Consciência digital Resumo - Fabio Pereira

Aprenda a aprender de casa! Para você usar o tempo a seu favor! REDUZIMOS A ASSINATURA EM 30%!

Oferta por tempo limitado!

87 leituras ·  0 avaliação média ·  0 avaliações

Consciência digital

Consciência digital Resumo
Tecnologia e Inovação

Este microbook é uma resenha crítica da obra: Consciência digital: As 5 habilidades para ter autocontrole, foco e segurança na era digital

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 978-8594377104

Também disponível em audiobook

Resumo

Este microbook é destinado a todos aqueles que desejam entender mais sobre o mundo digital, em que tudo é resolvido por um clique, ajuda de um aplicativo e interações em redes sociais, e que sabem do quanto há consequências, boas e ruins, por seu uso diário. 

A todo momento, somos influenciados e bombardeados por informações digitais. Redes sociais e aplicativos nos cercam, é impossível fugir deles. Por isso, devemos ter consciência digital para não ficarmos alheios às inovações, ou mesmo ser dominados pelo mundo de cliques, no qual uma parcela grande da população é viciada.

Então, hoje você vai aprender, em apenas 12 minutos, um pouco mais sobre as 5 habilidades mais importantes para ser um consciente digital; o que é o Quociente Digital, nova forma de medir a inteligência, que superou o Quociente de Inteligência e o Quociente Emocional; e como expandir sua mente para entender este novo tempo, no qual há um clique para tudo. 

O que é a era digital?

As pessoas tomam, em média, 35 mil decisões diárias. Desde as pequenas, passando pelas médias e chegando às de maior repercussão. 

Algumas são irrelevantes, outras envolvem consequências drásticas no futuro dos envolvidos, seus familiares e pessoas amadas. É como se tomássemos uma decisão a cada dois segundos, para definir o que comer, vestir, qual o caminho a ser tomado para ir ao trabalho e muito mais. 

E quantas dessas decisões são com o apoio de meios digitais? Considere que temos mais de 18 mil horas de vídeos colocados no YouTube, com 5 bilhões de vídeos assistidos a cada 24 horas. 

No Brasil, temos 1,38 telefone celular por habitante. E 10% de todas as fotos do mundo foram tiradas nos últimos 45 dias. 

Muita coisa, né? Por isso, é necessário entender que tipo de inteligência a era digital exige. 

Quociente Digital (QD): o QI e o QE da era digital

Você certamente conhece alguém que sabe tudo de Matemática, mas não é forte na hora de se comunicar por escrito. Tem também um amigo que fala muito bem em público, mas se confunde ao fazer contas simples. 

Segundo a teoria das inteligências múltiplas, somos constituídos de nove inteligências. São elas: 

  1. Linguística: habilidade de encontrar as palavras certas para se expressar;
  2. Musical: discernir sons, tonalidades, timbres e ritmos;
  3. Lógico-matemática: qualificar coisas, criar hipóteses e testá-las;
  4. Visual/Espacial: habilidade de pensar em 3 dimensões;
  5. Corporal/Cinestésica: habilidade de coordenar a mente com o seu corpo;
  6. Interpessoal: é a habilidade de sentir sentimentos e motivação das pessoas;
  7. Intrapessoal: entendendo você mesmo, o que você sente e o que você quer;
  8. Naturalista: compreender as coisas vivas e entender a natureza;
  9. Existencialista: abordar questões profundas, como o sentido da vida, por que morremos e como chegamos aqui. 

O tão conhecido Quociente de Inteligência, o QI, considera poucas das inteligências abordadas acima, especialmente a lógico-matemática, linguística e espacial. Já o chamado Quociente Emocional, conhecido por QE, tem um olhar mais atencioso às questões interpessoal e intrapessoal. 

Por fim, o Quociente de Inteligência Digital, indicado pela sigla QD, traz um conjunto de habilidades críticas já incluídas no QI e no QE e acrescenta outras para a segurança na era digital. 

O que o QD leva em consideração

Estas são as oito habilidades que o Quociente Digital leva em consideração:

  • Identidade da cidadania digital: é a habilidade de construir e gerenciar a identidade on-line alinhada com a integridade fora do mundo digital;
  • Tempo de tela: habilidade de gerenciar o tempo em equipamentos digitais;
  • Cyberbullying: trata-se de saber identificar situações de assédio virtual, o cyberbullying, para agir de maneira inteligente e consciente nessas situações; 
  • Segurança digital: capacidade de proteger seus dados, criar senhas poderosas e evitar ataques cibernéticos;
  • Privacidade digital: aqui, temos a habilidade de lidar com informações compartilhadas na internet, sabendo proteger a própria privacidade e a de outras pessoas;
  • Pensamento crítico: necessário para a identificação do que é falso ou verdadeiro, bom ou prejudicial, relacionados aos conteúdos e contatos on-line;
  • Pegadas digitais: para entender as marcas deixadas na rede e suas consequências a curto e médio prazo na vida real, de forma que as postagens nas redes sociais sejam responsáveis;
  • Empatia digital: sinônimo de colocar-se no lugar de outras pessoas, compreendendo seus sentimentos e necessidades, ainda que só as conheça no mundo digital. 

A pirâmide da consciência digital

A pirâmide de consciência digital apresenta quatro níveis. É uma maneira simples de entender em que patamar você está em termos no QD e expandi-lo. Quanto mais consciente você estiver do seu nível, mais o QD aumenta.

Nível 1: “Acho que sou racional”

De começo, você está no nível 1, sendo irracional, desinformado e inconsciente. 

Por ser inconsciente, a tendência é achar que muitas coisas não são verdade, pensando ser totalmente racional e imune às influências digitais na hora de tomar as decisões on-line.

Nível 2 “Sei que sou irracional, mas não entendo como”

Ao avançar para o nível 2, você permanece irracional, como todos somos. Em compensação, está consciente dessa irracionalidade.

Em relação ao nível 1, saber da própria irracionalidade é a única mudança. 

Nível 3 “Sou irracional e entendo os vieses”

Chegando ao nível 3, você continua irracional e já está informado dos vieses inconscientes que nos influenciam nos meios digitais. 

Vez ou outra, chega a identificar que está sendo influenciado por tudo que nos bombardeia no mundo on-line. 

Nível 4 “Sou racional, eu não existo!”

No último nível, você é totalmente racional, sem vieses cognitivos para influenciá-lo no meio digital, com toda a informação do mundo e tomando as melhores decisões possíveis.

A grande questão é: você não existe. Afinal, as pessoas nunca serão totalmente racionais nos meios digitais e na vida fora deles.

As 5 habilidades do consciente digital

Para expandir a Consciência Digital, é necessário entender o que são as cinco habilidades do consciente digital e trabalhá-las para subir de nível na pirâmide da consciência digital. 

No ambiente virtual, o bom conhecimento dessas habilidades faz com que diminuam os perigos aos quais estamos expostos diariamente. 

Habilidade 1: Controle de decisões digitais

Sabe quando você faz uma pesquisa, digamos, sobre hospedagem em um hotel para uma viagem futura, por exemplo?

Depois de clicar em uma boa oferta, você passa a receber alertas do tipo: “hotel em alta demanda”, “este é o último quarto disponível” “preço promocional expira em tantas horas”. 

Esse tipo de abordagem virtual é comum e faz com que muita gente seja condicionada a comprar sem necessidade.

Pouca gente não clica de imediato, pensa melhor e tem a consciência de que os motivos daquela oferta não são os mesmos para a própria tomada de decisão. Ao sucumbir a essa urgência, o controle deixa de ser seu. 

Você deve pensar nos seus motivos, nas próprias regras. Controlar as próprias decisões digitais envolve saber que há técnicas para nos seduzir no meio on-line. Ter controle das próprias decisões digitais ajuda a ser menos influenciado por essas artimanhas.

Habilidade 2: Equilíbrio conectado-desconectado

Às vezes, é necessário se desconectar dos meios digitais para voltar a se conectar com a realidade. 

Quantas vezes não vemos pessoas perdendo um momento especial, desde festas e shows, até mesmo exposições em museus famosos e viagens maravilhosas, porque se preocupam em postar fotos nas redes sociais? 

É o excesso de conexão. Evidentemente, a tecnologia nos ajuda muito, mas o equilíbrio entre os momentos de conexão e desconexão é fundamental até mesmo para a saúde mental. 

Em muitos momentos, é importante estar desconectado para viver plenamente o presente, enxergando o mundo ao redor de maneira mais clara. 

Habilidade 3: Conhecimento dos vieses inconscientes

Os vieses inconscientes são erros sistemáticos na hora de pensar e de tomar decisões. Querendo ou não, todos somos, diariamente, influenciados na hora de definir o que fazer, comprar, clicar.

Ter a consciência de que os algoritmos influenciam os links que aparecem para nós, por exemplo, nos faz ponderar de maneira mais racional o conteúdo consumido digitalmente. E conhecimento é tudo! 

Habilidade 4: Concentração e Foco Digital 

Quando focamos em tudo, não focamos em nada. Diariamente, somos bombardeados com informações pelas redes sociais e portais de notícia. Se não houver um filtro para saber o que realmente importa, não teremos um conhecimento aprofundado em nada. 

A habilidade de concentração e foco em algo é importantíssima e, certamente, você já ouviu falar que a geração Z, nascida após o ano 2000, e tão habituada com o mundo digital, é muito mais distraída do que as anteriores. 

Tente permanecer por 15 minutos ou mais em um único link, em uma única leitura on-line, e veja o quanto isso parece mais difícil do que já foi ler um livro antes de ter o celular à mão. Quem trabalha o foco nos meios digitais, e consegue se concentrar, tem uma habilidade que faz a diferença no aumento do Quociente Digital.

Habilidade 5: Pensamento Crítico

Em tempos de fake news, você deve duvidar antes de acreditar e verificar antes de repassar. 

Quantas vezes você já não ouviu, em um grupo de WhatsApp da família que, na dúvida, um parente repassava uma informação estapafúrdia? Afinal, se “está na internet, é verdade”. 

Pois o pensamento crítico, a análise e o bom discernimento são sempre ferramentas importantes, desde a época do auge do QI. Essa habilidade permanece fundamental para evitar problemas, desinformação e, até mesmo, ser passado para trás. Exercite o pensamento crítico lendo bons conteúdos e evitando ser movido à emoção do clique rápido. 

Os próximos passos para expandir a Consciência Digital

Depois de conhecer as habilidades digitais, entender com mais profundidade o que é o Quociente Digital e se deparar com a Pirâmide da Consciência Digital, é possível que você se pergunte: e agora, o que devo fazer para aplicar todo esse conhecimento, ser menos irracional digitalmente e melhorar meu comportamento on-line?

Pois saiba que é possível transformar o comportamento on-line, ficando mais consciente no mundo digital de maneira simples, livrando-se dos erros sistemáticos. 

Basta seguir estes cinco passos: 

  1. Aceite que somos irracionais digitais;
  2. Observe como você se comporta no mundo digital;
  3. Experimente fazer pequenas mudanças;
  4. Converse com outras pessoas e aprendam juntas;
  5. Volte para o passo 2 e faça tudo de novo…

Notas finais 

É impossível fugir do mundo digital. Você vai se deparar com ele o tempo todo, todos os dias, com celulares e computadores nos ajudando a ter uma vida melhor, com o auxílio da tecnologia. 

E neste Consciência digital: As 5 habilidades para ter autocontrole, foco e segurança na era digital, Fabio Pereira nos apresenta, de forma didática, um bom passo a passo para entender que, além de o mundo ter mudado com o maior acesso à internet, é mais que necessário se adequar a seu funcionamento, para evitar manipulações de todos os tipos. 

A Consciência Digital nos faz refletir sobre o quanto não há separação entre mundo virtual e mundo real: é preciso ter responsabilidade e discernimento em ambos, já que um interfere no outro, o tempo todo. 

Dica do 12’:

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre a Consciência Digital, que tal anotar os principais conceitos quando estiver on-line? Tenha sempre em mão a Pirâmide de Consciência Digital e as cinco Habilidades do Consciente Digital e seja muito mais que mero usuário das redes. 

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário: