30 ways to reboot your body

Ben Greenfield Também disponível em audiobook: Baixe nosso app para ouvir gratuitamente.

Você acha que é saudável? Pode ser que você não corra uma maratona algumas vezes por ano, mas provavelmente seja saudável o suficiente. E a maioria das pessoas acredita estar enquadrado nessa categoria. Você pode não ser um atleta dedicado, mas você se move o suficiente para manter a forma. E isso pode ser aceitável para você. Mas você sabia que com algumas poucas mudanças, pode se tornar facilmente uma pessoa em forma, capaz de cumprir desafios que você nunca achou que conseguiria?

Identifique os hábitos que te atrapalham

A realidade é que você não está tão em forma quanto gostaria. Mas isso não significa que você deve desistir.

O primeiro passo é aprender o que pode ser melhorado. Você come muita comida processada, bebe muita bebida alcoólica ou com cafeína, toma remédios como paracetamol sem necessidade? Esses são alguns dos hábitos ruins que te levam à inflamação crônica e que danificam seu corpo.

Consumir esses alimentos ruins pode causar estragos em seu intestino. Você pode não saber disso, mas seu intestino é um dos sistemas mais importantes do seu corpo. Ele representa três quartos do seu sistema imune. E ainda assim, muitas pessoas não cuidam desse sistema de maneira apropriada. Suas alimentações ruins deformam o sistema digestivo, o que leva a um desequilíbrio hormonal, a uma fome exagerada, fadiga e outros problemas.

Mas o que você come não é o único responsável por danificar seu intestino, seus níveis de estresse também possuem grande impacto nisso. Nós aceitamos o estresse como uma parte normal de nossas vidas profissionais. Mas o estresse é perigoso. O estresse constante aumenta os níveis do hormônio cortisol no corpo. Quando o cortisol é produzido em níveis altos por longos períodos de tempo, ele pode danificar os ossos e músculos, e também interromper a regulação hormonal habitual.

Além disso, nossos trabalhos e relacionamentos não são nossa única fonte de estresse. Exercícios excessivos podem estressar seus músculos e articulações também. Muitas pessoas acreditam que para se manter ativo você precisa se exercitar em excesso, ultrapassando seus limites. Mas a verdade é que as pessoas queimam muito mais gordura se realizarem exercícios leves de maneira mais frequente.

Mas você pode manter seus exercícios pesados se for algo que te agrada! Mas faça isso de maneira ocasional. Exercícios leves e regulares vão te ajudar a manter a forma, e eles são muito mais agradáveis para seu corpo também.

Separe um tempo para se dedicar

Não seria ótimo se você pudesse acordar amanhã e simplesmente ser mais saudável? Mas sabemos que as coisas não funcionam assim, de uma hora para outra. Um plano realista para reinicializar seu corpo leva de 4 a 12 semanas.

Então, vamos começar com um primeiro passo sólido: uma avaliação do seu corpo. Se você esteve evitando um check-up no médico, agora é a hora de marcar uma consulta. Desde exames de sangue até examinar seu histórico familiar de doenças. Você deve ser meticuloso. Esse check-up vai te ajudar a identificar áreas problemáticas ou a entender com o que você deve ter precauções extras. Verifique por exemplo, se a diabetes é comum em sua família ou se sua tireoide não está 100% em funcionamento.

O próximo passo é criar um plano. Quais são seus objetivos de saúde? Você quer perder uma quantidade específica de peso, quer ficar em forma o suficiente para correr uma maratona ou quer parar de comer fast food de uma vez por todas?

Defina seu objetivo e quebre-o em tarefas alcançáveis todos os dias, desde comer uma certa quantidade de vegetais verdes até se exercitar por pelo menos uma hora todos os dias. Mas o que você faz para continuar seguindo esse plano? É simples! Você precisa definir métricas. Observe seus objetivos e decida quais métricas irão te ajudar a avaliar seu progresso. Uma métrica pode ser a variação do seu batimento cardíaco, que indica a velocidade de reação do seu coração quando começa a se exercitar.

Seu intestino também tem um papel importante. Essas semanas são sua chance de limpar as coisas ruins em seu corpo. Alimentos inflamatórios que possuem glúten, cafeína ou açucares artificiais, precisam ser eliminados.

Lembre-se de como os alimentos te dão energia e busque uma nutrição melhor. Os carboidratos e as gorduras são as principais fontes de energia em uma dieta humana. Nós temos a tendência de confiar nos carboidratos para energia, e como resultado, consumimos mais carboidratos do que deveríamos. Isso causa acúmulo de gordura em nossos corpos, e pode também gerar alergias e outras complicações. Então tente trocar sua fonte de energia dos carboidratos para as gorduras boas.

Mude suas rotinas de exercício e de alimentação

Então agora que você construiu uma base para ter um corpo saudável, por que parar? Você ainda pode ganhar muito com isso.

Aprenda como consumir coisas deliciosas de maneira mais sustentável e leve seu corpo ao próximo nível. Afinal de contas, a comida deve ser apreciada. E comer uma dieta restrita, embora seja útil durante o processo de renovação do corpo, não é uma solução de longo prazo para sua saúde.

O que você precisa trabalhar agora é a introdução de alguns alimentos em sua dieta. Nesse passo é importante se focar em introduzir apenas alimentos com os menores efeitos negativos possíveis, e aproveitá-los com moderação. Por exemplo, um pedaço pequeno de chocolate amargo de vez em quando, ainda pode ser justificado.

Controle sua fixação pelo trigo e outros grãos comendo variedades fermentadas. A quinoa é uma ótima opção. Os laticínios também podem fazer parte da sua dieta, de preferência naturais ou orgânicos. Variedades fermentadas de soja, como o tempeh, também são uma boa opção. Café preto é uma ótima maneira de começar o dia, e você pode ainda incluir um copo de vinho orgânico de vez em quando.

A medição é tão importante nessa fase quanto na anterior, então continue observando como seu corpo responde aos novos alimentos. O intestino de cada um é diferente e sensível a coisas diferentes. O que funciona para os outros pode não funcionar para você.

Nessa fase, você também estará pronto para começar a expandir sua rotina de exercícios. Você vai querer aumentar sua força e capacidade pulmonar. E pode fazer isso combinando um treinamento lento com intervalos de treinamento de alta intensidade.

Nessa etapa é importante manter seus níveis de atividade altos, se movimentando durante uma boa parte do seu dia. Por exemplo, monte uma barra de porta em sua casa e faça cinco barras enquanto espera pela comida no micro-ondas! E evite ficar longos períodos de tempo sentado. Experimente utilizar uma mesa em pé – você pode ficar surpreso e se sentir bem depois de algumas horas longe de uma cadeira.

Você pode também melhorar sua vida social ao se exercitar com seus colegas de trabalho ou se inscrever em grupos de corrida. Essa é uma ótima maneira de conhecer pessoas novas e evita que as rotinas de exercício se tornem chatas.

A próxima etapa vai te ajudar a ter uma vida saudável de maneira instintiva.

Introduza exercícios mais inteligentes e eficientes

Se você chegou tão longe, seu corpo provavelmente já deve ter um desempenho excelente. Você está agora pronto para o próximo passo que é a vitalização.

Comece incorporando novos truques em sua rotina de treinamento. Quando você realiza exercícios diários e arrancadas algumas vezes por semana, você fica cansado e fatigado. Mas um treinamento especializado pode consertar isso. Por exemplo, você pode tentar a hipoxia, o exercício em que você se priva de oxigênio por alguns períodos breves. Você pode fazer isso ao nadar 25 metros sem respirar – isso pode te ajudar a se manter revigorado e a ajudar seu corpo a lutar contra os mecanismos do envelhecimento.

Você pode também testar novas estratégias para desenvolver estamina. Antigamente, ultrapassar os limites do seu corpo não era recomendado; mas agora você já alcançou seu pico de exercícios, e está pronto para ir além. Se exercite além da sua capacidade pelo menos uma vez por mês, e no máximo uma vez por semana. Tenha certeza de que você permite que seu corpo consiga se recuperar. Você não vai ficar mais forte a menos que seu corpo possa se restaurar regularmente.

E é por isso que você precisa mudar seu estilo de vida também. Como por exemplo garantindo que seu sono seja uma prioridade. Um ritmo de sono saudável é essencial para manter a saúde e uma boa condição física. Além disso, o sono é a hora em que seu corpo e cérebro se recuperam e são reparados.

Oito horas de sono é o tempo mínimo que não deve nunca ser comprometido – as pessoas que dormem menos que isso normalmente apresentam problemas de saúde.

Um truque para ter um sono melhor é ter consciência das poluições eletrônicas. Como as habilidades das suas células para absorver nutrientes dependem de uma voltagem, é crítico que você fique fora das áreas que possuem muitas correntes elétricas. Você pode fazer isso desligando todos os seus aparelhos digitais.

Você precisa se lembrar de um último detalhe nessa fase final: se você sentir que está “trapaceando” quando comer um pedaço de bolo por exemplo, está tudo bem em fazer isso algumas vezes.

Você não deve se sentir culpado por trapacear ocasionalmente ou comer alguma coisa que não seja saudável. Na realidade, comer alimentos ricos em caloria pode até mesmo melhorar sua habilidade de perda de peso, já que os hormônios do corpo podem ter respostas melhores a um estímulo surpreendente.

Notas finais

Somos condicionados a passar muito tempo em lugares fechados, sentados, sem reclamar. É hora de quebrar esse hábito e aprender a aproveitar os ambientes externos! Sair é uma ótima motivação para se mexer. Procure pelo parque mais próximo da sua casa. Reserve um tempo em sua rotina semanal para se reconectar com seu corpo e com o ambiente local.

Dica do 12'

Gostou da leitura? Achamos que você pode gostar também de ‘4 horas para o corpo’.

Cadastre-se e leia grátis!

Ao se cadastrar, você ganhará um passe livre de 3 dias grátis para aproveitar tudo que o 12min tem a oferecer.

ou via formulário: