×
44% OFF

Não deixe suas metas para 2022

Assine 12min Premium por apenas R$0,46/dia e aprenda mais em menos tempo!

1958 leituras ·  0 avaliação média ·  0 avaliações

Construindo um império

Construindo um império Resumo
Carreira & Negócios

Este microbook é uma resenha crítica da obra: Construindo um império: O poder do lucro no mundo dos negócios

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 978-85-9455-019-4

Editora: Literare Books International

Também disponível em audiobook

Resumo

Lucro: o segredo dos milionários

​Todo este livro é pontuado com pequenas histórias para demonstrar como é preciso repensar as definições sobre a importância do lucro no mundo dos negócios. Elas servem como ótimos exemplos de situações reais, para você se espelhar, mudar suas práticas e ter uma realidade mais próspera. 

Na primeira delas, fica claro como o grande segredo dos milionários é jamais aceitar ter uma empresa sem conseguir lucrar com ela. Parece óbvio, porque é mesmo: de nada adianta ser pessoa jurídica se isso não gera bons resultados. 

Na história, um empresário faz uma ligação para tentar resolver problemas de caixa na empresa. Ele quer tomar as decisões necessárias para mudar o jogo de uma vez por todas. Precisa ser firme, enérgico, sem titubear. Trata-se de uma negociação importante para os rumos do seu negócio.

Ao fim da conversa, esse empresário relata ficar muito contente com o reconhecimento de seu interlocutor, que faz muitos elogios à empresa pelo respeito e atuação conquistados. Mas deixa claro: sem lucro, não adianta nada. Ele precisa caminhar rumo a um caminho de bolso cheio o quanto antes. Então, começa a ser mais firme em seus propósitos e fecha o negócio.

Fica claro que a reviravolta conquistada não seria possível se não houvesse firmeza e atitude enérgica. A única pessoa que pode mudar uma empresa é o dono, fazendo o que for necessário. É inadmissível a demora da maioria dos empresários para mudar o que não está indo bem. 

Quando você é rápido e estanca o prejuízo na hora certa, o jogo muda. Qualquer empresário que não está vendo dinheiro com o seu negócio, tem que agir rápido. Depois de fechar o acordo e assinar as papeladas necessárias, o empresário fez um brinde com seus colaboradores mais próximos. Ao mesmo tempo, todos entoaram: viva o lucro no mundo dos negócios!

Foco no caixa

​Na nossa segunda história, uma renegociação muito rígida estava demorando mais tempo que o normal para ser concretizada. E não podia ser adiada, pois tratava-se de uma forma de aliviar o caixa, que passava por um mau momento e precisava de soluções para o curto prazo. 

Antes de dar início às tratativas, foi demonstrada uma planilha com os custos da empresa para os seis meses seguintes. Ali estavam presentes as únicas certezas da vida de um empresário: despesas. Já haviam sido renegociados todos os débitos, inclusive um novo parcelamento com um banco internacional, mas somente isso não bastava para a empresa. 

Foi instituída uma mudança de hábitos na maneira de gerir o dinheiro do caixa. Muitos empresários falham porque se concentram somente em renegociar as dívidas e se esquecem de mexer na gestão diária. A partir de então, todas as regras e diretrizes da gestão foram redefinidas entre a equipe. 

E o acordo foi concretizado. Além de aliviar o caixa no curto prazo, o pagamento da dívida marcaria uma nova forma de encarar a vida financeira da empresa. Dali para frente, no médio prazo, o lucro iria crescer.

O poder da marca

​A marca tem muito poder em uma negociação. Há um número grande de empresários que não se preocupam em trabalhar este que é seu maior bem e acabam amargando prejuízos futuros. 

Em mais uma das histórias que embasam este livro, a ideia mais brilhante de uma reunião foi dada por um funcionário meio tímido, mas que tomou coragem e causou boa impressão. Muitas empresas poderiam resolver seus problemas de vendas se tivessem um embaixador de suas marcas. E são inúmeros os empresários que desconhecem o poder desta estratégia. 

Quando aceitam a sugestão de uma figura pública ser o embaixador da marca, o convite é feito e dali para frente as coisas melhoram. Afinal, o personagem em questão era conhecido e influente, dando mais credibilidade à empresa, que já era muito conhecida pela qualidade de seus produtos.

Remunere sobre o lucro, e não sobre as vendas 

​Estamos na metade do microbook, com um tema importante para melhorar os rendimentos. Falamos do entusiasmo dos funcionários. Muita gente acredita que causa mais impacto ao remunerar sobre as vendas, mas é a comissão nos lucros que melhora a satisfação e renova o empenho dos colaboradores.

Na história da vez, conta-se sobre um jantar entre dois executivos, em uma mesa reservada dentro de um restaurante. Tudo era muito luxuoso e requintado. Um típico lugar reservado aos mais endinheirados. Quando um deles falou sobre ter fechado o ano com um lucro maior do que a média dos anos anteriores, deu como motivo a redução de custos durante o período. Seu interlocutor ouvia atentamente, também citou aumento dos lucros, mas de outra forma. 

Claro que reduzir custos é importante, mas ao citar um replanejamento nas comissões, viu que os funcionários ficaram mais satisfeitos em sua empresa ao trabalharem tendo como base o lucro, o que fez com que ele crescesse exponencialmente. Dessa forma, o trabalho deixa de ser apenas em busca da realização de metas individuais e toda a empresa ganha.

Quanto maior o lucro, maiores os rendimentos extras dos funcionários. Quem não vai se esforçar para chegar mais longe dessa forma?

Por que a sua empresa existe? 

​Qual o propósito de sua empresa? Se você não consegue responder com facilidade, é um mau sinal. Porque só é possível entender como as coisas estão indo quando o motivo da existência de uma corporação está na ponta da língua de seus dirigentes. 

E não pense que sua empresa existe para você ganhar dinheiro, pagar as contas e ter algum conforto. Claro, o dinheiro é uma necessidade de primeira hora e quanto mais a vida tiver tranquilidade, melhor para você. Mas o que vai além disso? O que motiva sua vida profissional? Que experiências a empresa  proporciona aos donos e clientes todos os dias? 

Durante uma festa de fim de ano, um dos principais executivos de uma grande empresa quis tocar o coração dos colaboradores. Para isso, redigiu um discurso muito bem detalhado, para que todos pudessem entender qual seria o caminho do próximo ano e como cada um poderia colaborar com as realizações desejadas. 

Esse trecho de sua fala mostra como você pode jogar os lucros no fundo do poço ao caminhar sem saber a direção: “Mais uma vez agradeço a todos por essa noite inesquecível. Imagino quantas empresas no mundo ainda não descobriram o porquê da sua existência. Mas isso agora faz parte do nosso passado. Nosso futuro será infinito a partir de agora. Abraço a todos e hoje o nosso dia será de diversão.”

Responder de onde viemos e para onde vamos parece filosófico? No mundo corporativo, é crucial ter isso na ponta da língua. 

Foco na solução 

Dois executivos conversavam sobre o sucesso atual de uma empresa. Já não havia mais reuniões para discutir problemas que poderiam ter sido resolvidos com antecedência. O papo era por telefone e motivou uma ideia que um deles deu para sua secretária. 

Quando focamos na solução, não passamos horas e horas analisando o que está dando errado. Indo com determinação ao que é certo, conseguimos caminhar com mais velocidade e no rumo do sucesso. 

O executivo solicitou que fosse emitido um aviso. Todos deveriam colocar nos impressos internos, assinaturas dos e-mails, cartões de visitas e em toda a comunicação visual a seguinte frase: qual é a solução para este problema?

Todos os dias, os funcionários deveriam ler esta frase, no mínimo uma vez. Com foco na solução, os problemas sequer são mencionados. Ficam no passado, não ganham importância, são facilmente superados. 

Diferencial competitivo

Por fim, encerramos este microbook com um diferencial que modificou o desempenho de uma empresa. Durante uma reunião, foi definido que todos colocariam avaliações em todas as ligações recebidas. 

Antes de o cliente desligar, ele dava uma nota de 0 a 10 para o atendente. A partir dessa avaliação, os colaboradores recebiam premiações, conforme a melhor nota. Havia cerimônias para entregas dessas condecorações uma vez por mês, no encontro intitulado Papo com o Cliente. 

No evento, clientes visitavam a sede da empresa e conheciam os melhores funcionários no setor de atendimento. De começo, o plano assustou e muitos colaboradores temiam um fracasso da empreitada, embora a diretoria tenha adorado a ideia. 

E não é que rendeu bastante? Esse diferencial competitivo aumentou os lucros e fez chamar atenção entre a concorrência. E você, qual o diferencial competitivo com o qual você trabalha para se destacar na competição diária? 

Se ainda não tem, é melhor se esforçar, trabalhando para correr atrás do prejuízo. Sua empresa pode muito mais. Está esperando o quê? 

Notas finais 

Quem realmente sonha em construir um império e alcançar a glória no mundo empresarial, precisa estar atento às histórias vencedoras. E ao longo deste microbook, Edílson Lopes nos mostrou o quanto o lucro é, evidentemente, importantíssimo na vida de um empreendedor. Se você é dono do próprio negócio e não está tendo bons faturamentos, tem algo errado. Siga os bons exemplos e mude essa realidade já!

Dica do 12min

No microbook Jogar para vencer, você aprende ainda mais sobre algumas lições necessárias para um caminho de sucesso e prosperidade no mundo empresarial. Confira!

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

Quem escreveu o livro?

Considerado especialista na área de vendas, Edílson Lopes é palestrante, orientador e consultor de diversas empresas, além de ser o... (Leia mais)