A Escada Para o Triunfo

Napoleon Hill Também disponível em audiobook: Baixe nosso app para ouvir gratuitamente.

Tudo o que os homens bem sucedidos aprenderam para chegar ao sucesso pode ser resumidos em dezessete princípios. Eles foram obtidos pela compilação feita durante anos pelo autor, até chegar à chamada da Lei do Triunfo. Essa filosofia é de extrema importância para se saber como chegar ao sucesso que uns poucos alcançam, mas que está disponível a todos. Venha, nos próximos 12 minutos, aprender um pouco mais sobre a Lei do Triunfo, subindo essa escada rumo ao topo!

Lição 1: Master Mind

A melhor definição para explicar o que é o Master Mind foi elaborada pelo autor da seguinte forma: “Uma mente composta, formada por duas ou mais mentes individuais trabalhando em perfeita harmonia e com um objetivo definido em vista.”. Um grupo de pessoas pensando da mesma forma, unido, chegará a resultados incríveis. E mais rapidamente do que uma mente trabalhando sozinha. Para isso, a união é algo indispensável.  

Lição 2: O objetivo principal definido

A meta definida é um passo crucial para se chegar ao sucesso em qualquer tarefa na vida. Os planos precisam ser esmiuçados. Definir o objetivo é uma das primeiras lições a serem resolvidas com vistas ao triunfo. Afinal, quem não sabe para onde ir, não chega a lugar algum.

Lição 3: Autoconfiança

Só chega ao sucesso quem acredita em si próprio. Isso não quer dizer que você não tenha limitações, mas que irá saber delas e superá-las a partir disso. Descobrir quais são suas qualidades e utilizá-las a seu favor é essencial para que não se fique preso a pensamentos limitadores. É importante detectar os medos básicos que travam o poder da autoconfiança e superá-los o quanto antes. São eles:

1. Medo da crítica;

2. Medo da doença;

3. Medo da pobreza;

4. Medo da velhice;

5. Medo de perder o amor de alguém;

6. Medo da morte.

Lição 4: O hábito de economizar

É importante economizar dinheiro. Ainda que o dinheiro não seja, necessariamente, sinônimo de sucesso, é ele quem vai nos fazer ter acesso a mais oportunidades na vida. A economia deve ser um hábito sistemático, um costume como tantos outros que temos durante nosso cotidiano. Não basta economizar uma vez ou outra e depois largar de mão esse costume. Faça da economia um passo para o triunfo.

Lição 5: Iniciativa e liderança

Há dois tipos de pessoas: os líderes e os seguidores. O segundo grupo não alcança um notável sucesso com frequência. Em compensação, o primeiro... Ninguém é pago por aquilo que sabe, mas pelo que faz com o que sabe ou delega para o que os outros façam. Pense nisso e tenha em mente que tomar a iniciativa e demonstrar liderança faz construir uma imagem sua que sempre lhe fará ser lembrado. Os hábitos da liderança e da iniciativa são necessários para que não se fique imobilizado, parado e perdido.

Lição 6: Imaginação

Ninguém é capaz de criar ou construir um plano sem usar a imaginação. Tudo o que foi realizado no mundo saiu da mente, por meio dela. Ideias e conceitos antigos podem estar arquivados dentro da sua cabeça, sem que você se dê conta. Não subestime o poder da imaginação achando que está “viajando” ou mesmo fantasiando demais. Os grandes planos têm início lá.

Lição 7: Entusiasmo

Já notou que as pessoas mais bem-sucedidas são sempre entusiastas? Pois não é coincidência: o entusiasmo é uma força que dá poder a quem o possui. Ao sentir entusiasmo por um trabalho realizado, o peso e o cansaço que este têm sobre quem o executa diminui consideravelmente. O entusiasmo é como uma luz que ilumina qualquer ambiente. E para chegar ao triunfo, nada melhor que sair do escuro.

Lição 8: Autocontrole

De nada adianta nutrir as melhores qualidades pessoais se não houver autocontrole. Todo mundo já presenciou alguém brilhante perder o controle e sentir pena por aquele desperdício todo de talento. Deve haver paciência ao extremo para passar com tranquilidade por todos os maus momentos que todos nós teremos de enfrentar ao longo da vida. E atenção: só você será capaz de manter o autocontrole. É algo interno, pratique!

Lição 9: O hábito de fazer mais do que foi pago para fazer

Muitas carreiras promissoras tropeçaram aqui por acreditarem que não se devia fazer mais do que a obrigação. Pois, saiba: só fará a diferença quem estiver disposto a ir além da mera sobrevivência. Você terá que ir além do comum se quiser chegar mais adiante. Até porque o triunfo não é para todos.

Lição 10: Uma personalidade agradável

Quem não se sente bem ao ter contato com uma pessoa de personalidade agradável? Não é possível definir o que ela simboliza apenas em uma palavra, mas como uma soma de várias qualidades e características que a distinguem da média geral. Estes são alguns fatores com os quais nos deparamos para perceber uma personalidade agradável:

1. O modo de apertar as mãos;

2. O vestuário e a postura do corpo;

3. A voz, o seu tom, volume e qualidade;

4. A diplomacia;

5. A sinceridade de propósito;

6. A escolha das palavras e sua adequação;

7. A elegância;

8. O altruísmo;

9. A expressão facial;

10. Os pensamentos dominantes (que se registram na mente de outras pessoas);

11. O entusiasmo;

12. A honestidade (intelectual, moral e econômica);

13. O magnetismo (alta taxa de vibração devido ao potente desejo sexual).

Lição 11: Pensamento preciso

O pensamento preciso é uma arte simples de se conseguir. Ela prioriza os chamados pensamentos relevantes, que são os que têm relação e importância direta com o objetivo que você postula. E para chegar a ele, deve seguir dois princípios básicos:

1. O pensamento preciso exige a separação dos fatos da mera informação.

2. Fatos, quando certificados, devem ser separados em duas classes: os relevantes e os irrelevantes.

Daqui em diante, o filtro mental terá papel fundamental no foco ao que realmente importa.

Lição 12: Concentração

Repare no quanto o chamado “pau para toda obra” dificilmente é alguém que realiza muita coisa em seu campo de trabalho. Isso porque o esforço concentrado é essencial para o sucesso. Isso tem a ver com fazer uma coisa de cada vez, mas com uma concentração que o faça estar ali dando 100% de si, finalizando aquele ponto até que ele esteja completamente esgotado de possibilidades.

Lição 13: Cooperação

As realizações de destaque em diversas áreas deixam claro que vivemos uma era de cooperação, muito mais que de competição. O esforço cooperativo deve ser consciente ao percebermos que ninguém é capaz de atingir o sucesso sozinho, sem a companhia de outras pessoas. O espírito de harmonia de propósitos, somando diversas energias em prol de um bem comum é fundamental para que as empresas funcionem como uma mente única, sem atritos.

Lição 14: Beneficiando-se dos erros

Ninguém está livre dos erros e pode ter certeza que você ainda vai errar – e muito – ao longo da vida, profissional e pessoal. Trate-os como lições. Tire dali os passos que não deve repetir e reflita muito para saber onde estava o erro, de fato. Eles vão te fazer chegar com mais preparação nos passos futuros. Lembre-se que a derrota é uma das partes mais benéficas da experiência de um ser humano, pois há muitas lições necessárias que devem ser aprendidas antes que uma pessoa comece a prosperar. Essas lições não poderiam ser ensinadas senão pelo fracasso. A derrota é sempre uma bênção disfarçada, pois nos ensina uma lição útil que não teríamos aprendido sem ela!

Lição 15: Tolerância

Nenhuma forma de ignorância causou mais sofrimento à humanidade que a intolerância. Desrespeitar o próximo por orientação sexual, condição social, país de nascimento, raça ou credo. Há algo mais atrasado que esse tipo de comportamento? Acreditamos que não.  E é por isso que a tolerância deve ser nutrida no dia a dia, como uma forma de filosofia de vida. Pois, acredite: esse comportamento, ainda que em pequena escala, pode reverberar e atingir uma magnitude de causar grandes estragos. Aceitar as opiniões alheias e respeitá-las, ainda que discorde, é fundamental para andar mais à frente e chegar mais alto na escala rumo ao topo. Trate todos de forma igualitária e vai notar o quanto sua imagem rumo ao triunfo vai se fortalecer.

Lição 16: Praticando a regra de ouro

Essa pode ser considerada a mais importante das dezessete leis do triunfo. A Lei da Regra de Ouro é comentada há mais de 5 mil anos por grandes filósofos: trata-se da lei do retorno. Pratique o bem e terá o bem de volta. Seja um mentiroso e as mentiras voltarão para você, de forma descontrolada. Faça aos outros o que desejaria que fizessem com você.

Lição 17: O hábito da saúde

Finalizamos tratando de algo que por algumas vezes nos esquecemos: a saúde. Praticar exercícios, ter uma alimentação balanceada e evitar vícios é muito mais importante do que imaginamos. O excesso de trabalho e a busca incessante pelo poder ou mesmo por algum outro objetivo nos faz deixar de lado o próprio corpo, nosso bem precioso. Todas as outras lições acima mencionadas são irrelevantes se não houver um corpo saudável.

Lembre-se que a boa saúde depende, em grande parte:

1. Da combinação de ar e alimentos apropriados;

2. Da eliminação adequada de resíduos fecais;

3. Do exercício apropriado;

4. Do Pensamento preciso.

As 30 causas mais comuns do fracasso

Agora que já passamos as principais lições para subir a escada para o triunfo, segue abaixo uma lista com as 30 causas mais comuns do fracasso:

1. Base familiar desfavorável (Esta causa está no topo da lista. A má criação é uma deficiência contra a qual há pouco a se fazer e é uma pelas quais o indivíduo infelizmente não é responsável);

2. Falta de um propósito ou objetivo definido pelo qual se esforçar;

3. Falta de ambição;

4. Educação insuficiente;

5. Falta de autodisciplina e tato, geralmente manifestando-se através de todos os tipos de excesso, especialmente sexuais e alimentares;

6. Problemas de saúde, geralmente devido a causas evitáveis;

7. Ambiente desfavorável durante a infância, quando o caráter estava sendo formado, resultando em hábitos viciosos de corpo e mente;

8. Procrastinação;

9. Falta de persistência e de coragem em culpar a si mesmo pelas próprias derrotas;

10. Personalidade negativa;

11. Falta de definição do desejo sexual;

12. Desejo incontrolável de obter algo a partir de nada, normalmente manifestando-se em hábitos de aposta;

13. Falta de decisão;

14. Um ou mais dos seis medos básicos descritos em outra parte deste livro;

15. Má seleção de um companheiro ou companheira no casamento;

16. Prudência excessiva, destruindo a iniciativa e a autoconfiança;

17. Má seleção de associados nos negócios;

18. Superstição e preconceito, geralmente ligados a falta de conhecimento das leis naturais;

19. Escolha errada da ocupação;

20. Dissipação de energia, através da falta de conhecimento da lei da concentração e do foco, resultando no que é popularmente conhecido como “pau para toda obra”;

21. Falta de parcimônia;

22. Falta de entusiasmo;

23. Intolerância;

24. Intemperança no comer, no beber e nas atividades sexuais;

25. Incapacidade de cooperar com os outros em espírito de harmonia;

26. Posse de poder que não foi adquirido através do próprio esforço, por lentos processos evolutivos de experiência (como no caso de alguém que herda riqueza ou é colocado em uma posição de poder a qual não tem direito por mérito);

27. Desonestidade;

28. Egoísmo e vaidade;

29. Adivinhar em vez de pensar;

30. Falta de capital.

Notas Finais

É possível chegar ao topo dos objetivos desejados de uma forma simples, fácil e quase que metódica.

As 17 lições deste livro deixam claro o quanto há características em comum em todas as pessoas bem-sucedidas. Se ainda há quem pensa existir alguma fórmula mágica para o triunfo, tivemos a prova de que só a falta de informação pode nos fazer pensar que o auge é fruto do acaso.

Dica do 12min

É hora de praticar! Ponha todas as 17 lições em ação, rumo ao seu grande objetivo, seja ele qual for!

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário: