas que possui para ser feliz agora. Você pode fazer várias coisas na sua vida, se arriscar, tentar de novo, trilhar novos caminhos e ser feliz com isso sem ter um objetivo único esperando no final do arco-íris. Permita-se ter várias metas ou não ter nenhuma. Isso não é um pré-requisito para a felicidade.

Sociedade sem trabalhadores

Em um cenário onde o trabalho braçal vem se extinguindo, você pode ser o que quiser, trabalhar de onde bem entender e escolher viver do jeito que quiser – com algumas limitações óbvias.

É importante entender do que você realmente precisa. A prática diária mencionada acima ajuda a focar em você, logo, a tirar proveito de suas ideias e potencial. Você perceberá que formas alternativas de viver – incluindo trabalho e lazer – irão aparecer. Você está satisfeito com seu emprego? Ele garante a você saúde física, mental e emocional?

As mudanças óbvias e significativas que o nosso mundo corporativo vem sofrendo gera, de um lado, medo do desconhecido e, de outro, asas para arriscar a fazer o que gostamos. Abrir um negócio não é mais um bicho de sete cabeças. Para isso, é preciso ideias, executá-las, saber fracassar e se reerguer quando for necessário.

Faça uma lista de todos os seus sonhos. Pergunte-se: o que preciso fazer todos os dias para alcançá-los? Comece aos poucos.

O que é preciso ser feito?

Abrir um negócio próprio começa a ser desmistificado no momento em que você começa a dedicar tempo ao seu planejamento. Algumas ideias podem ajudá-lo a iniciar um novo negócio:

  • Crie um serviço que atenda ao ramo vanguardista da internet e comece com um pequeno negócio. Visite os locais que frequenta e faça perguntas sobre as necessidades dos potenciais clientes. Comece oferecendo serviços gratuitos para conquistá-los.
  • Apresente as pessoas umas às outras. Às vezes os indivíduos precisam de ajuda para encontrar compradores.
  • Escreva um livro sobre um assunto que domine. Isso dará credibilidade ao seu trabalho e abrirá portas para arriscar novas oportunidades, como: prestar consultoria, dar palestras, escrever artigos etc.
  • Providencie ajuda financeira, pois é do que as pessoas precisam.

Os problemas a serem solucionados devem atingir milhares de pessoas e a solução não precisa ser complexa, apenas precisa sanar o problema. Pense na quantidade de problemas que as pessoas enfrentam diariamente e, a maioria, sem solução aparente. Use sua criatividade para ajudar essas pessoas e seu produto será valorizado.

Antes de mais nada, pesquise tudo sobre o ramo em que tem interesse. Conheça os produtos disponíveis e perceba as lacunas. Experimente os produtos e conheça as patentes. Entenda como os produtos são fabricados e crie algo que você usaria todos os dias.

Se você tem uma ideia, não se concentre no dinheiro. Faça o seguinte:

  • Monte seu produto;
  • Venda-o a um consumidor;
  • Comece a distribuição;
  • E só depois largue o emprego.

O que é preciso para ser um mestre das vendas

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, ser um bom negociante não significa ser um bom vendedor. Aliás, eles ocupam lugares opostos, posto que o negociante deve ter o não na ponta da língua – procurando sempre a melhor condição para si – enquanto que o vendedor deve sempre procurar o sim!

Negocie apenas com pessoas que você realmente quer vender e venda aquilo que você ama.

10 segredos para vender mais e melhor:

  • Pergunte-se qual é o valor de longo prazo do cliente. Exemplo: quando alguém oferece livros gratuitamente para clientes em potencial está, na verdade, divulgando seu nome e trabalho;
  • Pergunte-se quais os benefícios secundários de ter esse cliente. Exemplo: cobrar um baixo valor para um cliente que trará vários outros para você;
  • Aprenda toda a história do seu cliente, seu público, seus leitores e sua plataforma;
  • Faça algo a mais, pois isso empolga o cliente;
  • Faça o serviço completo indo além do básico;
  • Recomende a concorrência e demonstre sua confiabilidade;
  • Seja uma máquina de ideias, buscando sempre projetos inovadores e formas de ajudar o seu cliente;
  • Seja presente na vida e nas necessidades do cliente;
  • Adquira conhecimento e entenda tudo sobre o ramo que pretende entrar;
  • Ame o seu trabalho.

O que é preciso para ser uma máquina de ideias

Esperar que uma inspiração divina recaia sobre você a ponto de começar a escrever ideias geniais é uma ilusão. Para produzir é preciso praticar diariamente. O músculo das ideias não difere dos músculos das pernas, por exemplo. Ambos precisam ser exercitados para não atrofiarem. Praticando diariamente, uma pessoa leva de 6 meses a um ano para se tornar uma máquina de ideias.

Alguns hábitos diários podem auxiliá-lo:

  • Faça uma leitura rápida de capítulos de livros sobre quatro assuntos diferentes.
  • Escreva dez ideias gerais, não importando se são sobre negócios ou frivolidades do dia a dia.
  • Seja um transmissor.
  • Ative outras partes do seu cérebro que não são tão usadas. Caso você escreva todos os dias, exercite a pintura, por exemplo.
  • Promova colisões ao comparar ideias novas com antigas e perceba como podem agregar valor uma à outra.
  • Não se pressione.
  • Faça algo diferente, principalmente quando as coisas não estão progredindo. Isso fará com que seu consciente fique confuso e o inconsciente mostre no que vinha trabalhando. Modificar a rotina é um ótimo exercício.
  • Liste as suas paixões de infância e surpreenda-se como elas podem criar ideias.
  • Navegue pela internet.

A substância da felicidade

O cortisol é o hormônio do estresse. Ele inflama o nervo vago que atinge quase todos os órgãos. É ele o causador de grande parte das doenças humanas. É necessário suprimir essa inflamação do corpo com a oxitocina. Ela é liberada durante o orgasmo e o parto, porém há outras formas de fazer com que o corpo libera a substância:

  • Doar dinheiro;
  • Abraçar;
  • Curtir no Facebook;
  • Rir;
  • Fazer uma caminhada;
  • Telefonar para amigos;
  • Inspirar confiança;
  • Ouvir música;
  • Comer. Há alimentos conhecidos por liberar oxitocina;
  • Respirar profundamente.

Hábitos de pessoas medíocres, mas altamente eficazes

A procrastinação é o primeiro hábito. É a maneira do corpo dizer que é preciso descansar um pouco. Ou ainda que você não está pronto para tal atitude ou que está fazendo algo que não é o seu forte. Muitos empreendedores querem fazer tudo sozinhos, porém perceba se não é mais vantajoso delegar tarefas. É importante entender o motivo da procrastinação.

Concentre-se em uma tarefa por vez e não tente abraçar o mundo. Há quem diga que consegue se concentrar em várias coisas ao mesmo tempo, porém isso não é verídico para a maioria das pessoas. Não se julgue ou procure tarefas quando parecer não haver nada importante para fazer. O silêncio pode ser um estopim para grandes ideias.

Pessoas medianas – porém eficientes – fracassam com certa frequência. Adquirir a habilidade de superar decepções é mais do que necessária.

As melhores ideias são aquelas que surgem da junção de outras ideias antigas. Não são propriamente originais, porém, essa aglutinação as tornou úteis e dignas de empreendedores bem-sucedidos.

Não saber negociar é um hábito que pode parecer perda de dinheiro em princípio. Porém, empreendedores que procuram o sim e enxergam vantagens futuras em negociações deficitárias acabam aumentando sua rede de relacionamentos e acabam, como consequência, fazendo mais acordos para compensar os ruins.

Por fim, empreendedores medianos e eficientes não fazem avaliações instantâneas das pessoas. Eles observam, duvidam e conhecem suas motivações.

Como usar todo o potencial da sua inteligência?

Há atitudes que tomamos que acabam bloqueando nossa inteligência ao ocupar espaço com assuntos inúteis. E isso não tem relação aos assuntos triviais – esses são importantes em certos momentos –, mas preocupações e ansiedades que estão fora do nosso controle.

Será que fulano gosta de mim? Tenho rancor de cicrano. O que será que as pessoas vão pensar do livro que escrevi? E se não gostarem? E se meus clientes não quiserem renovar o contrato? Se eu não tivesse fracassado...

Esses pensamentos negativos minam a nossa inteligência, fazendo com que o foco se volte para ações também negativas, negligenciando o que realmente importa.

O que significa ser adulto?

Somos ensinados que é correto haver uma ruptura entre infância/juventude e vida adulta. Neste processo, acabamos deixando de lado sonhos, prazeres e, de certa forma, a espontaneidade tão valorizada na infância. Isso é correto?

O que ocorre, muitas vezes, é a criação forçada de uma identidade aparente que seria, de certa forma, considerada correta para o mundo corporativo. Não que você precise mostrar todos os seus detalhes – isso, de fato não é necessário nem apropriado – porém recuperar partes vantajosas como sonhos, criatividade e perseverança são características infantis valorizadas em qualquer idade. O importante é você saber sua verdadeira essência.

Pensar em nós mesmos como super-heróis garante a força necessária para agir e “salvar alguém”, seja ao ajudar com um problema, a atravessar a rua etc. Esse tipo de atitude fomenta a positividade e deixa de lado pensamentos egoístas.

Seguir algumas premissas nos auxilia a mantermos nossos princípios intactos:

  • Ninguém pode forçá-lo a nada. Seja você mesmo, independentemente das pressões externas;
  • Cuide da sua vida espiritual. O silêncio pode fomentar erupções. Reserve um tempo para você refletir sem interrupções;
  • Dê conselhos apenas sobre assuntos que você domina;
  • Cuide da sua saúde, pois a má alimentação é a causadora de muitas doenças modernas;
  • Cultive a si mesmo e não perca a noção de quem realmente é.

9 conselhos para quem quer ter sucesso

Observando pessoas consideradas de sucesso, é possível traçar algumas atitudes comuns a todas elas e tomar para a nossa vida. Mas primeiro, pense em todas as pessoas – amigos, colegas, crianças, desconhecidos e conhecidos – como enviadas para ensinar. Esse tipo de postura o tornará mais humilde e aberto a novos aprendizados. Agora, 9 conselhos para quem almeja o sucesso:

  • Arrisque-se a fracassar. Só diante deste cenário incerto você irá evoluir e crescer pessoalmente e profissionalmente;
  • Antecipe e não pense apenas no agora. Use sua criatividade para diversificar e inovar;
  • Seja flexível – pois a “Era do Escolha Você” pede por isso – e mude conforme o cenário demandar, sempre seguindo seus princípios;
  • Seja produtivo e trabalhe diariamente para ser criativo e tornar-se uma máquina de ideias. Não esgote suas horas diárias em um mesmo objetivo. Faça pausas e deixe para o dia seguinte, quando inspirações inovadoras tornarem a lhe fazer companhia;
  • Evite estímulos externos. Note quanto tempo você perde averiguando as redes sociais diariamente? O mesmo acontece com e-mails. Evite ser afetado por estímulos que estão espalhados externamente, pois isso acaba interferindo na sua produtividade;
  • Aceite suas imperfeições. Não busca a perfeição, mas sim busque o seu melhor;
  • Tenha confiança para arriscar a fazer algo diferente, inovador e incerto. Para isso, domine o tradicional, aceite erros, adquira experiência para depois ousar;
  • Mude as regras, mas antes aprenda-as.

O mercado irá barrar você

O fracasso é uma certeza entre os que alcançaram o sucesso. Antes de o conhecerem, barreiras foram postas nos seus caminhos e “nãos” foram ditos repetidas vezes.

A rejeição pode ser encarada como um empurrão capaz de nos fazer refletir sobre o aprendizado da situação. O que posso fazer diferente? Um “não” significa lutar mais para melhorar seu produto ou procurar novas alternativas e pessoas que possuem poder decisório.

Entrar para a “Era do Escolha Você” significa ampliar suas opções. Use as ferramentas que estão ao seu alcance e tire proveito do que a tecnologia nos deu. O “Faça você mesmo” nunca foi tão verdadeiro. Mude sua abordagem, mude de ares, melhore sua autenticidade e peça conselhos. Saiba que o anormal é não ser rejeitado.

Notas Finais

Hoje, um diploma não garante o futuro. É preciso inovar e criar formas alternativas de viver, ganhar um salário digno e, como bônus, fazer o que gosta. Na “Era do Escolha Você”, a tecnologia está ao seu favor para ser usada e a decisão não está mais nas mãos de poucos. É possível tornar-se famoso pelo Youtube, escrever e vender um livro sem ter contrato com editoras, abrir um negócio e fazer sua própria publicidade.

Isso é possível ao se tornar uma máquina de ideias. As possibilidades existem, assim como os milhares de problemas esperando uma solução para serem sanados.

Coloque a criatividade no seu dia a dia. Exercite, repita, invente e se reinvente.

Dica do 12’

Para mais histórias inspiradoras que fomentam a criatividade,  que tal ler Férias sem Fim, de Bruno Picinini? Ele lhe dará aquele gás necessário para seguir seus sonhos e viver ao máximo.  

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário:

Quem escreveu o livro?

James Altucher é um gerente de fundo de hedge americano, empresário, autor de best-sellers, capitalista de risco e podcaster. Ele fundou ou co-fundou mais do que 20 empresas, incluindo a Reset Inc. e StockPickr, e diz que falhou em 17 delas. Ele publicou onze livros, e ele é um colaborador frequente de publicações, incluindo The Financial Times, TheStreet.com, TechCrunch, Seeking Alpha, Thought Catalog e The Huffington Post. Em 1998, a Altucher deixou a HBO, vendeu Reset Inc. po... (Leia mais)