O 'ano que vem' chegou!

Para de deixar para depois. Aproveite 44% OFF no 12min Premium!

2598 leituras ·  0 avaliação média ·  0 avaliações

A técnica Pomodoro

A técnica Pomodoro Resumo
Produtividade & Gestão do Tempo

Este microbook é uma resenha crítica da obra: The Pomodoro Technique

Disponível para: Leitura online, leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

ISBN: 978-8543107714

Também disponível em audiobook

Resumo

O tempo está passando...

Você já ficou ansioso pelo medo de não cumprir uma tarefa dentro do prazo estabelecido? Nessas situações, é comum se sentir em pânico. O medo de atrasar o cronograma, adiar os prazos e sofrer consequências graves é real. Vivemos dependendo do tempo e muitas vezes ele nos domina, como se nos engolisse.

Muitos pensadores, filósofos, cientistas e estudiosos trataram da administração do tempo. Nesse contexto, precisamos, antes de tudo, entender dois aspectos que coexistem na nossa relação com o tempo. 

Aspectos coexistentes

O devir é uma característica abstrata e dimensional do tempo. É a ideia de medir em segundos, minutos e horas, ou mostrar o tempo num eixo, numa representação espacial, de duração de cada evento. Se você se sente atrasado, por exemplo, é por causa do devir. Já a sucessão de eventos é um aspecto concreto. É a sequência de tudo o que fazemos em um período determinado. O seu dia é uma sucessão de fatos, um atrás do outro. Ficou claro?

Pressupostos básicos 

A técnica Pomodoro é baseada em três frentes. A primeira delas é uma forma diferente de enxergar o tempo, sem se apoiar no devir, para aliviar a ansiedade e ser mais eficiente. O que importa são os fatos se sucedendo e você conseguindo atingir suas metas.

O segundo pressuposto é usar a mente com mais clareza, com um pensamento mais consciente e amplo, deixando o foco mais aguçado. Por fim, o uso de ferramentas simples e discretas tira a complexidade na administração do tempo e de tarefas. 

Etapas da técnica Pomodoro

Para começar, é preciso entender que o dia precisa ser dividido em quatro partes. A primeira é realizada no começo dele, com um planejamento em que você decide as atividades a serem realizada.

Com o passar das horas, o monitoramento reúne dados sobre o que tem sido feito e o que precisa ser aprimorado. No fim do dia, você faz um registro para arquivar as observações diárias. E também realiza um processamento para transformar os dados em informação. Por fim, precisa visualizar como foi o dia, de uma maneira fácil de compreender os caminhos que precisam ser aprimorados.

Pomodoro na prática!

Chegamos à metade desta obra e já chegou a hora de falar do Pomodoro na prática. Essa técnica tem 30 minutos de duração, sendo 25 de trabalho e 5 de pausa. Ao planejar as atividades realizadas durante o dia, elas precisam ser prioridade. E para cada tarefa, ajuste um timer para 25 minutos e comece. 

Esses 25 minutos são de trabalho contínuo, sem pausas, interrupções ou divisões. Quando o timer tocar, marque um X ao lado da atividade realizada e faça uma pausa de 3 a 5 minutos. Descanse de verdade. E só depois volte a realizar mais 25 minutos até cumprir aquela atividade.

Lembre-se: caso você seja interrompido no meio do trabalho, esse pomodoro não conta. É como se você não tivesse realizado a atividade. Um Pomodoro completo é composto de seis Pomodoros, ou seja, seis períodos de 25 minutos de realização de uma atividade. 

Quando uma tarefa demanda mais que um Pomodoro completo, o planejamento para sua realização é ainda mais complexo, precisa de mais detalhamento e dedicação. 

Quais os objetivos da técnica Pomodoro?

Basicamente, são seis os objetivos da técnica Pomodoro: descobrir quanto esforço uma atividade exige, diminuir as interrupções, estimar o esforço exigido para cada uma das atividades, tornar o próprio Pomodoro mais eficiente, criar um cronograma para a realização dessas atividades e definir um objetivo pessoal de aprimoramento.

Tornando o Pomodoro mais eficiente

Depois de conseguir usar o timer com frequência e sem interrupções, comece a estimar quantas atividades poderá fazer a cada Pomodoro. Então, passe a usar os primeiros minutos de descanso para repassar o que aprendeu desde o começo da atividade, memorizando informações e tornando os próximos 25 minutos com mais eficiência. 

Assim, o Pomodoro fica ainda mais prático, mais consciente, e vira uma técnica naturalizada de controle e bom manejo do tempo para o trabalho diário.

O próximo passo

E agora? Depois de entender a técnica Pomodoro e se habituar ao timer para cada nova atividade, o que fazer? Acabou? Calma, calma. 

A aplicação da técnica Pomodoro permite que você desenvolva uma maior consciência pessoal do tempo, porque você sabe bem os passos que deve tomar e percebe que não precisa competir com o tempo, apenas trabalhar com ele da melhor maneira para cumprir suas tarefas. E não existe técnica melhor que a Pomodoro para isso.

Notas finais 

A técnica Pomodoro deixa claro que é possível manejar o tempo de um jeito consciente, sem se sentir esmagado pelos prazos e tarefas atrasadas. Se você tem problemas para cumprir tarefas e se acha incapaz de cumprir objetivos, agora não tem mais desculpas: pegue um timer, faça o planejamento e comece a mudar sua relação com o tempo agora.

Dica do 12’

Depois de aprender a manejar o tempo de um jeito simples, você também pode mudar hábitos para ter uma vida mais lucrativa, ouvindo o microbook Lucrando com tudo.

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário:

Quem escreveu o livro?

O criador da técnica, e autor desta obra, é Francesco Cirillo, dono de uma empresa de consultoria sedi... (Leia mais)