Como Trocar de Carreira? Resumo - HSM Management

Aprenda a aprender de casa! Para você usar o tempo a seu favor! REDUZIMOS A ASSINATURA EM 30%!

Oferta por tempo limitado!

170 leituras ·  0 avaliação média ·  0 avaliações

Como Trocar de Carreira?

Como Trocar de Carreira? Resumo
12min Originals e Carreira & Negócios

Este microbook é uma resenha crítica da obra: 

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 

Resumo

Como identificar que chegou a hora de mudar?

É altamente recomendável estar atento aos sinais de descontentamento em relação à sua carreira. Ao partir dessa análise, você terá melhores condições de dar o primeiro passo em direção a um trabalho que, efetivamente, traga bem-estar e felicidade para o seu dia a dia.

Falta de motivação

Sair da cama, todos os dias, sem nenhuma vontade de trabalhar, é um claro sinal de desmotivação e, portanto, exige uma avaliação aprofundada dos motivos que geram essa situação.

Assim, descubra quais são essas razões antes que você se surpreenda em meio a problemas como queda de produtividade e atritos com os colegas de trabalho.

Desinteresse pela profissão 

O desinteresse pela profissão pode ser identificado quando, por exemplo, você costumava gostar de sua profissão, porém, de uns tempos para cá vem se sentindo estressado ao ser abordado sobre o assunto nos fins de semana.

Trabalho por obrigação

É possível entregar o melhor de si no trabalho ao longo de toda uma vida, mas, para tanto, é imprescindível estar feliz com o que você faz. A sensação de atuar somente por obrigação deve ser interpretada como um indicativo da necessidade de empreender mudanças urgentes.

Tempo demora para passar

A jornada de trabalho parece não ter fim e você olha incontáveis vezes para o seu relógio? Então, é provável que o seu trabalho atual lhe cause tédio. Contrariamente, “não ver as horas passarem” sinaliza atuar em um ramo de grande interesse.

Alívio no fim dos expedientes

Se você se sente aliviado ao fim dos expedientes, se sente “preso” ou se irrita frequentemente em seu ambiente de trabalho, o mais indicado, certamente, será respirar novos ares.

Reclamações constantes

Os seus amigos ou familiares já não aguentam mais ouvir suas reclamações sobre o trabalho? Quando elas se tornam recorrentes e você nem se dá conta de que está, novamente, tocando no assunto, o melhor a fazer é considerar uma mudança drástica.

Planeje-se para lidar com os riscos

Ao refletir acerca da mudança de carreira, é bastante comum atravessar uma luta interna contra o desejo de “jogar tudo para o alto”. Contudo, planeje-se para evitar ações precipitadas que poderão comprometer tanto a renda familiar quanto seu futuro profissional.

Nesse contexto, o mais indicado é definir quais são os seus objetivos e o que será feito para alcançá-los. Sua intenção é conseguir uma promoção ou trabalhar em outra instituição? O que será preciso fazer para participar e se destacar em processos seletivos e similares?

Por outro lado, se o que você deseja é ter o próprio negócio e não viver de salário, quais meios serão utilizados para tirar suas ideias do papel e transformá-las em investimentos lucrativos?

Cumprida essa primeira fase, chega a hora de pensar sobre o intervalo de tempo que decorrerá entre o começo de uma nova carreira e a saída de sua atual posição. Em alguns casos, esse período pode ser maior do que o planejado.

Dessa forma, não deixe de incluir a composição de uma reserva financeira em seu planejamento, para ter o suporte necessário durante a transição e impedir que seu orçamento mensal seja comprometido.

Como lidar com os riscos?

A despeito de ser absolutamente necessário se planejar, nem tudo dará certo. Esteja pronto para que algumas coisas deem errado e não se concretizem na exata medida de suas expectativas.

Awad insiste na necessidade de ter convicção em suas decisões, aprender a lidar com frustrações, manter o foco e, principalmente, jamais desistir diante dos obstáculos que surgirão. Quanto mais seguro você estiver acerca da decisão que tomará, maior será a sua motivação para seguir em frente, sejam quais forem as adversidades.

Identifique suas áreas de interesse

Além de se planejar e fazer uma reserva destinada aos períodos de transição, é imprescindível identificar e analisar as suas áreas de interesse. Sem isso, todo o seu esforço será em vão. 

Isso significa que a escolha de uma nova carreira não pode se basear, exclusivamente, nos retornos e ganhos financeiros. Awad, obviamente, não desconhece a importância do dinheiro, apenas ressalta que a riqueza material não é a única variável na obtenção de uma melhor qualidade de vida e satisfação profissional.

O autor reitera a importância de autoavaliar seu perfil profissional, reconhecendo os elementos capazes de despertar motivação e senso de realização. Leve em consideração, nesse processo, as suas metas, as suas habilidades e os seus talentos.

Ademais, considere alguns aspectos práticos de sua rotina, como o tipo de ambiente desejado e a sua disposição de dedicar boa parte do seu tempo à função que pretende exercer.

Estude o mercado

Estudar o mercado relativo à atividade que você almeja desempenhar, além de ser uma das dicas fundamentais de Awad, pode ser implementada em paralelo ao tópico anterior.

Isso ajudará você a detectar, por exemplo:

  • os segmentos que apresentam a maior quantidade de vagas recentemente criadas;
  • as empresas que se destacam e oferecem benefícios atraentes aos seus colaboradores;
  • os níveis de concorrência para determinadas posições;
  • as funções que apresentam as maiores possibilidades de desenvolvimento profissional e expansão salarial.

Sem mencionar que você poderá entender melhor as dificuldades enfrentadas pela sua futura profissão, por meio de informações referentes às requisições do ambiente corporativo, a formação exigida, a carga horária, as baixas anuais, dentre outras.

Invista em sua capacitação

Ao lado das dicas precedentes, é imprescindível que você decida investir continuamente em sua capacitação (algo ainda mais relevante quando você está considerando mudar de carreira).

Os atuais ambientes competitivos, cada vez mais acirrados, exigem a constante atualização dos profissionais sobre a área na qual atuam. Afinal, não buscar novos conhecimentos e nem desenvolver as suas habilidades implica em estagnação profissional.

Tal impasse inviabiliza todas e quaisquer chances de crescimento, seja qual for a carreira que você deseje seguir. Logo, não deixe de buscar por:

  • novos cursos profissionalizantes;
  • avaliar as possibilidades de investir em uma nova graduação e/ou especialização;
  • alternativas que complementem a sua formação, incluindo treinamentos, palestras, eventos, workshops, oficinas etc.

Além de enriquecer o seu currículo, essas opções permitem conhecer melhor as demandas de sua futura carreira e o que é fundamental para ocupar posições destacadas em negócios, projetos e afins.

Conte para todos o que você faz e aposte no networking

Estabelecer uma sólida base de contatos não se restringe a interagir e socializar com as mais diferentes pessoas. Trata-se, em termos práticos, de ampliar as suas oportunidades profissionais e assegurar que surjam novas chances de mudar de carreira.

Isso ocorre por meio da construção de relações sólidas com fornecedores, clientes, supervisores, colegas de trabalho e afins, nos mais diversos ambientes, como na empresa onde trabalha ou em eventos comerciais.

A partir desse ponto, você obterá informações, muitos conhecimentos e se apresentará ao mercado, demonstrando suas habilidades e competências. Quando se tem um excelente (e constante) networking, fica mais fácil ser reconhecido por sua capacidade e perfil profissional.

Consequentemente, você conseguirá novas indicações para vagas, conhecerá com antecedência as oportunidades de sua área de atuação e trilhará o caminho que o levará às futuras parcerias.

Para reconhecer (e aproveitar) as oportunidades que surgirem, é necessário, antes de mais nada, assumir uma postura aberta e receptiva às mudanças. Lembre-se de que as oportunidades sempre aparecerão, pois elas são fruto do acaso.

Afinal, o tamanho da oportunidade é diretamente proporcional à necessidade de entrega, preparação e riscos a serem corridos.

Notas finais

Não importa a sua idade, a quantidade de vezes em que teve de recomeçar ou há quanto tempo atua na mesma área. Uma vez que a sua felicidade e satisfação profissional estão em jogo, não deve haver dúvidas quanto às decisões a serem tomadas. 

Lembre-se de que a chamada “zona de conforto” não passa de uma ilusão, uma perigosa armadilha. Assim, estar insatisfeito com a sua atual vida profissional talvez seja o gatilho para perseguir as mudanças e, finalmente, lançar-se à conquista dos seus verdadeiros sonhos!

Dica do 12min

Se você deseja se aprofundar ainda mais sobre o tema, assista o webinar que inspirou este microbook!
 

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário: